Instalando e configurando o Monesa no Slackware

Neste artigo estarei abordando a instalação e configuração do Monesa, um software usado para a monitoração de hosts. Espero que seja de bastante utilidade para todos vocês.

[ Hits: 14.300 ]

Por: Thiago Jose da Rocha Ribeiro em 13/06/2006


Configurando o Monesa



Pois bem, depois dele estar instalado devemos configurar os hosts que serão monitorados:

# cd etc-monesa/
# vim monesa-hosts


O Monesa te dá um exemplo de configuração, mas para ficar mais claro estarei mostrando como fazer:

NOME="Servidor FTP"
N=216.***.***.254
testa

NOME="Servidor WEB"
N=216.***.***.251
testa

Explicação:
  • NOME - será o nome do host a ser monitorado;
  • N - será o IP do seu servidor, bridge, AP ou etc;
  • testa - devemos colocar este comando no final para que seja feito o teste de hosts.

Depois de termos configurado todos os hosts necessários, vamos salvar o arquivo e sair, para configurar o monesa-config:

# vim monesa-config

Como o monesa-config é um arquivo bem grande, abordarei somente o necessário:

MONESACLIENTMAILSERVER="smtp.provedor.com.br" - endereço do servidor de e-mail que você utiliza.

MONESAMEUMAIL="[email protected]" - endereço de quem está enviando os e-mails.

MONESAFTPHOST="ftp.provedor.com.br" - endereço do servidor FTP que você utiliza.

MONESAFTPUSUARIO="teste" - seu login ou nome de usuário.

MONESAFTPSENHA="teste123" - sua senha.

MONESAFTPDIRREMOTO="/" - caso você tenha algum subdiretório coloque o seu nome.

MONESAFTPARQREMOTO="$MONESAFTPDIRREMOTO/index.html" - nome da página que será gerada pelo Monesa.

MONESAFTPDIRHOSTS="hosts" - nome da pasta onde serão mantidos os relatórios.

Como essa versão do Monesa é em português, não custa nada você dar uma olhadinha nas outras coisas que ele oferece e modificá-las conforme sua necessidade.

Dentro da pasta do Monesa você irá encontrar outros arquivos, que não irei abordar aqui mas que vale à pena dar uma olhada.

Agora basta iniciar nosso Monesa:

# monesa start

Quando quisermos parar:

# monesa stop

E se quisermos ver os logs do Monesa:

# tail -f /var/log/monesa/monesa.log

Pronto!!! Bem simples né??? É isso aí pessoal, vale à pena ter este programa, pois é de bastante utilidade, pelo menos para mim. E aí depois é só você criar uns scripts para apagar os logs para não lotar seu HD. Ok!? Falou!

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Baixando e configurando o Monesa
   2. Configurando o Monesa
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

AutoCAD 2007 vs. DraftSight v1r3.1 2013

Faça o GNU/Linux falar as horas para você

Aplicativos Linux para o dia-a-dia

LiberdUCA - Versão customizada

VLC, o reprodutor multimídia

  
Comentários
[1] Comentário enviado por tucs em 13/06/2006 - 09:21h

Legal o Monesa, ja tinha utilizado ...

Mas e quando temos que monitorar hosts que não tenham IPs fixos ?

Com o monesa não temos como fazer isso ..

Bem o que fiz e aconselho vcs a fazerem:

Trabalhar com PHP e MYsql e fazer que ao invez de o servidor pingar os clientes, faça ao contrario, os clientes mandando os seus ips para o servidor e ele indo armazendando no banco, depois faça um script para lêr essas informações no banco e mostrar na tela, fazendo tb com que ele dispare um email para vc quanto para o responsavel pelo cliente.

Abraços.

Eduardo Assis

[2] Comentário enviado por dailson em 13/06/2006 - 10:35h

Oi TiagoJr

O Monesa fica dando o seguinte erro no console:

/etc/monesa/monesa-functions: line 18: 1: ambiguous redirect

Dailson

[3] Comentário enviado por thelinux em 13/06/2006 - 11:11h

Thiago, parabéns pelo artigo. Realmente é interessante.
Mas, imagine, você ter que monitorar vários serviços de um servidor? O monesa faz isso?

Teu tutorial funciona para o mandriva.

[4] Comentário enviado por vagnerd em 13/06/2006 - 15:06h

Parabens pelo artigo, simples, direto e util.
thelinux em questao de monitorar os servicos, pesquise no google
sobre "rmon".

[5] Comentário enviado por pcnmota em 14/06/2006 - 13:26h

Amigos, o mesmo poderá ser feito pelo netcat.

Mas, parabéns pelo artigo.

Flw!!!

[6] Comentário enviado por patrickqueres em 15/06/2006 - 09:24h

tucs,
Nesse caso você poderia colocar um domínio dinâmico gratuito como No-ip, DynDNS... Acho que seria mais fácil que montar um banco de dados em SQL.

[7] Comentário enviado por pgtarso em 15/06/2006 - 17:27h

Ola gente!
Eu estou necessitado de um drive LM-I56N, mas para o LINUX kernel 2.4 ou 2.6 para o Slackware 10.2, pois não estou conseguindo fazer para conexão com a NET.

[8] Comentário enviado por celsopimentel em 21/06/2006 - 16:10h

Tiago, primeiramente parabéns pelo artigo, eu estou utilizando o Monesa para fazer o monitoramento de um IP q é deum AP, atualmente ele envia para o meu e-mail quando esse AP para de responder, no monesa têm a opção de SMS para celular, meu celular é da claro e não consegui com que a mensagem seja enviada via SMS para meu celular, o que devo ter configurado errado? ou este seriço não funciona para celulares da operadora claro ?

[9] Comentário enviado por thiagojr em 22/06/2006 - 09:57h

Celso tudo bom, é o segunte.. para mim funcionou normal... vc pode fazer o seguinte implementar um script que vc encontra aki no vivaolinux falando como mandar um SMS para celulares da CLARO!!!

se precisar me add ae: [email protected]

[10] Comentário enviado por ba em 23/08/2006 - 17:56h

Ops e ai cumpade, muito bom seu artigo, simples fácil, e funcional justamente o que eu precisava tive algumas dúvidas na sua configuração mais graças a sua boa vontade conseguir fazer funfar belezinha aproveitando a oportunidade gostaria de te agradecer e tbm te parabenizar pelo seu trabalho!!! É isso ai ViVa o LiNuUuUx!!!! Falow um Abraço


.:: bA q:-)


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts