Hardware ou Software: Conflitos

Neste artigo, vamos abordar da forma mais prática possível um pouco sobre hardware e os conflitos mais comuns que, geralmente, põem a culpa no Pinguim.

[ Hits: 9.311 ]

Por: Carlos Adriano em 19/07/2016


Conflitos comuns no Hardware



Como vimos, um computador não é uma peça única funcionando, mas sim um conjunto de componentes trabalhando em harmonia entre si. Se um componente falhar, ele pode afetar e até impedir o rendimento, desenvolvimento ou funcionamento dos outros componentes.

1. Placa Mãe - Funcionamento

A placa-mãe realiza a interconexão das peças componentes dos microcomputadores. Assim, processador, memória, placa de vídeo, HD, teclado, mouse, etc., estão ligados diretamente à placa-mãe. Ela possui diversos componentes eletrônicos (circuitos integrados, capacitores, resistores, etc) e entradas especiais (slots) para que seja possível conectar os vários dispositivos. A manutenção é feita por pessoas treinadas, técnicos e engenheiros da área, ou por pessoas que tenham um mínimo de conhecimento em montagem e manutenção de microcomputadores.

Algo interessante sobre a placa mãe:

Por se tratar de uma placa com vários componentes eletrônicos, ela pode sofrer a queima de qualquer um destes componentes, e isso pode afetar parcialmente ou totalmente, o rendimento, funcionalidade e funcionamento da placa mãe. Ou seja, muitas vezes o usuário nem sabe que certo componente parou de funcionar e, às vezes, a placa pode começar apresentar conflitos com memórias, HDs e até processadores sem que o usuário nem saiba exatamente o motivo.

É importante saber que uma placa mãe não é fabricada para aceitar todo e qualquer tipo de componente, muitos fabricantes publicam uma lista de componentes recomendados para determinada placa mãe, como memórias ou processadores etc., pois determinadas memórias, processadores e outros componentes, podem ser incompatíveis para determinada placa mãe !

Na maioria dos casos, recomendamos que a manutenção de placas mãe, seja feita por pessoas com conhecimento necessário, e uma boa prática, é levar o equipamento em uma assistência técnica eletrônica, pois, lá eles vão poder verificar bem se há algo errado.

2. Memória RAM

A memória ram pode ser substituída ou incrementada em upgrade, para melhorar o desempenho de um computador.
A memória ram é fundamental em um sistema operacional, atualmente podemos dizer que a quantidade mínima aceitável de memória ram, pode ser em torno de 2GB para tarefas simples, e 4GB para um pouco mais de conforto, menos que isso, pode ser um pouco de desgastante, e mais, pode ser reconfortante.

Mas também pode causar conflitos em um computador !
No geral, os fabricantes geralmente indicam quais memórias são compatíveis, e a recomendação é que se formos usar um dual channel (2 pentes de memória simultâneos) que usemos a mesma frequência, capacidade e até modelo e fabricante se for possível.

Ainda existe um outro fator causador de problemas na memória, vejamos bem...

Um computador que fica vários anos usando somente um pente de memória, enquanto o outro soquete fica vazio recebendo poeira e sujeira, pode acabar sofrendo um estrago neste segundo soquete que está em desuso, daí se o usuário inserir neste soquete um pente de memória "idêntico" ao atual, pode acabar tendo uma surpresa desagradável.

Conflitos de memória, podem apresentar beeps ao ligarmos o computador, congelamento, travamentos, desligamentos inesperados, tela azul de despejo, e outros vários indícios.

É possível remover o pente de memória, e com uma borracha escolar comum, limpar a conexão da memória, para remover possível oxidação, e caso esteja usando um dual channel, e esteja tendo problemas, é aconselhável remoção da ultima memória instalada para verificação do problema, e ainda caso esteja usando só um pente de memória, pode alternar entre os soquetes.

3. Processador

O processador influencia diretamente no rendimento de um computador, se você tiver um processador antigo, mesmo que tenha uma boa quantidade de memória, ainda vai se aborrecer um pouco.

É possível realizar upgrade do processador, em uma placa mãe, é aconselhável verificarmos no site do fabricante da placa quais são os modelos recomendáveis e que são compatíveis com determinada placa. Desta forma, evitamos transtornos, e até mesmo a perda de recursos.

Mas quando mal substituído, mesmo que funcione por um tempo, depois de um tempo ele pode começar gerar conflitos inesperadamente !

Um fator importante sobre o processador, é que se ele aquecer muito, ele também pode promover o desligamento imediato do computador, geralmente as placas mãe, possuem um mecanismo de monitoramento, que quando o processador aquece demasiadamente, então é feito o desligamento imediato para evitar queima.

Deve-se ficar atento ao modelo do processador, bem como o modelo do dissipador e cooler. Pois há modelos que aquecem mais ou menos, modelos que superaquecem, necessitam de coolers mais sofisticados, já modelos que aquecem menos trabalham com coolers menos aprimorados.

4. Placas de vídeo

Ao falarmos de placas de vídeo, é importante salientar que a escolha de uma boa placa de vídeo, pode reduzir muito a dor de cabeça que podemos sofrer com hardware.

É importante também levarmos em conta que a maioria das placas-mães, possuem placas de vídeo onboard, ou seja integradas ou acopladas em si, quando há queima desta placas, é possível instalar uma placa de vídeo offboard, pci express, agp, etc, de acordo com os soquetes disponíveis.

Um outro fator importante é que, se uma placa mãe possui vídeo onboard, possivelmente o soquete pode ficar exposto a poeira e sujeira por muito tempo, até que venhamos a instalar uma placa de vídeo nele, desta forma, o que pode ocasionar mal funcionamento, e até gerar conflitos, podemos muitas vezes culpar o sistema, e até a placa de vídeo.

As mesmas considerações valem para placas de áudio e outros periféricos, por isso não vamos entrar muito em detalhes.

5. HD - Hard Disk ou Disco Rígido

O HD é um periférico bastante necessário, mas um computador pode ligar e até funcionar através de um dvd/cd/usb e até um cartão de memória, que possua um sistema operacional em modo Live, ou até mesmo instalado (como se fosse um HD), no caso de um Pendrive por exemplo.

Um HD pode sofrer perdas, pode queimar, haver perdas de dados, e pode conter também setores defeituosos, famosos bad blocks, que podem dificultar o bom funcionamento do sistema, e até do computador, causando conflitos em outros componentes.

É importante saber que, se você estiver utilizando um HD defeituoso, seu sistema operacional pode sofrer diretamente com isso, pois o HD é onde o sistema operacional fica armazenado !

6. Fontes de alimentação

Sendo considerado um fator super importante, sobretudo em desktops, pode ocasionar queimas de periféricos, mal funcionamento, e pode inclusive impedir que um componente funcione, devido a falta de energia elétrica no equipamento!

Deve receber atenção adequada, uma fonte de alimentação deve ser proporcional ao equipamento em uso, quanto mais periféricos em uso em um computador, melhor deve ser o desempenho de uma fonte de alimentação para suprir as necessidades de todos os periféricos.

E um dos fatores mais importante, uma fonte de alimentação pode queimar a qualquer momento, portanto, não culpe o Pinguim por isso.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Entendendo um pouco sobre Hardware
   2. Conflitos comuns no Hardware
   3. Conflitos comuns no Software
   4. Qual distribuição instalo em meu PC?
   5. Porque a culpa é sempre do Pinguim?
   6. TAGs para Hardware
Outros artigos deste autor

Clonar HD com o comando pv salvando em .img

Instalando Linux em segundo HD IDE, Sata, USB ou Pendrive

Utilizando Ubuntu live-CD/USB para backup com PartImage

Informações sobre Hardware no GNU/Linux - Guia Geral e Prático

Live do Ubuntu com programa PartImage como Ferramenta para Backup do Windows 7

Leitura recomendada

Tempest for Elisa: Transforme seu monitor em estação de rádio

Wireless RTL-8180 no Linux

Processador - Tipos e características

Grave seus boots remotos com uma placa mãe

Configurando impressoras no programa do SERPRO / Emulador 3270

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Patrick03 em 23/07/2016 - 11:36h

Muito interessante! Estava procurando um glossário.

[2] Comentário enviado por DanielDutra em 30/07/2016 - 21:40h

Amigo muito obrigado é uma otima fonte para iniciantes extremos como eu. Você poderia me esclarecer umas duvidas?

- É correto eu afirmar que o hardware por sí só não tem utilidade alguma? digo o hardware sem o software não tem utilidade né pois ele não funciona sem um software para se comunicar com o usuario. Ou seja o computador sem um sistema operacional não tem utilidade né?

Um sistema operacional é tudo o que aparece no monitor dos computadores né. Porque se ligar um computador sem sistema nenhum ele só aparece uma tela preta?

Existe uma diferença entre sistema operacional e distribuição? Ou eles são sinonimos. Percebo que os usuarios windows chamam sistema operacional e os linuxers chama de distribuição. Isso se deve ao fato de existir uma variedade tão grande de sistemas linux que foi necessario adotar o termo distribuição para chamar os sistemas operacionais?

[3] Comentário enviado por CarlosAdriano em 30/07/2016 - 22:36h


[2] Comentário enviado por iniciantegnu em 30/07/2016 - 21:40h

Você poderia me esclarecer umas duvidas?


Sim.

Saudações, obrigado pelo comentário.
Vamos lá !

- É correto eu afirmar que o hardware por sí só não tem utilidade alguma?
https://pt.wikipedia.org/wiki/Hardware

Ou seja o computador sem um sistema operacional não tem utilidade né?
Concordo contigo viu...

Um sistema operacional é tudo o que aparece no monitor dos computadores né. Porque se ligar um computador sem sistema nenhum ele só aparece uma tela preta?
Não somente isso, antes do sistema operacional, pode aparecer a tela da SETUP BIOS por exemplo, confira:
https://pt.wikipedia.org/wiki/BIOS
https://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_operativo

Existe uma diferença entre sistema operacional e distribuição?
Uma Distribuição Linux, é um sistema operacional.
Um sistema operacional, pode ser ser windows, mac, linux, etc.

Percebo que os usuarios windows chamam sistema operacional e os linuxers chama de distribuição. Isso se deve ao fato de existir uma variedade tão grande de sistemas linux que foi necessario adotar o termo distribuição para chamar os sistemas operacionais?
- Windows -> sistema que a microsoft lança versões e vende para todo o mundo.
- Linux -> sistema sob licença GPL v.2 para que qualquer pessoa o possa utilizar, estudar, modificar e distribuir livremente de acordo com os termos da licença, por ser um sistema livre, existem várias "distribuições" do mesmo, daí o termo: distribuições ou simplesmente distro(s)
* usuários windows, na maioria das vezes nem sabem que existem outros sistemas operacionais, muito menos "distribuições Linux".

[4] Comentário enviado por ynorzinum em 01/08/2016 - 13:02h

Muito bom artigo, tá de parabéns!
Bem explicado e muito bom também para iniciantes no 'Mundo Linux', principalmente para aqueles que saíram recentemente do Windows.

[5] Comentário enviado por DanielDutra em 01/08/2016 - 22:02h


[3] Comentário enviado por Mr_Nobody em 30/07/2016 - 22:36h


[2] Comentário enviado por iniciantegnu em 30/07/2016 - 21:40h

Você poderia me esclarecer umas duvidas?


Sim.

Saudações, obrigado pelo comentário.
Vamos lá !

- É correto eu afirmar que o hardware por sí só não tem utilidade alguma?
https://pt.wikipedia.org/wiki/Hardware

Ou seja o computador sem um sistema operacional não tem utilidade né?
Concordo contigo viu...

Um sistema operacional é tudo o que aparece no monitor dos computadores né. Porque se ligar um computador sem sistema nenhum ele só aparece uma tela preta?
Não somente isso, antes do sistema operacional, pode aparecer a tela da SETUP BIOS por exemplo, confira:
https://pt.wikipedia.org/wiki/BIOS
https://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_operativo

Existe uma diferença entre sistema operacional e distribuição?
Uma Distribuição Linux, é um sistema operacional.
Um sistema operacional, pode ser ser windows, mac, linux, etc.

Percebo que os usuarios windows chamam sistema operacional e os linuxers chama de distribuição. Isso se deve ao fato de existir uma variedade tão grande de sistemas linux que foi necessario adotar o termo distribuição para chamar os sistemas operacionais?
- Windows -> sistema que a microsoft lança versões e vende para todo o mundo.
- Linux -> sistema sob licença GPL v.2 para que qualquer pessoa o possa utilizar, estudar, modificar e distribuir livremente de acordo com os termos da licença, por ser um sistema livre, existem várias "distribuições" do mesmo, daí o termo: distribuições ou simplesmente distro(s)
* usuários windows, na maioria das vezes nem sabem que existem outros sistemas operacionais, muito menos "distribuições Linux".



Obrigado pelas respostas Mr_Nobody você foi muito prestativo. Com suas respostas cheguei as seguintes conclusões.

1 - Um hardware computacional sem um software sistema operacional não tem utilidade para um usuario comum.
2 - Mesmo sem um sistema operacional o hardware ja vem pré instalado com um software que faz o reconhecimento da bios.
3 - Distribuição e sistema operacional são sinonimos. Portanto posso chamar sistema operacional gnu/linux opensuse, sistema operacional gnu/linux slackware etc... Cheguei a conclusão que distribuição é uma convenção para chamar os variados sabores de linux.

Obrigado.

[6] Comentário enviado por nicolo em 03/08/2016 - 13:31h

Artigo bem feito, didático, bom texto escolar.

[7] Comentário enviado por Exearg em 03/08/2016 - 17:40h

Boa tarde, amigos do Viva o Linux. Estou tentando instalar o Debian 7.11.0-CD-1 na minha máquina física, mas sem sucesso. Utilizo um pen drive bootável feito no programa Lili USB Creator; Aparece algumas mensagens de erro no inicio e final da instalação, mas o restante do processo segue sem problemas até o momento de reiniciar o sistema (onde ele pára de funcionar). Eu não sei se é incompatibilidade de hardware; necessidade de atualização da bios da minha placa-mãe ou algum equivoco meu na instalação. As configurações do meu pc são:
Placa-mãe Asus M3A78
CPU Athlon X2 Dual Core 7750, operando em 2,70Ghz;
Placa de video NVidia GeForce 9600GT 1G DDR3;
2x2G DDR2 OCZ PC8500 1066 platinium edition (CL 5-5-5-18), operando em 800Mhz;
HD Seagate 320Gb.

Ressaltando que eu tentei as duas instalações( 64 e 32 bits). Peço e aguardo sua ajuda. Obrigado e abraços.

[8] Comentário enviado por CarlosAdriano em 03/08/2016 - 19:46h


[7] Comentário enviado por Exearg em 03/08/2016 - 17:40h

Boa tarde, amigos do Viva o Linux. Estou tentando instalar o Debian 7.11.0-CD-1 na minha máquina física, mas sem sucesso. Utilizo um pen drive bootável feito no programa Lili USB Creator; Aparece algumas mensagens de erro no inicio e final da instalação, mas o restante do processo segue sem problemas até o momento de reiniciar o sistema (onde ele pára de funcionar). Eu não sei se é incompatibilidade de hardware; necessidade de atualização da bios da minha placa-mãe ou algum equivoco meu na instalação. As configurações do meu pc são:
Placa-mãe Asus M3A78
CPU Athlon X2 Dual Core 7750, operando em 2,70Ghz;
Placa de video NVidia GeForce 9600GT 1G DDR3;
2x2G DDR2 OCZ PC8500 1066 platinium edition (CL 5-5-5-18), operando em 800Mhz;
HD Seagate 320Gb.

Ressaltando que eu tentei as duas instalações( 64 e 32 bits). Peço e aguardo sua ajuda. Obrigado e abraços.


Saudações amigo !

Cara, eu não entendi uma coisa, porque você está tentando instalar uma versão antiga do Debian ???
O Debian já está na versão 8.5 talvez seja por isso a falha aí na instalação, alguma incompatibilidade da versão antiga, com teu hardware.

Baixa uma versão mais recente do Debian e instala
http://cdimage.debian.org/debian-cd/8.5.0/amd64/iso-dvd/

Aqui tem um tutorial bem mastigado ensinando como fazer o pendrive bootável no linux
https://www.vivaolinux.com.br/dica/Criar-um-pendrive-de-boot-do-Linux-Live-USB-via-terminal/


[9] Comentário enviado por Fabio_Farias em 04/08/2016 - 09:23h

Você deveria ter citado as fontes de onde copiou parte desse artigo. A Wikipedia é uma por exemplo.

[10] Comentário enviado por CarlosAdriano em 04/08/2016 - 20:00h


[9] Comentário enviado por Fabio_Farias em 04/08/2016 - 09:23h

Você deveria ter citado as fontes de onde copiou parte desse artigo. A Wikipedia é uma por exemplo.


Atualmente se publicarmos que banana é uma fruta, é necessario citar as fontes.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts