fstab - Sua função e parâmetros

Dentre os vários ficheiros de configuração do GNU/Linux, temos o fstab, que é um dos mais importantes para o nosso sistema funcionar. Pretendo com este artigo ajudar aqueles que, como eu, já precisaram editar este arquivo e ficaram com algumas dúvidas.

[ Hits: 273.667 ]

Por: Emerson Lombardi Machado em 14/09/2006 | Blog: http://esnotec.blogspot.com


Coluna 5



Coluna 5 - Esta coluna é a opção de dump do sistema, que nada mais é do que um utilitário de backup do sistema. O dump "lê" aqui o número e decide se o sistema deve ou não ser feito backup. Se estiver 0 (zero), o dump simplesmente ignora o disco/partição.

Coluna 6 - Esta coluna é utilizada pelo fsck para a verificação dos discos/partições. Partições/discos de sistema normalmente tem esta opção como 1, outras partições do sistema como 2. Sistemas de arquivos no mesmo disco são verificados sequencialmente, enquanto que sistemas de arquivos em discos diferentes são verificados ao mesmo tempo, utilizando a função de paralelismo (se o hardware permitir). Se colocar esta opção como 0 (zero), o fsck conclui não ser necessário a verificação aqui.

Conclusão


Espero ter demonstrado aqui de forma clara e objetiva as opções básicas do fstab. Como disse no decorrer do artigo, ao consultarem a página de manual do "mount" verão que existem muito mais opções. Aqui temos o básico e necessário para o dia-a-dia.

Peço desculpas por algum erro no artigo ou pela linguagem utilizada (sim, é o meu primeiro artigo no VOL).

Aconselho a lerem os seguintes artigos:
Do mais obrigado ao VOL pela ajuda e conhecimento passado a nós nesses anos todos.

Um abraço a todos.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Colunas 1, 2 e 3
   3. Coluna 4
   4. Coluna 5
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Montar e Criptografar HD Externo

Sistemas de arquivos para GNU/Linux

Configuração de Servidor NFSv4 no CentOS 6

Linux - Manipulando partições de disco

Backup fácil de seus arquivos com o Backintime

  
Comentários
[1] Comentário enviado por K1LL -9 em 14/09/2006 - 01:43h


Simples, rápido e objetivo.
Muito bom ...
Eu gostei.

[2] Comentário enviado por brpemerson em 14/09/2006 - 05:23h

Valew K1ll -9!!
Quando escrevi pensei nisso - ser objectivo.
Obrigado

[3] Comentário enviado por pedemesa em 14/09/2006 - 10:08h

Muito bom o artigo... muito útil, vou encaminhar... vale a pena!

[4] Comentário enviado por fernando_ba em 14/09/2006 - 11:23h

Olá!?

Parabéns pelo artigo cara, como disseram aí em cima, bastante objetivo!!! e já estará na minha lista de favoritos :). Mas acho que talvez tenha um pequeno erro aí no tópico 3, pois quando você fala de "user/nouser" afirma que o default é o "user", e no final quando você trata de defaults afirma que o "nouser" é o padrão. Dá uma olhada aí e veja se é isso mesmo...

parabéns!

abraço

[5] Comentário enviado por brpemerson em 14/09/2006 - 12:55h

Fernando, é verdade, li tantas vezes e nao vi... o default é nouser, desculpem :D

E obrigado pela correcção e pelos elogios.

[6] Comentário enviado por insabralde em 14/09/2006 - 16:39h

Muito bom artigo, mas faltou um ponto muito importante:
-Permissão ao usuário comum para leitura, escrita e execução (rwx) em partições reiserfs, ntfs e fat32.
Falar em FSTAB e não tocar neste assunto é muito raro, na internet existem diversos foruns discutindo isso, mas quase nenhum tem a resposta certa para essa pergunta. Caso vc possa responder essa pergunta de maneira clara e objetiva, eu e mais uma grande qtde de usuários Linux ficariamos muito felizes.
Um abraço e até mais.

[7] Comentário enviado por x em 14/09/2006 - 16:42h

LEGAL CARA MUITO BOM O TEU ARTIGO !!!!!

[8] Comentário enviado por p.moraes em 14/09/2006 - 16:52h

Parabens pelo artigo cara, ja tive alguns problemas montando particoes smbfs que poderia ter evitado se ja tivesse o lido heheh

[9] Comentário enviado por balani em 15/09/2006 - 11:21h

Muito legal e util, vlw

[10] Comentário enviado por Raptor em 16/09/2006 - 13:16h

Muito útil este artigo, parabéns!

[11] Comentário enviado por sghat em 17/09/2006 - 10:43h

otimo artigo..
sei que aqui não é lugar de duvidas, mas se puder me ajudar...
editei meu fsatb erroneamente, meu hd é montado como hdd eu editei para hda...
agora o sistema nao inicia, mas me possibilita logar como root na inicialização[em modo texto] para corrigir a falha
sabe como posso mudar isso?
obrigado!

[12] Comentário enviado por jairus em 25/10/2007 - 11:05h

Amigo !!


Parabéns pelo artigo, me ajudou muito.


Abraços
Jairus Lopes

[13] Comentário enviado por red_slack em 02/11/2007 - 21:22h

Parabens cara, era isso mesmo que estava procurando.


Parabens mesmo, valeu

[14] Comentário enviado por zoroastro em 05/01/2008 - 18:53h

?comentario=gostei do artigo cara

parabens :)

[15] Comentário enviado por templuseletronic em 04/06/2008 - 08:18h

?comentario=
artigo bem simples mas muito bem esclarecido, parabéns

[16] Comentário enviado por NewWave em 30/12/2008 - 14:49h

Foi com você, Lombardi!!!

É por isso que o Linux cada dia é mais sucesso. Porque tem desses caras pra ajudar a galera leiga!
Valeu meu chapa! Um grande 2009 pra você, com muitas recompensas pelo seu trabalho valoroso.

Fabiano Vasconcelos

[17] Comentário enviado por wesllay em 28/02/2009 - 16:54h

Parabens cara, estava fazendo uma pequena pesquisa para tirar uma dúvida e
seu artigo completíssimo me esclareceu não só minha dúvida, mas me ajudou
a aprender mais algumas coisas.

Parabens mesmo, abraço.

[18] Comentário enviado por ramon.rdm em 02/04/2009 - 13:51h

cara estava precisando saber como funcionava o fstab rapidamente para colocar um servidor no ar!
Seu artigo ficou otimo!
Facil de entender e Objetivo!
Parabens e obrigado!

[19] Comentário enviado por removido em 31/01/2011 - 22:16h

Gostei muito do artigo, muito completo.

[20] Comentário enviado por cytron em 13/05/2011 - 08:04h

Só uma ratificaçãozinha...

No artigo consta que "users" é default, na verade o correto é "nousers".

[21] Comentário enviado por brpemerson em 13/05/2011 - 08:13h

Vou alterar o artigo, porém esta foi uma mudança de padrões, pois quando escrevi o artigo o padrão era "users".
Valeu pela dica Cytron.

[22] Comentário enviado por fmori1962 em 15/04/2013 - 08:58h

Srs,

O artigo explana basicamente o que é, porém não diz como fazer e porque fazer.

Pensemos:

Tenho 1 disco qualquer formatado e instalado meu SO linux, ai desejo criar uma partição adicional e montar ela para que consiga ter mais espaço para usar meu banco.
Ai é que esta o problema.

Como fazer isso? de que forma fazer

Ai o que escreveu esse artigo deve não só mostrar, mas ensinar o usuário que começou agora ou aqueles que entendem disso.

1) criei a particao
2) montei a particao
3) adicionei no arquivo fstab
4) Apliquei um boot ou nao
5) finalizei com um df -k ou df -h

e isso
abrs

Fernando

[23] Comentário enviado por brpemerson em 15/04/2013 - 09:19h

fmori1962, respeito sua opinião, entretanto, o título do arquivo é: fstab - Sua função e parâmetros

E não: "Como montar automaticamente uma nova partição pelo fstab"

No artigo foi descrito exatamente o proposto pelo título, a função e os parâmetros do fstab.

Porém, fica a dica, escreva um artigo com a sua própria sugestão, com certeza irá complementar muito bem o meu artigo, assim ajudamos vários utilizadores.

Abraço!

[24] Comentário enviado por thais.soares@ em 13/07/2015 - 10:46h

Artigo mega útil!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts