Instalação e configuração do J2SE

Este artigo ensina a instalar e configurar o Java 2 Standard Edition (J2SE) no Linux. Todos os processos foram descritos minuciosamente, de forma a não deixar dúvidas para o leitor, inclusive na definição e alteração da variável de ambiente CLASSPATH para cada usuário do sistema.

[ Hits: 29.132 ]

Por: José Lopes em 14/05/2006 | Blog: https://lopes.id


Um, dois, três, testando...



Um. Para saber se o Java está corretamente instalado e configurado, basta, em algum terminal, digitar:

$ javac -version

Deverão ser mostradas várias linhas, sendo que na primeira delas será mostrada a versão do compilador Java que está sendo utilizado. Caso haja uma mensagem de comando inexistente ou algo assim, a configuração não está correta. Verifique o arquivo /etc/profile.d/java.sh.

Caso a versão mostrada seja diferente da instalada, verifique se há algum outro arquivo de configuração de outra versão do Java com permissão de execução no diretório /etc/profile.d. Caso exista, remova permissão de execução do arquivo. Caso sejam mostradas várias linhas e a primeira mostrar a versão do Java que foi instalada, o primeiro passo do teste já foi dado com sucesso.

Dois. Deve-se agora verificar se o interpretador do Java está corretamente instalado. Digite:

$ java -version

Deverão ser mostrados dados da versão do Java que está instalada no sistema. Verifique a versão que aparece e, caso a versão seja diferente ou ocorra uma mensagem de comando inexistente, verifique o arquivo de configuração do sistema e se há algum outro arquivo de configuração de outra versão do Java em /etc/profile.d, com permissão de execução.

Três. Verifique o conteúdo da variável CLASSPATH, para saber se é como esperado:

$ echo $CLASSPATH

Deverão ser mostrados todos os caminhos dos diretórios que foram configurados. Caso algum não esteja lá ou não haja saída, verifique o arquivo de configuração do sistema e/ou o arquivo $HOME/.bash_profile. Refaça o login no sistema e tente novamente.

Testando... Crie um novo arquivo texto, com o nome "OlaMundo.java" (observe maiúsculas e minúsculas, é essencial em Java!) e digite dentro dele o seguinte conteúdo:

import javax.swing.JOptionPane; // Para usar a interface gráfica

public class OlaMundo { // Declaração da classe
   public void exibeOla ()
   {
      JOptionPane.showMessageDialog( null,
         "Olá Mundo!", "Olá Mundo!",
         JOptionPane.INFORMATION_MESSAGE );
   } // OlaMundo
  
   public static void main ( String args[] )
   {
      // Criando um objeto do tipo OlaMundo
      OlaMundo obj = new OlaMundo();
      
      // Mostrando a mensagem
      obj.exibeOla();
      
      // Finalizando o modo gráfico do Java sem erros
      System.exit( 0 );
   } // main
} // OlaMundo

Salve o arquivo e feche o editor de textos. Em um terminal estando no mesmo diretório onde se encontra o arquivo digitado, tecle:

$ javac OlaMundo.java

Isto irá gerar o arquivo OlaMundo.class, que são os bytecodes gerados. Para executar o programa, digite:

$ java OlaMundo

Isto deverá exibir uma janela de informação (com o ícone i), com o texto Olá Mundo! e Ola Mundo! na barra de título. Para terminar o programa, feche a janela no X, no canto direito dela ou no botão OK.

Conclusão


Como mostrado, a instalação e a configuração do Java são bastante fáceis de se fazer no Linux e isto possibilita que cada vez mais programadores possam aprender sobre esta linguagem, que, sem dúvidas, é muito importante nos dias de hoje.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Baixando e instalando o J2SE
   3. Configuração geral do sistema
   4. Configuração personalizada para cada usuário
   5. Um, dois, três, testando...
Outros artigos deste autor

Permissões no Linux

Usando temas aleatórios no GDM

Configuração manual dos ponteiros do mouse

Instalação e configuração do MySQL 4.0.26, Apache 2.0.54, PHP 5.0.4 e PHP-Nuke 7.8 no Slackware 10.1

Configurando o Fortune

Leitura recomendada

Configuração de interface de rede ethernet e wireless

Instalação do Nagios no Ubuntu Linux

Configurando uma conta do Yahoo no Evolution

Compartilhando o acesso à Internet para a rede usando modem DSL 500B

Monitoração com Zabbix no Debian Squeeze

  
Comentários
[1] Comentário enviado por PCMasterPB em 14/05/2006 - 16:17h

Ótimo artigo, de leitura fácil e compreensível. Creio que isto será de grande ajuda a muita gente. Nota 10. hehehe. Continue assim. Té mais. ;D

[2] Comentário enviado por allanhc em 15/05/2006 - 09:34h

Realmente excelente artigo, até animei de instalar. Parabéns

[3] Comentário enviado por cassiobrehm em 16/05/2006 - 20:51h

ótimo artigo, ia agora mesmo postar uma pergunta sobre o assunto, mas nao é mais necessário... hehe... nota 10

[4] Comentário enviado por forkd em 17/05/2006 - 00:58h

ERRATA.
Galera, é o seguinte, onde está descrito para dar permissão 711 para o arquivo de configuração do Java, entendam como 755. É necessário que todos os usuários possam ter acesso de leitura ao arquivo, pois o mesmo é chamado pelo arquivo /etc/profile.
Desculpem pelo transtorno e obrigado pelos elogios!
;)

[5] Comentário enviado por Mr_Barreto em 17/05/2006 - 11:02h

Excelente artigo, já tinha pesquisado isso antes, e o que eu encontrava as vezes parecia muito vago para um newbie como eu...rss

Valeu


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts