Instalação do Nessus 3.0

Neste artigo vou mostrar como obter, instalar, atualizar plugins e (ufa!) usar o Nessus versão 3.0.3 a partir de pacotes oficiais. Este artigo cobre a instalação a partir do zero. Se seu caso é upgrade, este artigo não serve para você. Se você usa Fedora, Debian ou SuSE, existem pacotes oficiais prontos.

[ Hits: 85.032 ]

Por: Perfil removido em 11/07/2006


Iniciando o daemon nessusd



O arquivo /opt/nessus/etc/nessus/nessusd.conf é tão auto-explicativo que eu não vou falar nada dele. Caso queira dê uma olhada nas opções. As opções padrão são suficientes para começar a usar o programa e você não precisa alterar no momento. Quando estiver usando um cliente GUI você saberá identificar estas opções no modo gráfico. Caso queira alterar as coisas para uma varredura mais pesada então você não precisa da minha ajuda, certo! :) Neste caso, o man nessusd vai te ajudar melhor ! ! ! Ah, lembrando que Nessus roda na porta TCP/1241 por padrão.

# netstat -atun
Conexões Internet Ativas (servidores e estabelecidas)
Proto Recv-Q Send-Q Local Address          Foreign Address   State
tcp        0              0 0.0.0.0:1241   0.0.0.0:*         OUÇA
Usuários do Fedora Core podem iniciar o serviço com:

# service nessusd {start, stop, restart}

Os demais podem acessar /opt/nessus/sbin/nessusd para executar como daemon.

# ./nessusd -D

O programa pode ser configurado para ser ativado no boot com chkconfig. Configure de acordo com seu gosto.

# chkconfig --list nessusd
nessusd
0:desligado
1:desligado
2:ligado
3:ligado
4:ligado
5:desligado
6:desligado

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Obtendo os pacotes e a chave de ativação
   2. Instalando o pacote RPM no Fedora Core 5
   3. Ajustando os manuais man
   4. Entendo as regras (rules) e a política de uso
   5. Criando usuários para o sistema
   6. Registrando e atualizando os plugins
   7. Nessus sem acesso à internet ou com proxy
   8. Iniciando o daemon nessusd
   9. Ativando o cliente em modo texto
   10. Ativando o cliente em modo gráfico
Outros artigos deste autor

Eu!noel é sinônimo do Arch Linux! Por quê?

Instalando programas utilizando os fontes no seu Slackware com o checkinstall

Ambiente de desenvolvimento Java com Ubuntu 7.10 e Net Beans 6

Trabalhando com foto usando Cheese + GIMP + Xmorph

Instalando pacotes no Ubuntu e distros Debian-like

Leitura recomendada

John The Ripper - Teste de Quebra de Senhas

Como recuperar a senha o root

Wireshark - Artigo

Teste de vulnerabilidades com OpenVAS 3.0

Snort - The Open Source Network Intrusion Detection System

  
Comentários
[1] Comentário enviado por segment em 11/07/2006 - 12:19h

Opa parceiro, muito bom o artigo...Mas fica algumas questões, para que serve o Nessus ?... seria um conteúdo interessante ter sido abordado no artigo, para que este possa ser compreendido por todos os públicos de usuários, inclusive o iniciante, que ainda não sabem do que se trata esse software. Fica meu ponto de vista, com intuito de ajudar. Mas enfim, parabéns pela contribuição. Muita paz p todos nós :]

Ítalo P. Brito

[2] Comentário enviado por jose_neto em 11/07/2006 - 14:01h

Nessus é um scanner de rede, neto do hoje finado Satan ( Security Administrator's Tool for Analyzing Networks )

[3] Comentário enviado por bangy em 08/10/2007 - 10:45h

Boas mto bom tutorial tou aseguir todos os passos, mas o que ainda nao percebi e quando estou a tentar adicionar um user como esta no tutorial simplesmente nao da, uso o comando (# ./nessus-adduser) como root e da-me erro diz-me que o comando nao existe, e necessario estar dentro da pasta do nessus ou n ? obrigado

[4] Comentário enviado por w4gn3r em 17/11/2012 - 12:20h

Excelente artigo!!!

Melhor do que varias documentações oficiais!!!


Parabens!!!!


Contribuir com comentário