Iniciando no Linux com o Ubuntu Gutsy

Neste artigo pegarei como público alvo iniciantes em Ubuntu Linux, será um tutorial bastante básico, dando ênfase à parte técnica, no entanto não entrando em detalhes, ideal para quem está começando não se perder e ir se inserindo no mundo Linux de forma harmoniosa, espero que gostem.

[ Hits: 58.812 ]

Por: Edvan Macedo em 08/01/2008


Definições básicas



Como tudo no início, não teremos nada de prático neste tópico, porém será de muita importância para quem realmente quer entender o básico do básico do Linux. Motivo deste artigo é que tenho presenciado muita gente que quer migrar de Linux pra Windows, no entanto pensa que por exemplo, Linux tem que ser instalado em NTFS, eita erro feio, que para instalar programas no Linux é difícil, e o mais ridículo, pessoas que nunca viram Linux e nem querem instalar porque a amiga da amiga disse que é muito difícil, sendo que essa pessoa nunca se quer instalou tal Sistema Operacional, então acho meio estranho isso, porque como que uma pessoa que nunca viu o Linux em execução possa dizer tão mal dele.

Mas voltando às nossas definições, em se tratando de instalação do sistema, vou citar os dois mais usados, são o ReiserFS e o Ext3. Em minha opinião, fico com o ReiserFS pelo fato de eu o considerar mais instável, dentre outros motivos que não vem ao caso citá-los aqui.

Linux trata-se de um sistema Livre, como todos que estão lendo isso devem saber, onde esse livre nos dá a possibilidade de modificarmos ele como quisermos, tanto em sua programação quanto em seu visual, uma interface ao seu gosto, você é o artista no Linux, vale ressaltar ainda que o modo certo de se falar é Gnu/Linux, no entanto por questões de prática e costumes próprios, eu o chamo apenas de Linux, coisa de gente que já é mais íntimo com ele.

Em relação aos vírus, afinal, Linux pega ou não pega o vírus? Bom, aí eu digo que depende, mas como depende? Explico a vocês do meu modo de ver. Primeiramente o que é o tão amado amigo do Windows, o vírus? Nada mais que um programa executável .exe que ao iniciar o sistema, ele se executa juntamente com o início deste, de uma visão meio superficial é isso, agora vamos jogar esse contexto no Linux.

As distribuições Linux derivam em geral de duas extensões, .deb e .rpm, onde pegarei com base a distribuição Ubuntu que deriva da extensão .deb ou indo mais além, do Sistema Debian. Voltando ao vírus, o que tenho a dizer é que um Sistema Linux ao iniciar, não auto-executa qualquer programa, exceto claro aqueles que você pede que executem no início.

Outro fato importante é que o Linux só instala extensões .deb, diferente do Windows que é .exe, então pelo próprio Sistema não digo impossível de pegar vírus, porque pegar ele pega, mas executar é outra historia, daí eu deixo vocês tirarem suas próprias conclusões, pega ou não pega vírus? Na minha opinião, os vírus não servem pra nada no Linux, a não ser para infectar seu Windows caso seu computador esteja em dual boot.

Agora se tratando da interface, temos variadas formas de gerenciadores de janelas, as principais e mais usadas e que eu também já usei são Fluxbox, Gnome e KDE, sendo que tem várias outras, mas dentre essas três que eu citei, cada uma com seu charme é claro, a que servirá como base para meu tutorial será o Gnome do Ubuntu 7.10 e 7.04, ambos com pouquíssimas diferenças, ao decorrer tentarei também mostrar algo sobre o KDE.

Em relação ao desempenho da máquina, digo que não se torna necessário fazer desfragmentação de disco, que para quem não sabe, no Microsoft Windows, como este grava todos os dados de forma separada, mais ou menos, uma informação é dividida em vários blocos do HD, desorganizando seu HD, fazendo seu processador trabalhar mais em busca dos seus dados, pois todos os dados estão embaralhados pelo HD, resumindo, você tem que fazer a desfragmentação para que esses dados separados cheguem mais perto um dos outros, no Linux isso não é uma realidade, sim, ele também grava os dados em blocos, no entanto, esses blocos não deixam espaços tão vazios entre um arquivo e outro, sendo assim mais uma vantagem do Linux.

Em relação ao firewall, é sempre recomendado que se use, no entanto eu não o uso, pois do mesmo jeito dos vírus, não vejo necessidade de um firewall dentro do Linux, quando não é usado para servidor, opinião própria.

Para os calouros de Linux, sejam bem vindos e o principal, não abram mão de sua liberdade, e veja que o mundo esta precisando de pessoas que pensem por si própria e não de pessoas que deixam uma empresa pensar por si, então bem vindo ao Gnu/Linux, o mundo de infinitas possibilidades.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Definições básicas
   3. Instalação do Sistema Operacional
   4. Comandos básicos
   5. Suite Office, impressão e codecs multimídia
   6. Aplicações Windows
   7. MSN, Skype e emulação
   8. Aplicativos básicos
Outros artigos deste autor

Compiz Fusion no Gutsy

VirtualBox

Leitura recomendada

Instalando um servidor LAMP no OpenSuSE

Pós-instalação no Slackware 10

Configurando o Bandwithd (monitoração gráfica)

Configurando o D-Link DSL-210 no Debian Etch

GPT - Guid Partition Table

  
Comentários
[1] Comentário enviado por eldermarco em 08/01/2008 - 16:05h

"minha faculdade só querem programas entregues em .exe, triste isso, um exemplo disso é C, que só pude entregar através do Turbo C. "


Não precisa ser o Turbo C, use o DevC++ que está sob os termos de GPL, sendo portanto, livre:



http://www.bloodshed.net/devcpp.html


A menos é claro, que o Turbo C tenha alguma coisa que o DevC++ não tenha... mas acho isso difícil, principalmente se for iniciante.

[]'s

Elder Marco


[2] Comentário enviado por nicolo em 08/01/2008 - 16:42h

Esse artigo mostra as tendências microsófiticas do Ubuntu + automatix2. Não significa que o Ubuntu esteja virando windows, significa que ele está afim de briga, de um jeito, que as outras distros não ousam.
O procedimento de intalação é todo gráfico, com uma suite de programas que o windows nem sonha. Todavia a equiparação precisa de um usuário equiparado ao usuário médio do windows: A maioria.

Se tudo correr bem com o drive de video e com a instalação da impressora, o resto está perfeito.

[3] Comentário enviado por f360c4 em 08/01/2008 - 17:56h

Otimo Artigo,
Meus parabéns.
Com um Artigo assim qualquer um é capaz de usar e apreciar o Ubuntu, o problema é na hora dos driver ou instalação de certos componentes, um caso engraçado que aconteceu comigo foi que instalei o debian etch no meu Pc e a placa de audio ficou muito baixa, e já estava no maximo o volume, atualizei o o sistema Debian Etch para o Lenny e apareceu controles e o volume ficou normal.
Agora um usuario iniciante iria saber isso?
mas como o nicolo acima falou, se ocorrer tudo bem com os drivers.. ta Tudo BLZ.
mais uma vez parabéns.

[4] Comentário enviado por ramos1986 em 08/01/2008 - 23:20h

Meus Parabéns Fico Muito Bem Explicado.

[5] Comentário enviado por luiz_uberaba em 08/01/2008 - 23:42h

Pow veiii creio q os iniciantes vao adorar...e vao apreder muito ja sobre o linux... pow minha nota eh 10... desta vez tu caprixooo memu hein...mas calma... ainda vc eh meu fan neh
hsuahsuashasua
enton calma ki vo ti detonar hsuahsuahsasua

Vo ti matar lero lero lero lero

[6] Comentário enviado por removido em 09/01/2008 - 18:36h

artigo bem elaborado, para usuários não iniciantes uma leitura comum
mais para iniciantes uma mão na roda , principalmente quem está iniciando no Ubuntu .
quando eu comecei no linux senti falta de tutos assim,
isso ajuda muito iniciantes .......
mais para escrever tudo isso, tem que ter muito saco!!!!!
parabéns, deve ajudar muita gente!!!!!!!!!!!!!!

[7] Comentário enviado por juniormacedo em 09/01/2008 - 21:01h

Sim sim, é mais para iniciantes, não pretendi atingir quem não é iniciante
pois querendo ou não quem começa em Linux gosta das coisas meio que mastigado, com o tempo a pessoa passa a se aprofundar mais.
Agradeço a todos que gostaram =))

[8] Comentário enviado por removido em 10/01/2008 - 16:42h

cara, vc é um ser humano de grande coração..
qui paciencia....hehehe
mto bom meu velho.........
meus parabens!!!
vou indicar teu artigo para amigos iniciantes no linux.....
continua assim que vc vai longe garoto.

abraços

[9] Comentário enviado por juniormacedo em 10/01/2008 - 16:58h

Opa valeu Home de Gelo
fique a vontade para indica-lo
+DDD

Abraços veiw

[10] Comentário enviado por jubilyz coiote em 16/01/2008 - 13:05h

eu tenho a distribuição e usei a mais do que xp(win)e atualmente to sem maquina mas adiconei ao meu favorito pra aprender com vc amigo parabens pela iniciativa nota 10*1000

[11] Comentário enviado por motokaloco em 15/06/2008 - 12:23h

boa tarde, eu tenho um hd partiçionado em 3 nele eu uso xp,vista e qro instalar o ubunto 8.4 faço tudo como vc explica no tutorial mas quando chego na part de partiçionamento ele me fala em raiz como posso solucionar esse procedimento agradeço pela atenção!!!!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts