Gerando arquivos PDF em modo texto

Este arquivo serve para você aprender a converter arquivos .doc, .xls. ppt, .odt, dentre outros em pdf, via linha de comando, sem a necessidade de abrir o OpenOffice para isso. Muito útil para quem precisa converter tais arquivos via shell.

[ Hits: 36.047 ]

Por: Vinícius Pereira Gomes em 20/07/2007


Usando o Cups-PDF e OpenOffice para a conversão de arquivos



Agora é o pulo do gato. O que muita gente não sabe é que o OpenOffice possui comandos que podem ser usados no shell. Veja em:
Como sabemos, o OpenOffice gera arquivos PDF. O que vamos fazer então é imprimir um determinado arquivo com a impressora virtual criada. Para isto use o comando:

$ soffice -pt Cups-PDF arquivo

Obs: Lembre-se que Cups-PDF foi o nome dados à nossa impressora virtual.

Um outro fator importante é que após convertermos o arquivo para pdf, o mesmo vai para o diretório /var/spool/cups-pdf/usuário_logado.

Existe um arquivo chamado cups-pdf.conf que fica em /etc/cups e este arquivo seria o arquivo de configuração do cups-pdf. Dentre dele, por exemplo, tem a opção de determinarmos para qual diretório queremos que os arquivos pdf sejam gerados. Porém não consegui fazer funcionar, ou seja, mesmo setando neste arquivo o diretório default para onde os arquivos deveriam ser enviados e reiniciando o cups com o comando "service cups restart", após converter os arquivos para pdf os mesmos continuavam a ser enviados para o diretório /var/spool/cups-pdf/usuário_logado.

Obs: usuário_logado é o usuário que está logado no shell atual.

Desta forma resolvi criar fazer um script que resolve este problema, ou seja, definir um diretório padrão que é o /home/usuário_logado/pdf. É neste diretório que todos os arquivos que se deseja converter para pdf deverão ficar e é para ele também que os arquivos convertidos irão.

No shell, salve este arquivo com o nome desejado, torne-o executável com o comando "chmod 755 arquivo" e depois execute-o com o comando "./arquivo" (ponto barra e nome do executável).

Obs: Evite deixar o script dentro do diretório /home/usuário_logado/pdf, ou seja, de preferência sempre chame-o de outro local.

Após os arquivos pdf serem gerados, você pode abrí-los com algum aplicativo que abra arquivos pdf.

Uma outra alternativa é abrir os arquivos pdf via linha de comando com o comando:

$ acroread /home/usuário_logado/pdf/arquivo.pdf

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Instalando a impressora virtual com o Cups-PDF
   2. Usando o Cups-PDF e OpenOffice para a conversão de arquivos
   3. Script para mover os arquivos pdf para o diretório padrão
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Pós-instalação do Fedora 13 (F13) no Acer Aspire One (AA1)

Usando webcam no Ubuntu Linux

DJVU o formato que pode ameaçar o reinado do PDF

Udev - Funcionamento e Regras

Compilação, empacotamento, instalação e configuração do WINE-dev

  
Comentários
[1] Comentário enviado por abdala em 22/07/2007 - 11:59h

Vinícius, muito obrigado cara. Esta semana eu procurei feito louco uma solução como essa, e não achei. Acabei de seguir as suas dicas e funcionaram 100 %. Um única observação, seria que no meu /etc/cups/cups-pdf-conf o destino dos arquivos pdfs gerados já está indo, por default, para -> Out $ (HOME) /PDF . O engraçado é que fiquei procurando no /var/spool/cups-pdf/usuário_logado , e não tinha nada lá. Abri o arquivo de configuração do cups-pdf-conf e já estava direcionado para o /diretorio PDF do meu home. Imagina converter dezenas de documentos, (inclusive .DOC) na mão, pra PDF. O interessante é que converte com perfeição. Cara, vc quebrou o maior galhão. Muito obrigado e um grande abraço.

[2] Comentário enviado por viniciuspgomes em 23/07/2007 - 16:35h

Ok, que bom que funcionou.
Caso precise de mais alguma coisa é só falar...
Abraço...

[3] Comentário enviado por asdfull em 23/11/2008 - 01:59h

valeu pela dica! deu tudo certo!!!
att

[4] Comentário enviado por wendell77 em 01/12/2009 - 14:42h

Bacana a Dica.
Outra forma é criar uma macro: http://www.togaware.com/linux/survivor/Convert_MS_Word.html


Contribuir com comentário