IPCMSG: Comunicação inter-processos sem magia negra

A biblioteca IPCMSG foi criada para facilitar o desenvolvimento de programas que utilizam comunicação inter-processo. Nesse artigo aprenderemos, de forma prática, como usar essa biblioteca em seus códigos C/C++.

[ Hits: 20.417 ]

Por: Alessandro de Oliveira Faria (A.K.A. CABELO) em 20/10/2005 | Blog: http://assuntonerd.com.br


Introdução



A biblioteca IPCMSG foi criada para facilitar o desenvolvimento de programas que utilizam comunicação inter-processo.

A IPCMSG disponibiliza os seguintes recursos:
  • Semáforos: Utilizados para sincronizar dois ou mais processos;
  • Fila de mensagens: Em sistemas Unix/Linux, este recurso é utilizado para troca eficaz de dados entre processos;
  • Sinais: Interrupção de software assíncrona utilizada para time-out nas comunicações inter-processos;
  • Sockets: Utilizados para troca de informações entre processos locais e remotos via rede.

Onde utilizamos a IPCMSG?

A biblioteca IPCMSG permite a utilização sem segredo dos recursos de comunicação inter-processos. Um ou mais processos podem comunicar entre si através da troca de mensagens.

A troca de mensagens podem ser sincronizadas ou não dependendo da aplicação em desenvolvimento. Utilizado semáforos em caso de um aplicação com processo sincronizados, assim garantindo a organização nas sincronização dos processos.

Em caso de falha durante um determinado processamento, um processo pode eventualmente não responder a uma mensagem. Para contornar este problema, usamos o recurso de sinais. Sinais são interrupções de software assíncrona que em nosso caso serve com time-out dos envios de mensagens.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Download, instalação e compilação
Outros artigos deste autor

Impressione seus amigos com o Tux bonitinho no login modo console

SANE: Compartilhe seu scanner na rede

Visualizador de sistema de arquivos tridimensional

Como instalar Firefox OS junto ao Android com gerenciador de boot

Biometria facial na autenticação do usuário root

Leitura recomendada

Compilando o kernel no Slackware com pacotes pré-compilados

Recompilar o Kernel? Isso ainda existe??

Compilando o kernel do Slackware em 10 etapas

Compilando kernel 2.6 no Slackware 11

Conheçendo o sistema operacional GNU/Fiwix

  
Comentários
[1] Comentário enviado por CABELO em 22/10/2005 - 05:07h

Acabo de disponibilizar o Guia de Referência do programador:

http://cabelo.linuxdicas.com.br/ipcmsg/refman-html/d0/dcc/class_n_e_ti_1_1_i_p_c_m_s_g.html

[2] Comentário enviado por abidojr em 20/07/2007 - 19:32h

muito legal o material. Aguardamos seu retorno em BH


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts