Instalação e configuração do Bacula com interface web (Bweb/Brestore)

O Bacula é um software de criação e gerenciamento de backups. Nesse tutorial serão mostrados os passos para instalação e configuração do mesmo, juntamente com a interface web de gerenciamento (Bweb) e recuperação (Brestore) de backups.

[ Hits: 169.562 ]

Por: Fabrício Rodrigo em 20/07/2010


Instalação do Bacula no Ubuntu/Debian



Informações gerais:
  • Ubuntu Server 10.04
  • MySQL Server 5.0
  • Apache2

Instalação do Bacula

A instalação do Bacula através do gerenciador de pacotes é bastante simples, basta executar o comando abaixo que serão instaladas todas as dependências, inclusive o MySQL, que é o banco de dados padrão do programa. Também há suporte ao banco de dados Postgres, porém devem ser especificados os pacotes, mas não será abordado nesse tutorial.

# apt-get install bacula

Serão instalados os seguintes pacotes: bacula-client bacula-common bacula-common-mysql bacula-console bacula-director-common bacula-director-mysql bacula-fd bacula-sd bacula-sd-mysql bacula-server dbconfig-common

Será instalado o bacula director, file daemon e storaged daemon. Para a instalação parcial deverão ser instalados o bacula-director-common, bacula-fd e bacula-sd respectivamente.

Configuração do Bacula

O Bacula é um sistema distribuído, sendo formado por 3 daemons: director, storage daemon e file daemon. Cada daemon "executa" independentemente, podendo estar localizado em máquinas separadas. O file daemon deve estar instalado em todas as máquinas clientes.

No ambiente analisado, todos os daemons estão instalados na mesma máquina.

Bacula Director (bacula-dir.conf):

Gerenciador; Núcleo do programa; é responsável por supervisionar todas as operações de backup, restauração, controle e verificação de arquivos.

Bacula Storage:

Responsável pelo armazenamento, leitura e escrita em fita, disco ou outros dispositivos. Deve ser instalado onde os arquivos serão armazenados, podendo ser instalado em mais de uma máquina.

Bacula File Daemon:

Este é o cliente do Bacula. Deve ser instalado em todas as máquinas onde serão realizados os backups.

Configuração do director

Altere as configurações de acordo com a necessidade/ambiente.

Director { #definições do gerenciador/director
  Name = ubuntuu-dir #nome do gerenciador/director
  DIRport = 9101 #porta de comunicação do director
  QueryFile = "/etc/bacula/scripts/query.sql"
  WorkingDirectory = "/var/lib/bacula"
  PidDirectory = "/var/run/bacula"
  Maximum Concurrent Jobs = 10 #máximo de conexões simultâneas
  Password = "yveAet993vzsWug3KoZUKjVbdZy0nrSqIqQCFH80rIVS" #senha cliente terminal/console
  Messages = Daemon #tipo de mensagens a serem geradas no log
}

JobDefs { #definições de padrão de tarefa
  Name = "DefaultJob"#nome do padrão
  Type = Backup #tipo de tarefa (backup/restore)
  Level = Incremental #tipo de backup (incremental/diferencial/full)
  Client = ubuntuu-fd  #cliente
  FileSet = "Full Set" #nome do conjunto de arquivos
  Schedule = "Diario" #tipo de agendamento
  Storage = File #tipo de armazenamento (file/tape)
  Messages = Standard #padrão de mensagens geradas (log)
  Pool = File #tipo de pool utilizado
  Priority = 10 #prioridade
  Write Bootstrap = "/var/lib/bacula/%c.bsr"
}

Job { #definição de tarefa
  Name = "BackupClient1" #nome da tarefa
  JobDefs = "DefaultJob" #padrão de tarefa
}

Job { #definição da tarefa
  Name = "RestoreFiles" #nome da tarefa
  Type = Restore #tipo de tarefa (backup/restore)
  Client=ubuntuu-fd #cliente    
  FileSet="Full Set" #nome do conjunto de arquivos      
  Storage = File #tipo de armazenamento (file/tape)
  Pool = Default #tipo de pool utilizado
  Messages = Standard #padrão de mensagens geradas (log)
  Where = /mnt/bacula-restores #onde será restaurado o backup
}

FileSet { #conjunto de arquivos e diretórios
  Name = "Home Set" #nome do conjunto
  Include {
    Options {
      signature = MD5 #hash para verificação de integridade
    }
    File = /home #arquivos selecionados
  }
  Exclude {
    File = /home/backup #arquivos excluídos
  }
}

Schedule { #agendamento
  Name = "Diario" #nome do agendamento
  Run = Full sun-sat at 23:10 #definição do agendamento (Full de domingo (sunday) a sabado (saturday) as 23:10)
}

Client { #definições do cliente
  Name = ubuntuu-fd #nome do cliente
  Address = 10.113.254.246 #ip do cliente (File Daemon)
  FDPort = 9102 #porta de comunicação com o cliente
  Catalog = MyCatalog #catálogo de arquivos
  Password = "zWfAKqdbZb1PjYL9Ud-HForFnoUzkJBSM" #senha cliente (File Daemon)
  File Retention = 30 days #retenção dos arquivos (30 dias)
  Job Retention = 6 months #retenção da tarefa (6 meses)
  AutoPrune = yes #limpeza/supressão automática do catálogo após expirado o tempo de retenção (não afeta os dados do volume)
}

Storage { #definição do dispositivo de armazenamento
  Name = File #nome do dispositivo
  Address = 10.113.254.246 #ip do dispositivo de armazenamento (Storaged Daemon)
  SDPort = 9103 #porta de comunicação com a storaged
  Password = "jKNZOR8Kl8nSuHFWi6H9txhEyTqODE3gW" #senha dispositivo (Storaged Daemon)
  Device = FileStorage #dispositivo (Storaged Daemon)
  Media Type = File #tipo de armazenamento
}


Pool { #definição do tipo de volume/partição a ser montado
  Name = Default #nome do volume
  Pool Type = Backup #tipo de pool Backup/Archive/Cloned/Migration/Copy/Save (atualmente apenas backup implementado)
  Recycle = yes #bacula automaticamente recicla os volumes (caso não possa ser adicionado mais volumes será rescrito sobre os expirados)
  AutoPrune = yes #limpeza/supressão automática do catálogo após expirado o tempo de retenção (não afeta os dados do volume)
  Volume Retention = 365 days #tempo de retenção de 365 dias
}

Console {
  Name = ubuntuu-mon
  Password = "8UZ_p8sbi38XUmDGT5I3tt4egyM7uTpDx"
  CommandACL = status, .status
}

Configuração do cliente (file daemon)

Altere as configurações de acordo com a necessidade/ambiente.

FileDaemon { #definições file daemon
  Name = ubuntuu-fd #nome (mesmo do bacula-dir.conf)
  FDport = 9102 #porta de comunicacao com o director
  WorkingDirectory = /var/lib/bacula
  Pid Directory = /var/run/bacula
  Maximum Concurrent Jobs = 20 #maximo de tarefas simultâneas
}

Director { #dados para comunicação com o director
  Name = ubuntuu-dir #nome (mesmo do bacula-dir.conf)
  Password = "zWfAKqdbZb1PjYL9Ud-HForFnoUzkJBSM" #senha (mesmo do bacula-dir.conf)
}


Messages { #definição do tipo de mensagem a ser logada
  Name = Standard #nome do padrão
  director = ubuntuu-dir = all, !skipped, !restored #parametros a serem logados, no caso todos(all), exceto saída (skipped) e restauração (restore)
}

Configuração do dispositivo de armazenamento (storaged daemon)

As configurações devem ser alteradas de acordo com a necessidade/ambiente.

Storage { #definições storaged
  Name = ubuntuu-sd #nome
  SDPort = 9103 #porta de comunicação com o director
  WorkingDirectory = "/var/lib/bacula"
  Pid Directory = "/var/run/bacula"
  Maximum Concurrent Jobs = 20 #maximo de tarefas simultâneas
#  SDAddress = 0.0.0.0 #ip da máquina
}

Director { #definição do director que terá acesso ao "daemon" de armazenamento
  Name = ubuntuu-dir #nome
  Password = "jKNZOR8Kl8nSuHFWi6H9txhEyTqODE3gW" #senha
}

Device { #definições do dispositivo de armazenamento
  Name = FileStorage #nome (mesmo a ser usado no director)
  Media Type = File #tipo de media/dispositivo - File/Tape
  Archive Device = /mnt/backup #ponto de montagem do volume
  LabelMedia = yes; #bacula permitir media sem rótulo/nomeação
  Random Access = Yes;
  AutomaticMount = yes; #quando o dispositivo abrir, lê-lo.
  RemovableMedia = no;
  AlwaysOpen = no;
}

Messages { #definição do tipo de mensagem a ser logada
  Name = Standard #nome do padrão
  director = ubuntuu-dir = all #parametros a serem logados, no caso todos(all)
}

Após configuração dos daemons, os mesmos devem ser reinicializados.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Instalação do Bacula no Ubuntu/Debian
   2. Instalação e configuração da interface web (Bweb)
   3. Instalação e configuração da interface web (Brestore)
   4. Considerações finais e referências
Outros artigos deste autor

Webacula - Instalação e Configuração no Ubuntu 10.04

Configurando o Asterisk com autenticação LDAP

Instalação e configuração do Snort Inline (modo IPS), Baynard2, Mysql e PulledPork no Debian Squeeze

Leitura recomendada

Fazendo um Kmenu excelente

Instalação e configuração do Apache2 com SSL e MOD_JK no Solaris

Servidor proxy autenticado (Squid + DansGuardian + OpenLDAP)

Instalando o VMware Player 12 no Linux Mint 17.3

Fedora Core 1 :: Starter Kit

  
Comentários
[1] Comentário enviado por drakula em 20/07/2010 - 20:02h

Valeu pelo artigo, ta completasso.

[2] Comentário enviado por fernandoborges em 20/07/2010 - 20:12h

Super bom, parabéns!!!

[3] Comentário enviado por danniel-lara em 20/07/2010 - 20:39h

e ai blz ?
muito bom o artigo

[4] Comentário enviado por astdarkness em 22/07/2010 - 00:09h

Velho, show de Bola!!!!!
Parabéns!!

[5] Comentário enviado por moser em 23/07/2010 - 16:24h

Aqui onde trabalho usamos o Webmin como ferramenta de administração web. Acho mais completo.

Abraço !

[6] Comentário enviado por feliperossi em 25/07/2010 - 21:45h

Exelente artigo, com uma definicao clara sobre o funcionamento do bacula.
mas ainda tenho algumas duvidas em relacao ao bacula backup.
em um dos meu clientes tenho uma tape library IBM TS-2900 LTO 4 com 9 fitas.


gostaria de saber com o bacula gerencia as tape library, tenho ele configurado
com tapes comuns de apenas uma fita lto 1, 2 e 3, funciona maravilhosamente bem.

mas nesse modelo TS-2900 estou tendo alguns problemas para configuralo, devido
armazenamento e recuperacao dos arquivos. procurei em diversos foruns e sites
sobre o gerenciamento do bacula em tapes library, encontrei muito pouca documentacao
e nada claro a respeito.

fico grato caso alguem do VOL tenho algum case de sucesso ou implementacao
do bacula em tapes library.



[7] Comentário enviado por fabriciorodrigo em 27/07/2010 - 10:19h

Vlw pela dica moser! .. instalei o webmin mas acho que o bweb tem mais 'cara' de aplicativo ... acho que os menus estão melhores dispostos e de melhor acesso. Acho que ainda falta algumas coisas pra ambos, mas é mais uma opção, e diga-se de passagem, de bem mais fácil instalação.

http://tchellow.blogspot.com/2009/09/instalacao-do-webmin-no-bacula-backup.html


Felipe, sinceramente nunca trabalhei com dispositivos de fita, apenas disco mesmo. Não vou ter como te ajudar!

[8] Comentário enviado por jairus em 27/07/2010 - 17:55h

PARABÉNS PELO ARTIGO


INSTALEI AQUI NA EMPRESA ESTÁ FUNCIONANDO PERFEITO

UTILIZO DEBIAN LENNY


JAIRUS LOPES

[9] Comentário enviado por nando.polla em 21/12/2010 - 20:06h

Alguem já consegui atribuir uma senha de acesso ao bweb,
para quando o for acessar solicitar alguma senha

[10] Comentário enviado por fabriciorodrigo em 27/12/2010 - 15:34h

nando.polla,

O Bweb faz o controle através do htpasswd do apache ...

Adicione no httpd.conf ou no arquivo respectivo de sua distribuição ...

Alias /bweb /var/www/bweb
<Directory /var/www/bweb/html>
Options FollowSymLinks MultiViews
AllowOverride None
Order allow,deny
allow from all
</Directory>

ScriptAlias /cgi-bin/bweb /usr/lib/cgi-bin/bweb
<Directory /usr/lib/cgi-bin/bweb>
Options ExecCGI -MultiViews +SymLinksIfOwnerMatch
AuthType Basic
AuthName MyPrivateFile
AuthUserFile /etc/apache2/htpasswd
AllowOverride None
Require valid-user
</Directory>


Para habilitar vc tbm deve ir até a opção "Configuration" do menu do Bweb e habilitar a opção "security" ou ainda inserir o parametro ('enable_security' => 'on') no arquivo de configuração do bweb (/etc/bacula/bweb.conf)

Assim que for habilitado a opção 'security' será adicionado a opção 'Manage Users' no menu 'Configuration' do Bweb. Nesse menu vc poderá fazer restrições para os usuários, mas não esqueça de primeiramente cadastrá-los no arquivo htpasswd do apache.


[11] Comentário enviado por nando.polla em 27/01/2011 - 11:58h

Prezado ( fabriciorodrigo )

Desculpe-me a demora ....

O procedimento está totalmente correto...
Muito obrigado...

Só estou com algumas dificuldades em adicionar por grupo com restrições...

Mais perfeito ... está de parabens ...


Abraços... e muito obrigado.


[12] Comentário enviado por LinuxTec em 15/02/2011 - 13:09h

Amigo, vou seguir seu tutorial para montar um servidor de backp do zero aqui na empresa, qualquer duvidas peça a himelde ajuda de todos começarei amanhã.

[13] Comentário enviado por LinuxTec em 22/02/2011 - 11:45h

Cara estou seguindo seu artigo e deu um erro bobo aqui pode me ajudar

backup:/home/claudio/download/bacula-gui-5.0.2/bweb# perl Makefile.PL
1..8
ok 1 - require DBI;
ok 2 - require GD::Graph;
ok 3 - require GD;
ok 4 - require HTML::Template;
ok 5 - require CGI;
ok 6 - require Expect;
ok 7 - require Time::ParseDate;
ok 8 - require Date::Calc;
Writing Makefile for Bweb
backup:/home/claudio/download/bacula-gui-5.0.2/bweb# make install
-bash: make: command not found


Onde estou errando

[14] Comentário enviado por fabriciorodrigo em 22/02/2011 - 13:55h

Provavelmente o 'make' n esteja instalado no seu pc ...

se estiver no debian basta instalar através do 'apt-get install make'

Creio que resolva o problema.

[15] Comentário enviado por Tiago_RC2Network em 29/07/2011 - 20:52h

Fabricio,

Primeiramente queria lhe agradecer por essa imansa ajuda na configuração do Bacula. A instalação padrão e a interface Web deu certo, mas infelizmente parei no brestore.

- Instalei os modulos perls
- fiz os demais procedimentos:
# wget http://www.sencha.com/deploy/ext-2.3.0.zip

Descompactar em /var/www/bweb/ext:

# unzip -d ext ext-2.3.0.zip

mas quando vou dar o comando:

#mv ext-2.3.0/ /var/www/bweb/ext

dá o seguinte erro:
mv: impossivel obter o estado de "ext-2.3.0/": Arquivo ou diretorio não encontrado.

Obrigado



[16] Comentário enviado por fabriciorodrigo em 12/08/2011 - 09:25h

Tiago,

Desculpa a demora para responder.
Aparentemente pasta descompactado não está nessa pasta ou não está com o nome que vc está tentando move-la. Verifica onde está sendo descompactado a pasta e com qual nome ela foi descompactada. Dá um ls pra ver se a pasta está mesmo no diretório atual e com que nome, pra depois vc tentar move-la.

[17] Comentário enviado por Tiago_RC2Network em 16/08/2011 - 10:33h

Fabricio, bom dia.

Obrigado mais uma vez pelas dúvidas sanadas. Deu tudo ok a instalação do Bacula Web e o Brestore. Porém, quando tento restaurar algum arquivo no brestore aparece p seguinte erro:

An error has occurred:

Can't start your job:


Obs: Seleciono o client (srv_arq), seleciono o Job, arrasto o arquivo a ser restaurado para o campo RESTORE SELECTION, no campo a direita FILE VERSION, aparece INchanger (circulo vermelho), volume (arquivos1), Jobid (756),size, data e checksun. Quando clico em run restore aparece as seguintes opções:

restore options

cliente: ser_arq ----------------------------no meu bacula-dir.conf o nome que dei ao job de restore é o restore_srv_arquivos
where: /tmp/bacula-restore--------------- no meu dir.conf essa opção está assim: /bacula-recuperados (quando restauro com o .bat ele sempre salva em c:/
replace:awalys/never----------------------- sempre coloco always

Já restartei todos os seviços e nada.

Poderia me ajudar mais uma vez? já tentei que cansei, instalei o debian 5, ubuntu e nada. Falta só fazer o restore pra fechar com chave de ouro.

Obrigado mais uma vez.

[18] Comentário enviado por vhugojr em 17/09/2012 - 17:55h

Olá Fabrício, estou com um probleminha seguindo o seu tutorial. Na hora de reiniciar o bacula, após a configuração dos arquivos, aparece a seguinte mensagem:

bacula-dir: ERROR TERMINATION at parse_conf.c: 479 Erro de configuração: Não foi possível encontrar a configuração do Recurso Daemon referenciado na linha 9: Messages = Daemon
: linha 9, coluna 21 do arquivo /etc/bacula/bacula-dir.conf Messages = Daemon.

Será q foi erro de digitação, eu copiei e colei como esta no post.

[19] Comentário enviado por LinuxTec em 28/09/2012 - 09:13h



Bom dia existe algum comando que eu consiga ver os próximos
agendamentos de backups que tem para executar no meu bacula ?
Estou com um probleminha muito estranho, meu bacula só está fazendo
backups Full, ele faz um acaba faz outro e está enchendo meu disco,
minhas Pools estão redondas, mais ele não para de efetuar backups Full,
acabou um agora mesmo e já tenho outros executando vejam.

Running Jobs:
Writing: Full Backup job backup JobId=24 Volume="Backup-Full-Vol-0022"
pool="backup-Full-Pool" device="FileStorage" (/home/bacula)
spooling=0 despooling=0 despool_wait=0
Files=232,131 Bytes=40,371,849,458 Bytes/sec=6,819,569
FDReadSeqNo=2,912,262 in_msg=2219168 out_msg=5 fd=5
====

Jobs waiting to reserve a drive:
====

Terminated Jobs:
JobId Level Files Bytes Status Finished Name
===================================================================
14 Full 458,501 292.0 G OK 23-Set-12 19:26 Grfad01
15 Full 60,949 19.94 G OK 23-Set-12 21:16 grfnexus01
16 Full 22,698 1.349 G OK 23-Set-12 21:23 grflinuxtec01
17 Full 795,276 330.4 G OK 25-Set-12 09:54 backup
18 Incr 23,189 3.857 G OK 25-Set-12 10:24 firewall
19 Full 3,344 127.0 M OK 25-Set-12 10:24 zabbix
20 Incr 220 333.5 M OK 25-Set-12 10:26 bacula
21 Incr 14,615 39.24 G OK 25-Set-12 13:14 Grfad01
22 Full 61,394 19.84 G OK 25-Set-12 15:02 grfnexus01
23 Full 22,716 1.349 G OK 25-Set-12 15:08 grflinuxtec01




Poll do Backup


# Configuration file to Bacula Server
#
JobDefs {
Name = "backup"
Type = Backup
Client = backup-fd
FileSet = "backup"
Schedule = "backup"
Storage = File
Messages = Standard
Pool = Default
Full Backup Pool = backup-Full-Pool
Incremental Backup Pool = backup-Inc-Pool
Differential Backup Pool = backup-Diff-Pool
Priority = 10
#RunBeforeJob = "/etc/bacula/scripts/mysql_backup"
Write Bootstrap = "/var/bacula/working/%c.bsr"
}

Job {
Name = "backup"
JobDefs = "backup"
}

FileSet {
Name = "backup"
Include {
Options {
signature = MD5
compression = GZIP
}
File = /etc
File = /var/www
File = /home/backup
File = /mnt/lacie2
}
}

Schedule {
Name = "backup"
Run = Full 1st sun at 4:30
Run = Differential 2nd-5th sun at 4:30
Run = Incremental mon-sat at 4:30
}
Client {
Name = backup-fd
Address = backup.grifetiquetas.local
FDPort = 9102
Catalog = MyCatalog
Password = "retK5PoeMp8mP1-QUtTaP5LnzIe_IC0ID"
File Retention = 30 days
Job Retention = 1 months
AutoPrune = yes
}





Pool {
Name = backup-Full-Pool
Pool Type = Backup
Recycle = yes
Recycle Oldest Volume = yes
AutoPrune = yes
Volume Retention = 1 months
Maximum Volume Jobs = 1
Maximum Volumes = 7
Label Format = "Backup-Full-Vol-"
}

Pool {
Name = backup-Inc-Pool
Pool Type = Backup
Recycle = yes
Recycle Oldest Volume = yes
AutoPrune = yes
Volume Retention = 30 days
Maximum Volume Jobs = 6
Maximum Volumes = 7
Label Format = "Backup-Inc-Vol-"
}

Pool {
Name = backup-Diff-Pool
Pool Type = Backup
Recycle = yes
Recycle Oldest Volume = yes
AutoPrune = yes
Volume Retention = 30 days
Maximum Volume Jobs = 1
Maximum Volumes = 10
Label Format = "Backup-Diff-Vol-"
}





[20] Comentário enviado por fabriciorodrigo em 28/09/2012 - 11:46h

LinuxTec,

digita no prompt do bconsole o comando:

*status director

ele vai te retornar os backups agendados e os finalidados.

Uma coisa que eu faço e talvez possa resolver seu problema é colocar o pool no agendamento/schedule da seguinte forma:

Schedule {
Name = "Server"
Run = Level=Full Pool=VolumeBkpFull on 1 at 22:30
Run = Level=Incremental Pool=VolumeBkpInc on 2-31 at 22:35
}

Dessa forma vc terá que remover a referência aos pools no JobDefs, é uma sugestão!

[21] Comentário enviado por armandomxj em 25/02/2013 - 10:11h

Otimo howto, deu tudo certo mas ao acessar pelo navegdor estou recebendo este erro:


Can't connect to your database:
Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: YES)


Creio que é ao acessar o banco de dados, mas conferi todos os arquivos e nada ? pode me ajudar onde pode estar o erro ?


[22] Comentário enviado por fabriciorodrigo em 28/02/2013 - 15:24h

armandomxj,

Há duas possibilidades, ou vc colocou a senha errada no arquivo de conf (/etc/bacula/bweb.conf) ou o banco está recusando sua conexão, acho a rimeira bem mais viável.

executa o seguinte comando no prompt:
#mysql -u root -p
será pedida a senha de root, se vc conseguir logar a senha está correta .. coloque-a no arquivo bweb.conf, na variável "'password' => 'senhamysql'" onde, 'senhamysql' é a senha do banco.

[23] Comentário enviado por cmercaldo em 22/03/2013 - 14:01h

Fabricio.

Instalei tudo e após executar no BROWSER aparece a mensagem.

can't load config_file /etc/bacula/bweb.conf : Permission denied

Agora, já dei permissão 775 neste arquivo, mas deve estar faltando alguma coisa que não estou conseguindo identificar.

Pode me ajudar?

Obrigado!

[24] Comentário enviado por fabriciorodrigo em 22/03/2013 - 15:27h

Cláudio, verifica se o usuário e grupo do arquivo são respectivamente o apache(www-data) e o bacula.

[]'s

[25] Comentário enviado por cmercaldo em 22/03/2013 - 16:26h

Estranho mesmo....

chown www-data.bacula /etc/bacula/* -R
e o usuário bacula no /etc/group no grupo do apache e vice e versa!!

Caramba!!

[26] Comentário enviado por guina2010 em 05/09/2013 - 10:19h

faz tempo que to querendo um artigo desse vou fazer um teste e postar aqui valeu

[27] Comentário enviado por rlimao em 04/10/2013 - 00:54h

armandomxj


Cara, tive o mesmo problema que vc. O erro estava no user no bweb.conf 'user' => 'bacula'. No meu caso mudei para 'root' e resolvi o problema.


[28] Comentário enviado por fcunsa em 17/01/2014 - 16:03h

Como e onde são geradas as senhas Criptografadas dos arquivos de configuração do Bacula??

[29] Comentário enviado por micheloliveira96 em 02/03/2015 - 00:59h

Muito obrigado, estou fazendo um TCC, e pra parcial de segurança ele foi essencial.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts