Explicando DHCP passo a passo

Pretendo neste artigo explicar como funciona um servidor DHCP. Essa matéria é importante para aqueles que estão iniciando em Linux e pretendem montar um servidor DHCP em sua rede. Aos usuários avançados, nada de novo a acrescentar.

[ Hits: 54.319 ]

Por: Marcelo Corrêa em 02/08/2007


Instalação e configuração do DHCP



No Debian 4.0 será preciso instalar o pacote DHCP. Este pacote é desenvolvido e mantido pelo Internet Software Consortium (http://www.isc.org). Além do código fonte é possível também se obter o software no formato binário para outras distribuições GNU/Linux (Red Hat, SuSE, Slackware e outras). Maiores detalhes sobre o estágio atual de desenvolvimento do DHCP podem ser encontrados em:
O primeiro passo é realizar a instalação do pacote DHCP:

# apt-get install dhcp

O comando apt-get fará o gerenciamento do software: instalação, verificação, remoção e dependências. Vamos editar e estudar linha a linha o arquivo de configuração: /etc/dhcpd.conf.

default-lease-time 300;
max-lease-time 3600;
option subnet-mask 255.255.255.0;
option broadcast-address 255.255.255.255;
option routers 192.168.0.1;
option domain-name-servers 200.204.0.10, 200.204.0.138;
option domain-name "exemplo.rede.br";

subnet 192.168.0.0 netmask 255.255.255.0 {
   range 192.168.0.50 192.168.0.100;
}

Explicando linha a linha:

default-lease-time 300;

Servidores DHCP fornecem endereços sob pedido por um tempo pré-configurado.No exemplo será fornecido o endereço IP por 300 segundos ou 5 minutos.

max-lease-time 3600;

Caso o cliente solicite um tempo maior, o tempo máximo permitido será de 3600 segundos (1 hora).

option subnet-mask 255.255.255.0;

Esta opção define a máscara de subrede a ser fornecida aos clientes.

option broadcast-address 255.255.255.255;

Esta opção define o endereço de envio para requisições de broadcast.

option routers 192.168.0.1;

O cliente, além do número IP, recebe também a informação do número do equipamento que é o gateway de sua rede.

option domain-name-servers 200.204.0.10, 200.204.0.138;

Esta opção lista os servidores de nomes (DNS) a serem utilizados para resolução de nomes, em meu caso, utilizei os dns da Telefônica.

option domain-name "exemplo.rede.br";

Esta máquina pertence ao domínio exemplo.rede.br, nosso exemplo.

subnet 192.168.0.0 netmask 255.255.255.0 {
   range 192.168.0.50 192.168.0.100;
}


Esta opção lista a subrede à qual o equipamento pertencerá e a máscara de rede a ser utilizada. Em seguida encontra-se a faixa de endereços IP que pode ser fornecida pelo servidor DHCP aos seus clientes. A linha indica que podem ser fornecidos endereços na faixa de 192.168.0.50 a 192.168.0.100.

Uma vez criado o arquivo /etc/dhcpd.conf, conforme as características da rede em questão, resta reativar o daemon dhcpd:

# /etc/init.d/dhcp3-server restart

Servidor pronto!

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Serviços DHCP no servidor e clientes
   2. Instalação e configuração do DHCP
   3. Configuração do cliente
Outros artigos deste autor

A importância do Linux no Exército

Instalar programas no Linux é mais fácil?

Bluetooth no Debian 4.0

Leitura recomendada

Configuração de um servidor VPN com OpenVPN e chave estática

Lubuntu, um Ubuntu mais Leve!

Turbinando o Openbox nativo do Debian 10 LXDE

Configurando Resolução de Vídeo e Taxa de Atualização via Terminal

Vodafone Mobile Connect Card driver - Um excelente software para modems 3G

  
Comentários
[1] Comentário enviado por wallisonrm em 02/08/2007 - 10:53h

mano...
muito bom este artigo...
parabéns!

[2] Comentário enviado por TSM em 02/08/2007 - 11:54h

Parabéns, muito bem explicado.

Valeu...

[3] Comentário enviado por carlos_bauer em 02/08/2007 - 12:48h

Legal o artigo!
Simples, direto e de fácil entendimento.
Parabéns!

[4] Comentário enviado por altairmsouza em 02/08/2007 - 14:09h

exercitobr,

no Debian Sarge 3.1, fiz assim no servidor:

# apt-get install dhcp3-server

Qual a diferença entre:

# apt-get install dhcp

?


Valew

[5] Comentário enviado por engos em 02/08/2007 - 14:14h

Estou muito decepcionado com o artigo.

Pela introdução esperava algo comentando sobre o protocolo, as camadas e sua influência com DHCP, mas alem de não ver nada disso, ainda me deparei com alguns erros, como você dizer que iria apontar as vantagens do modo fixo e só comentou "desvantagens", as quais são vantagens quando se trata de servidores, que foi a razão pela qual você disse estar usando do Debian 4.

Bem, tirando vários desses detalhes, você não fez nada que já não tenha tão bem feito em forma de perguntas, ou em outros artigos.

Mas não desanime, espero que aceite esse meu ponto de vista de forma construtiva.

[6] Comentário enviado por shocker em 02/08/2007 - 16:03h

Bom artigo amigo.
Parabéns.

[7] Comentário enviado por tuxSoares em 02/08/2007 - 23:27h

Nao eh querendo desmerecer seu trabalho mas ficou pouco explorado a configuracao do servidor dhcp, como configurar muitos ranges, sempre entregar os mesmo ip para um MAC especifico entre outras milhoes de coisas que pode se fazer com um DHCP.

Mas te parabenizo pela iniciativa.

Grande abraço.

[8] Comentário enviado por thelinux em 03/08/2007 - 11:07h

parabéns

[9] Comentário enviado por Leandro Ferreira em 03/08/2007 - 12:49h

Muito esse artigo mesmo...
Ajudou mto...
Obrigado...

[10] Comentário enviado por exercitobr em 03/08/2007 - 14:08h

altairmsouza, a diferença entre os dois comandos é a versão do DHCP, e os dois estão disponiveis nos repositórios do Debian.
Quando usamos o apt-get install dhcp - estamos usando a versão 2 do DHCP .
Agora quando usamos o comando apt-get install dhcp3-server é a versão 3.
Bom, na prática, quando você usa a primeira opção que mostrei, o arquivo de configuração você encontrará em /etc/dhcpd.conf , já na segunda opção, você encontrará em /etc/dhcpd/dhcpd.conf .
Quanto ao funcionamento técnico e outras diferenças de uma lida nesse link: http://www.isc.org/index.pl?/sw/dhcp , pois o assunto é um pouco longo. Um abraço.

[11] Comentário enviado por exercitobr em 03/08/2007 - 14:21h

Comentário do responsável por este artigo:

Eu termino a introdução deste artigo com a frase: "Aos usuários avançados, nada de novo a acrescentar. "

Para aqueles que gostaram do artigo e colocaram em seus "favoritos" a idéia é essa, ajudar, e podem contar com futuros artigos, simples, como devem ser.

Para aqueles que se decepcionaram e esperavam maiores informações, será alvo de futuros artigos.

O assunto DHCP é vasto, mas deve começar pelo começo, e a idéia é criar "artigos" e não "Bíblias" sobre o assunto.
Agradeço aos comentários postados e aguardem novos artigos sobre este tema e com certeza mais profundos, mas simples como a vida deve ser. Um abraço a todos.

[12] Comentário enviado por altairmsouza em 04/08/2007 - 08:59h

exercitobr,

Obrigado por sua explicacao.

Pelo seu artigo parabens; como nao existe um nivelamento de conhecimentos é normal os mais experientes criticarem ao verem algo que para eles é muito simples, nao os culpo "Jesus Cristo nao agradou a todos"

Continue na luta, se alguem de alguma forma se beneficiou de seu artigo como eu, acredito que ja valeu a pena a publicação.

valew

[13] Comentário enviado por mastellaro em 11/08/2007 - 19:39h

Kra... parabéns pelo seu artigo... é uma excelente ferramenta para quem está começando, e para os mais velhos, é interessante, pois sabemos que esse artigo faz parte de um trampolim para iniciantes se tornarem bons contribuidores.

Pena que tem gente que tem um pensamento diferente.... gente como essa nao deveria fazer parte do mundo linux.. que é exatamente isso.. troca de informaçoes.... mas devemos ter paciencia, pois tem gente que possui "mais conhecimento" e ja deve até ter nascido sabendo muitas coisas...

Parabéns pelo artigo...

[14] Comentário enviado por may_con em 19/09/2007 - 17:41h

Cara muito bom artigo....sou novo por aqui é você tem razão é bom começar pelas coisas mais simples....

Grande abraço

[15] Comentário enviado por lipecys em 21/09/2007 - 13:47h

Valew a dica, muito bem explicado...........

[16] Comentário enviado por felipe_pepii em 02/04/2008 - 10:34h

Otimo artigo!

parabens.

[17] Comentário enviado por botinha em 11/01/2009 - 14:59h

Olha artigo muito, como eu procurava algo como básico para iniciar no mundo do dhcp, este artigo está bem explicado. Parabéns e esperoq eu venha outros com a mesma qualidade.

Valeuu


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts