Instalando e configurando Magento E-commerce com Apache2 no openSUSE 11.3 64 bits do zero

O Magento é uma estrutura para desenvolvimento de WebApps para e-commerce. Ele vem praticamente pronto para uso. Fica a cargo do desenvolvedor web a configuração e adaptação as necessidades do cliente. Aqui será abordado uma instalação iniciada do zero do Apache, Php5, MySQL e do Magento no openSUSE 11.3 64 bits.

[ Hits: 47.139 ]

Por: Claudir Pereira dos Santos em 11/12/2010


Baixando pacotes e configurando PHP e Apache



O Magento é uma estrutura para desenvolvimento de WebApps para e-commerce. Ele vem praticamente pronto para uso. Fica a cargo do desenvolvedor web a configuração e adaptação as necessidades do cliente. Aqui será abordado uma instalação iniciada do zero.

Primeiramente deve-se instalar os pacotes necessários para montar a infraestrutura que permitirá a execução de um site web com scripts php e acesso a base de dados. Também será instalado a base de dados MySQL para persistir os dados. Para complementar, podem ser instaladas algumas ferramentas para gestão do MySQL.

ATENÇÃO: Este artigo foi testado em um ambiente com openSUSE 11.3 64 bits, com isso, alguns caminhos podem mudar em uma versão de 32 bits. Fique atento, pois muitos dos comandos que serão executados neste artigo necessitarão de privilégios do usuário root, a começar pelos pacotes que devem ser instalados:
  • apache2
  • apache2-mod_php5
  • php5-curl
  • php5-gd
  • php5-mysql
  • php5-mcrypt
  • mysql-administrator
  • mysql-query-browser (provavelmente será instalado automaticamente junto com o pacote anterior)
  • mysql-community-server (base de dados MySQL, provavelmente já esteja instalada)
  • mysql-community-server-client (componente cliente para base de dados MySQL)

Proceda a instalação da forma que entender melhor. Em seguida deve se ativar o módulo rewrite do Apache. Para isso, abra um terminal e digite o seguinte comando:

# a2enmod rewrite

Com esse comando, o módulo rewrite foi adicionado ao final do arquivo /etc/apache2/sysconfig.d/loadmodule.conf e passa a estar ativado. Na referência existem alguns links com maiores informações sobre este módulo.

Agora é necessário configurar o Apache para usar rewrite, pois o mesmo foi ativado, mas ainda não esta pronto. Para isso, abra um terminal e digite o seguinte comando:

# vi /etc/apache2/httpd.conf

Esse comando irá abrir o arquivo httpd.conf no "vi" para edição. Pressione "i" para o vi passar para o modo de inserção. Então edite as seguinte linha:

Linha 153: AlloOverride para All

Após editado pressione "ESC" e depois digite ":wq + Enter" para salvar.

Agora digite no terminal o seguinte comando:

# vi /etc/apache2/default-server.conf

Altere a linha 26 AlloOverride para All, salve e feche o arquivo.

Vamos editar agora o arquivo de configuração do php.ini. O valor das linhas é aproximado, apenas para referência. Digite o seguinte comando no terminal e deixe as linhas como sugerido:

# vi /etc/php5/apache2/php.ini

Linha 440 max_execution_time = 230
Linha 451 max_input_time = 230
Linha 531 display_errors = On
Linha 542 display_startup_errors = On
Linha 798 doc_root =/srv/www/htdocs/
Linha 920 default_socket_timeout = 230
Linha 947 descomente tirando o ponto e virgula da frente extension=php_curl.dll
Linha 961 descomente extension=php_mysql.dll

Adicione as seguintes extensões:

extension=php_mcrypt.dll
extension=php_gd.dll

Linha 996 date.timezone =America/Sao_Paulo
Linha 1236 mysql.connect_timeout = 230

Vamos agora iniciar o Apache. Digite no terminal o seguinte comando:

# /etc/init.d/apache2 start

Se tudo estiver certo, o Apache será iniciado sem problemas. Agora vamos fazer um teste mais detalhado e verificar suas configurações. Digite no seguinte comando no terminal:

# vi /srv/www/htdocs/info.php

Com isso o "vi" será aberto e o arquivo info.php é criado em branco. Digite o seguinte conteúdo:

<?php phpinfo();?>

Salve e feche o "vi". Agora para testar, acesse no Firefox o seguinte endereço:

http://localhost/info.php

Com isso serão exibidas informações detalhadas do seu servidor web.

Para habilitar o inicio automático dos serviços do Apache e MySQL, basta abrir o YaST e ir na opção "Sistema\Serviço de Sistema (nível de execução)" e habilitar ambos.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Baixando pacotes e configurando PHP e Apache
   2. Instalando o Magento e criando a base de dados
   3. Traduzindo o backend do Magento
   4. Instalando extensões pelo Magento Connect
Outros artigos deste autor

Instalando o MSN-Proxy 0.7 no OpenSuSE 11.1 Linux

MSN-proxy no OpenSUSE 11.2 como guest em vmware em Windows Server 2008

Leitura recomendada

O que é o e107

Lighttpd + SQLite + PHP

Instalando o CMS XOOPS

Ambiente LAMP no Debian

Simulando o SSH via WEB

  
Comentários
[1] Comentário enviado por ronaldosi em 13/12/2010 - 17:52h

Parabéns Claupers.....muito bom!!!!
Uma dúvida, quando tentei http://127.0.0.1/magento/admin não funcionou, o arquivo ou pasta admin não existe na pasta magento, pode me ajudar? abraço,
Ronaldo

[2] Comentário enviado por claupers em 13/12/2010 - 18:20h

Na verdade não existe mesmo. Esse é um caminho reescrito com o modulo rewrite do apache. Provavelmente você não configurou a opção AlloOverride para All ou teve problemas com o comando a2enmod rewrite.
Tente assim:

http://127.0.0.1/magento/index.php/admin

Se não der certo, ou se der, verifique as configurações de rewrite.

Cordialmente;

Claupers

[3] Comentário enviado por ronaldosi em 14/12/2010 - 08:38h

Deu certo!!!! Muito Obrigado


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts