ExtJS: Um excelente framework de JavaScript

O ExtJS é um framework inicialmente derivado do YUI (Yahoo! User Interface) capaz de facilitar e muito o desenvolvimento de interfaces elegantes, funcionais e dinâmicas para páginas web e sistemas web-based. Neste artigo serão abordados a história, características e principais funcionalidades deste framework.

[ Hits: 36.445 ]

Por: EVERTON DA ROSA em 04/01/2009 | Blog: http://everton3x.github.io


Conceito e história



O EXT JS é um framework JavaScript criado originalmente como uma extensão do YUI (Yahoo! User Interface). Na época de sua criação, chamava-se yui-ext, funcionando junto ao YUI, que era a base. Por ser uma extensão do YUI, o yui-ext não funcionava sem ele.

O EXTjs é um software de código livre criado por Jack Slocum, disponibilizado sob a licença LGPL, porém pode ser comprado para vir com uma outra licença não-livre, caso seja preciso, e também há como adquirir apenas o suporte pago do EXTjs o que dá direito, além do suporte via fórum, e-mail, telefone e onsite (dependendo do nível de associação), o acesso ao SVN do EXTjs onde estão as versões de desenvolvimento do EXTjs e as correções ainda não liberadas publicamente.

Com o desenvolvimento do yui-ext, foram sendo incorporados diversos adapters (adaptadores), que funcionavam de ponte entre o yui-ext e outros Frameworks de JavaScript: o Prototype e jQuery.

Com o crescente e rápido reconhecimento entre os desenvolvedores como uma extensão rica em funcionalidades e componentes de interface acrescentando valor aos mais conhecidos Frameworks de Javascript (YUI, Prototype e jQuery), o seu desenvolvimento foi ganhando em colaboradores e velocidade. Assim, sucederam-se várias versões 0.x do yui-ext, antes de ser lançada a versão 1.0 final onde seu nome foi alterado para EXT JS, demonstrando que ele já não era apenas uma extensão para o YUI.

A próxima release lançada foi o EXTjs 1.1, sendo que, a partir dessa versão houve um salto tornando-o um verdadeiro Framework de JavaScript ou Ajax Framework e não mais limitado a ser apenas uma extensão para outros Frameworks, apesar de ainda poder ser usado assim.

A partir da versão 1.1.1 o EXTjs passou a ser oficialmente suportado pelos navegadores Microsoft Internet Explorer 6+, Mozilla Firefox 1.5+, Apple Safari 2+ e Opera 9+ e extra-oficialmente com o Konqueror, Galeon, Ice Weasel, Mozilla, Netscape e provavelmente outros.

Após a série 1.1, começou a ser desenvolvido o EXTjs 2.0, trazendo várias funções e componentes básicos completamente remodelados para trabalhar com mais eficiência e códigos menores.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Conceito e história
   2. Características
   3. Principais funcionalidades
Outros artigos deste autor

Funções da categoria Miscelânea do PHP

Utilizando endereços personalizados no seu servidor web: passo-a-passo

Qual o valor de seu trabalho

SliTaz: Mini-review desta mini-distribuição Linux

SLiM: Simple Login Manager - Mini review

Leitura recomendada

Como minimizar CSS e Javascript via linha de comando

Listar dados em MySQL utilizando PHP e AJAX (parte 1)

Web sites dinâmicos com Ajax + JSP + MySQL

MathML - Mathematical Markup Language

W3C - World Wide Web Consortium

  
Comentários
[1] Comentário enviado por cesperanc@ em 04/01/2009 - 17:44h

Parabéns pelo artigo... Eu já utilizo este toolkit à cerca de um ano e posso garantir que funciona muito bem para a criação de Rich Internet Applications.

[2] Comentário enviado por phpricardo em 04/01/2009 - 19:19h

windows? Oo

[3] Comentário enviado por edsonmsj em 05/01/2009 - 00:15h

Só não entendo uma coisa, algum anos atrás usava-se muito javaScript esta prática foi abandonada, por deixar páginas inseguras e incompatíveis entre browsers, agora voltou com nome de AJAX e os mesmos problemas retornaram, existem páginas que não consigo abrir no Firefox, Opera etc... pois uso o Linux, e no Ruindows vírus se instalam automaticamente, gostaria de sabem se não existem outras opções, e se deixar páginas com alguns efeitinhos compensam o transtorno?

[4] Comentário enviado por nandodutra em 05/01/2009 - 10:16h

Parabéns pelo artigo, vai ajudar a popularizar o ExtJs. Eu já faço uso dele a pouco mais de 1 ano, é ótimo para desenvolvimento de Aplicativos para Web.

[5] Comentário enviado por nandodutra em 05/01/2009 - 10:24h

edsonmsj, acontece esse problemas que vc citou acima quando os desenvolvedores não fazem a aplicação se preocupado com o CROSS-BROWSER, mas o ExtJs é CROSS-BROWSER, vai funcionar em uma inifinidade de navegadores. E outra coisa AJAX não é javascript ou linguagem de programação, AJAX é uma forma de se programar em javascript.

[6] Comentário enviado por vsmoraes em 05/01/2009 - 10:25h

@edsonmsj, problemas de incompatibilidade, estabilidade e/ou velocidade ainda ocorrem, e não só se tratando de JavaScript. Esses problemas ocorrem em qualquer linguagem de programação.
O que ocorreu de uns anos (?) pra cá foi o amadurecimento dos desenvolvedores, basta ver a diferença entre sites de hoje e os de 3-6 anos atrás.
Tendências surgiram, padrões chegaram para melhorar tudo. Antigamente quando alguém começava a fazer uma página web, a primeira coisa que colocava era aqueles efeitos pré-existentes no Frontpage ou algumas frescurinhas achadas na web. Hoje isso mudou, vejo mais e mais pessoas preocupadas com padrões e a mania "tableless" fez com que o CSS desse uma guinada de forma genial.
Com tudo isso ocorrendo, o JavaScript também tomou novas formas. Hoje ele deixou de ser uma mera ferramenta de criação de "efeitinhos" e passou a ser uma poderosa ferramenta para a manipulação de dados (Ajax), sem deixar suas propriedades já existentes.

[7] Comentário enviado por edsonmsj em 05/01/2009 - 11:19h

Aproveitando para perguntar novamente, existem outra opção ao javaScript?

Tenho lido alguns artigos sobre Java, CSS e Java2D para manipulação de gráficos WEB, que garante 100% de compatibilidade entre browsers e com desempenhos e flexibilidade bem maiores que javaScript + Java(AJAX) "apesar de não ser tão simples de programar como o javaScript isto é para quem sabe Js", gostaria de saber se alguns de vocês já usaram e qual foi a impressão?

[8] Comentário enviado por vsmoraes em 05/01/2009 - 14:26h

@edsonmsj, opção com a mesma integração que JavaScript + HTML + XML + PHP/ASP/PYTHON não existe.
Qualquer outra vai usar plugin, vide java applet ou flash.
A única linguagem client-side com suporte nativo em 100% dos browsers é o JavaScript.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts