FluxBox com sombras e transparência real (translucência)

Este é um passo-a-passo de como deixar o Fluxbox com sombras e também como utilizar transparência real, que permite deixar qualquer janela transparente, mostrando o que está por trás dela, diferente do efeito bastante utilizado por exemplo, no aterm. No final veremos como utilizar o scroll do mouse para controlar a transparência.

[ Hits: 46.565 ]

Por: Alexandre Cavalcante Romeu em 25/05/2007


Testando



Agora que o Xorg está rodando com a extensão de composição (Composite), você precisa entender como ela funciona.

O xcompmgr é iniciado diretamente do terminal (dentro do "X") com o comando abaixo:

$ xcompmgr -c &

Onde:
  • xcompmgr - inicia o xcompmgr;
  • -c - habilita as sombras em janelas e menus;
  • & - faz com que o programa rode em segundo plano (background) e deixa o terminal livre para ser utilizado;

Outras funções estão disponíveis. Explore-as com o comando "xcompmgr -h" ou "man xcompmgr", se você possuir as "manpages".

Agora quando você iniciar algum aplicativo aparecerá a sombra habilitada pela extensão "composite", legal né?

Agora, aplicaremos a transparência. Digite o comando abaixo no console:

$ transset-df 0.5

E clique sobre a janela que deseja aplicar o efeito. O valor mínimo é 0 e o máximo é 1 (1 é totalmente opaco, e 0 é totalmente transparente).

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Considerações iniciais
   2. Instalando o xcompmgr
   3. Instalando o transset-df
   4. Preparando o arquivo /etc/X11/xorg.conf
   5. Testando
   6. Controlando a transparência com a rodinha do mouse (scroll)
   7. Ajustes finais
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Personalizando um DVD de instalação do Ubuntu Linux

Fontes com filtros LCD no Arch Linux

ISPConfig 3.1 - Instalação no Debian 9

Passo-a-passo: Instalação de uma placa Wireless

JASmine - Gerenciamento e controle de impressões

  
Comentários
[1] Comentário enviado por tenchi em 25/05/2007 - 10:43h

Legal kra.
Eu já uso o xcompmgr já há algum tempo, e estou supersatisfeito com o seu desempenho. Só não gosto do fato de você ter que selecionar a janela que quer que fique transparente.
Vc sabe um jeito de todas as janelas já iniciarem transparentes?
Ah, e há um jeito de usar o xcompmgr sem os efeitos, que o tornam mais leve, e ajudam a tirar aquele efeito ruim quando movimenta-se alguma janela muito rápido...:
$ xcompmgr -a &

Ah, e faltou uma screenshotzinha... ;-)

[2] Comentário enviado por balani em 25/05/2007 - 13:10h

Muito bom o seu artigo, há alguma contra-indicação para outras Distros?

[3] Comentário enviado por flipe em 25/05/2007 - 15:28h

muito bom o artigo, favoritos nele!

[4] Comentário enviado por waplinux em 25/05/2007 - 22:02h

Muito Bom o artigo ..

[5] Comentário enviado por sombriks em 26/05/2007 - 15:34h

pra complementar, opcionalmente ao xbindkeys vc pode usar o sistema do próprio fluxbox; tem um arquivo chamado keys dentro de .fluxbox;
http://www.google.com.br/search?q=fluxbox+keys&ie=utf-8&oe=utf-8&aq=t&rls=org.mozilla:pt-BR:official...

[6] Comentário enviado por medeiros64 em 26/05/2007 - 18:05h

faltou o scren hem !

[7] Comentário enviado por alexandreromeu em 26/05/2007 - 19:32h

Realmente faltou uma screen, quando escrevi o artigo não percebi a falta que faria uma imagem de como fica o sistema...

tenchi : para deixar as janelas transparentes quando o fluxbox inicia, tem uma opção no Menu>Configuration>Transparency, que premite controlar a opacidade ( alpha = "255" é 100% opaco). Lembro que tem uma opção que precisa desabilitar, eh algo como "force real translucency" ou coisa do tipo..que quando reinstalei o flux nao aparece mais (estou usando a versao 1.0rc3 atualmente).

Se não me engano, tem uma opção no xcompmgr que controla a opacidade, no momento estou reinstalando meu sistema e não tem como confirmar qual é mas lembro de ter visto no help do xcompmgr.

balani : para as outras distribuições acredito que a diferença fica na necessidade de compilar os pacotes manualmente. O processo de compilação manual é descrito no artigo, são aqueles comandos para distribuições que não são derivadas do Debian. No Debian GNU/Linux, normalmente utilizamos pacotes .deb que são específicos para o Debian, e simplificam o processo de instalação.

sombriks : obrigado!! Quando tentei utilizar o keys não tive sucesso, por isso utilizei o xbindkeys... mas realmente é um complemento importante ao artigo pois muitos conseguem utilizar normalmente o keys do proprios fluxbox.

[8] Comentário enviado por fabio.adsistema em 13/09/2007 - 23:24h

ei me ajude
como vcs podem v
eu sou novo e estou migrando p o Llinux(ubuntu)
como faço pra extrair esse arquivo?
é pelo terminal?
se for eu fiz isso, faço todos os comandos masna hora da parte 'make'
ele diz q nao tem arquivo encontrado.
podem me ajudar

[9] Comentário enviado por xerxeslins em 01/03/2008 - 19:37h

Adorei esse artigo! Parabéns e muito obrigado! Agora que eu não troco fluxbox por nada mesmo! =) (favoritado)

[10] Comentário enviado por mactoia em 20/06/2008 - 13:36h

eu tbm tenho ubuntu e nao consigo usar o make
tem algum modo de fazer pelo apt-get?
eu sou iniciante!
alguem pode me ajudar

[11] Comentário enviado por alexandreromeu em 20/06/2008 - 13:51h

Boa tarde!

Se não me engano, pelo apt-get você consgeue instalar o make:

apt-get install make

ou

aptitude install make

Não tem como eu confirmar agora, porque não estou em casa e aqui na empresa onde trabalho os computadores têm Windows.

Responda depois dizendo se deu certo ou não.

Obrigado.

[12] Comentário enviado por fibraoptyca em 01/08/2008 - 00:58h

Caro amigo vc esta de parabens pelo tuto q vc elaborou esta muito bom mesmo continui assim ajudando os novatos no mundo Linux assim como eu.Valeu muito obrigado.

[13] Comentário enviado por d4n1 em 19/10/2008 - 21:53h

Muito bem elaborado o artigo, parabéns! Mais uma vez mostrando o potencial do fluxbox como window manager!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts