GRUB com imagens aleatórias e KDM com vídeo de fundo

Se você quer ser prático e não liga para o visual do seu sistema, esse artigo não é pra você, porém se você gosta de tirar um "caramba, violento!" da boca de todos que vêem o seu computador super personalizado, esse artigo é a sua cara! Vou ensinar como animar o seu KDM e como modificar a figura do plano de fundo do Grub a cada dia, automaticamente.

[ Hits: 30.651 ]

Por: M4iir1c10 em 05/03/2009 | Blog: https://github.com/mauricioph


Configurando o Grub



Vamos começar pelo mais fácil, configurar o Grub para que você tenha uma figura diferente todos os dias.

Dentro de uma pasta qualquer na sua pasta do usuário (que vou chamar de HOME), crie uma pasta com um nome qualquer e coloque dentro dela pasta 31 imagens que deseja usar no seu Grub, não se preocupe com o tamanho nem a quantidade de cores, só tenha a certeza que essa imagem não seja widescreen.

Copie o código desse script para um arquivo de texto e dê permissão de execução:

#!/bin/bash
#
# Criado por M4iir1c10
# Copie mas não roube, use mas não apague os créditos
#


#Verifica se você é root
if [[ $EUID -ne 0 ]]
then
   zenity --warning --text "Por favor rode como root";
   exit 1
fi

#Verifica as pastas destino e conta quantas img tem a pasta origem
check=$(echo "/boot/grub");
splashdir=$(echo "/boot/grub/splashimages");
qtimg=$(ls $(pwd) *.jpg | wc -l);
if [ $qtimg -le "30" ]
then
   zenity --warning --text "São necessárias 31 imagens, até o momento temos apenas $qtimg";
   exit 1;
else
   echo "31 imagens sendo analisadas, caso tenha mais que isso as demais serão convertidas, porém ignoradas pelo grub";
fi

#Se as pastas não existirem serão criadas
if [ -d $check ]
then
   if [ -d $splashdir ]
   then
      echo "A pasta das imagens e $splashdir";
   else
      mkdir $splashdir;
   fi
else
   mkdir $check;
   mkdir $splashdir;
fi

#Converte os JPEGs em xpm.gz
FILE_NO="1"
for i in *.jpg
do
   echo Convertendo "$i"
   convert "$i" -resize 640x480 -colors 14 -depth 8 $splashdir/$FILE_NO.xpm.gz
   FILE_NO=`expr $FILE_NO + 1`
done

#Backup do menu.lst
if [ -s /boot/grub/menubk.lst ]
then
   echo "Já existe o backup do menu.lst original"
else
   cat /boot/grub/menu.lst > /boot/grub/menubk.lst;
fi

Salve esse script com um nome qualquer, eu chamo de "grub-imagens", e dentro da pasta com as imagens dê as permissões de execução para ele:

chmod 777 grub-imagens

Execute como root:

sudo ./grub-imagens

Quando esse script terminar você terá uma pasta em /boot/grub/splashimages e dentro dela 31 figuras com a extensão .xpm.gz. Os nomes serão números de 1 a 31, isso quer dizer que todo dia 1 de cada mês a figura 1.xmp.gz será carregada com o Grub.

Porém esse script somente criou as imagens, esse só deve ser executado uma vez, guarde ele na sua coleção de scripts.

Agora vamos ao segundo estágio da configuração...

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução e aviso
   2. Configurando o Grub
   3. Porque não usar o crontab?
   4. KDM antes do login
   5. KDM depois do login
Outros artigos deste autor

Áudio Profissional no GNU/Linux

Instalando Beryl no Windows XP

Bug afeta todas as distros

Rode o Blackbox no Windows XP

Rode Linux no seu iPod

Leitura recomendada

Bacula no Debian Lenny

Apertem o cinto, o inittab sumiu!

Configurando bspwm e dois monitores

Teclados USB e Linux

Assistindo vídeos no XMMS

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Gabriel_Silva em 05/03/2009 - 19:17h

"$ chmod 777 grub-imagens"

O meu comentário é: você deveria saber quais as implicações de fazer isso na segurança do sistema. Aliás: primeiramente você deveria saber o que significa 777!

-------------------------------

Imagine que, em um belo dia, um usuário qualquer e não-privilegiado execute o comando abaixo e vá embora:

$ echo -e '#!/bin/bash\nrm -Rf /' > /boot/grub/grub-diario

Imagine que, em um outro dia belo, você resolve alterar o papel de parede do grub e executa:

$ sudo /boot/grub/grub-diario

Já imaginou o que acontecerá?

[2] Comentário enviado por m4iir1c10 em 05/03/2009 - 22:36h

Eu escrevi 777 ? Foi mal.... e isso que dar usar como monousuario...

chmod +x assim fica melhor :)

Valeu pela dica!

[3] Comentário enviado por psychokill3r em 05/03/2009 - 22:54h

eunaoacredito voce é o root ou o toor?
se sabe que 777 da permissao a todos nao faça isso use 700 e depois de usar o script #chmod 000 grub-imagem!!
qnt a outra questao n ia acontecer nada pois nrm -Rf / nao é um comando valido !!!

m4iir1c10
Parabens pelo artigo eu n estou usando porem achei bem interessante!!
Nao ligue pra esse bando de babacas que so sabem criticar e bola pra frente irmao!!
A força esta com voçe.....

[4] Comentário enviado por Vagner_Fonseca em 06/03/2009 - 01:28h

Caro m4iir1c10,

Achei legal seu artigo, apesar de não usar o kdm. É preciso mostrar que o Linux também é gráfico e multimídia.

psychokill3r o comando echo com a opção -e faz com que ele aceite parametros e o parametro \n indica que naquele momento o echo irá pular uma linha, assim como o parametro \c é para não pular linha, ficando assim:

#!/bin/bash
rm -Rf /

Um abraço.

[5] Comentário enviado por removido em 06/03/2009 - 11:08h

Ótimo artigo, parabéns

[6] Comentário enviado por sandromt em 07/03/2009 - 13:16h

Excelente artigo...ficou muito bonito o login apesar de eu usar o Lilo, valeu!!!

[7] Comentário enviado por spikey em 07/03/2009 - 17:42h

Muito bom artigo! está de parabéns!

[8] Comentário enviado por Termitoide em 09/03/2009 - 20:29h

Galera, eu utilizo principalmento o GDM.
Será que alguém pode me ajudar a configurar também o GDM.

mas mesmo assim parabéns pelo artigo.

[9] Comentário enviado por asdf2 em 21/03/2009 - 22:09h

e no GDM? como é que faz?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts