Esqueça tudo e venha para o Linux!

Neste artigo pretendo demonstrar as facilidades do Ubuntu 7.04, que é excelente para usuários iniciantes ou que estão migrando do Windows para o Linux. Também vou dar algumas dicas de como personalizar o idioma do Firefox, OpenOffice.org, instalar o flash player e a máquina virtual Java, além de instalar outros ambientes gráficos, como o KDE e o XFCE.

[ Hits: 52.355 ]

Por: Djair Dutra C. Jr. em 11/06/2007


Porque migrar para o Linux?



O Linux é um sistema operacional rápido, seguro, gratuito, pode ser modificado em sua origem (por ter código aberto), fácil, interessante e tem uma visual incomparável.

O Linux evoluiu bastante desde suas primeiras versões. Hoje possui diversas opções para as mais variadas atividades. Há diversos navegadores, editores de texto, planilhas eletrônicas, programas de mensagem, jogos, etc. Todos gratuitos e abertos à modificação.

Hoje não é mais desculpa deixar de usar o Linux por causa da complexidade de seus programas ou pela dificuldade de instalação. Também não é mais desculpa deixar de usá-lo por incompatibilidade de programas ou pela ausência de programas que fazem a mesma coisa em outros sistemas. Há praticamente tudo no Linux e em muita quantidade. Além disso há emuladores que executam programas do Windows como se estivéssemos nele (o inverso não acontece).

Outro ponto importante é a segurança. Linux é livre de vírus! Só o fato de não ter mais que formatar o computador, ser "aporrinhado" por mensagens estranhas, correr o risco de ter um programa pegando minhas senhas do banco ou de perder arquivos importantes por conta de vírus já seria o suficiente para usar um sistema operacional por pior que ele fosse (o que não é o caso do Linux).

Vamos agora a um exemplo básico de levantamento de custos para ter um sistema operacional com bons programas instalados. Sou um usuário exigente, que gosta de softwares em suas versões completas, afinal saber que você só pode ter mais se pagar por mais faz com que eu me sinta numa concessionária, onde só não compro um carro bom e com todos os acessórios porque não tenho dinheiro suficiente.

Vejamos os custos para um bom pacote de softwares para Windows. Os preços abaixo foram retirados do site www.americanas.com.br em 31/05/2007.

DVD-ROM Windows Vista Ultimate Full

Última versão do sistema operacional da Microsoft, que por sinal só funciona em super máquinas.
R$ 989,00

DVD-ROM Office 2007 Professional Full

Última versão da suíte de aplicativos para escritório da Microsoft. Não é tão exigente de hardware quando o Windows Vista, mas não deixa de ser pesado e de comprometer muito da memória com algumas "frescuras".
R$ 1.599,00

Cd Rom ESET NOD32® Sistema Antivírus Edição 2007

No Windows um antivírus é imprescindível. Não podemos ficar sequer um dia usando a Internet sem um bom antivírus e uma boa opção é o NOD32. Compromete um pouco o funcionamento de computadores com 256 MB de memória, mas é eficaz na detecção e remoção de vírus.

OBS.: Esta licença é para o uso em 10 computadores. Acredite! Ainda há pessoas boas neste mundo!
R$ 949,00

Cd Rom CyberLink Power DVD Max 7

Software para reproduzir DVDs e filmes dos mais diversos formatos. Gosto de assistir filmes no computador e preciso de um bom programa que me dê opções. Este é ótimo!
R$ 249,00

Adobe Photoshop CS 2 Win/Port

Chegamos a um ponto importante. Hoje em dia, com a facilidade das fotos digitais, tenho a necessidade de editar algumas fotos, fazer brincadeiras e alguns trabalhos sérios com imagens também. Como todos sabem, o Photoshop é referência de qualidade para este tipo de trabalho.
R$ 1.399,00

CorelDRAW

Ferramenta para criação de imagens vetoriais. Ideal para profissionais que trabalham criando logomarcas, desenhando, ou editando imagens. Considero importante e bastante útil em um computador com Windows.
R$ 1.550,00

Acrobat 8.0 Professional

Não são todos que têm esta necessidade, mas no meu caso, gosto de documentar muitas coisas minhas em formato PDF. Desde as ajudas dos meus programas até alguns artigos sobre Linux e programação. É uma excelente opção, pois trabalho com plataformas diferentes e um software que gere arquivos que possam transitar livremente entre elas é uma boa opção.
R$ 1.149,00

Resultado das nossas compras de softwares: R$ 7.884,00

Sem nenhum comentário malicioso ou "risadinhas" a respeito do montante acima, vamos direto ao custo de um bom pacote de programas para o Linux, com as mesmas características dos que foram descritos anteriormente:

Linux Ubuntu Server 7.04

Última versão (completa) do sistema operacional Ubuntu, com muitas mudanças e incrivelmente fácil para usuários iniciantes no Linux. Pode ser adquirido por download, copiado de um outro CD, ou comprado em bancas de jornal (você paga pela revista, não pelo Linux).
Custo: R$ 0,00

OpenOffice.org

Excelente suíte de aplicativos para escritório com editor de textos, planilha eletrônica, editor de apresentações e software para banco de dados. Semelhantes aos mesmos aplicativos encontrados para o Microsoft Office (Word, Excel, PowerPoint e Access).

Já vem instalado com o Ubuntu 7.04, mas em outras distribuições pode ser instalado facilmente com o comando apt-get, ou baixado pela Internet e instalado manualmente. Há também outros comandos semelhantes ao apt-get, mas não vem ao caso citá-los.
Custo: R$ 0,00

"Para manter a coerência e a seqüência com os mesmos softwares do Windows citados acima, este comentário ocupa o lugar do antivírus para o Linux, coisa que não existe. Hehehe!"
Custo: R$ 0,00

Reprodutor de Filmes Totem

Assim como o Totem há muitos outros programas que fazem a mesma coisa, mas este foi escolhido por também já vir instalado com o Ubuntu 7.04. Pode ser adquirido por uma simples linha de comando ou baixado da Internet.
Custo: R$ 0,00

Editor de Imagens GIMP

Uma opção completa para editar fotos, imagens e figuras diversas. Possui muitas opções e efeitos infinitos, fazendo o usuário esquecer o Photoshop. É leve e também pode ser adquirido com as mesmas facilidades dos outros programas para Linux, mas já vem instalado com o Ubuntu 7.04.
Custo R$ 0,00

Inkscape

Uma boa opção ao CorelDRAW. Tem muitas ferramentas e funções que permite criar objetos, figuras e desenhos vetoriais de todos os tipos. Fácil de usar e pode ser adquirido com a mesma facilidade dos demais softwares citados anteriormente, inclusive com um simples comando apt-get. Não vem instalado com o Ubuntu 7.04.
Custo: R$ 0,00

Chegamos ao último exemplo desta simples comparação. Ao usar o Linux para salvar algum arquivo no formato PDF, não é necessário nenhum programa especial, pois o OpenOffice já faz isso de forma fácil e rápida, apenas com um clique.
Custo R$ 0,00

Resultado da soma de softwares semelhantes para Linux: R$ 0,00

Em relação ao custo, ficou alguma dúvida? Acho que não. Mais claro do que isso é impossível.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Porque migrar para o Linux?
   2. A construção do Linux
   3. A escolha da distribuição ideal
   4. O Ubuntu 7.04
   5. A família Ubuntu
Outros artigos deste autor

Layer7 e compilação do kernel mole-mole com Conectiva 10

Desenvolvimento Web - Simples dicas de segurança

Controle de clientes e acessos no Squid

O que ainda falta pra você abandonar o Windows de vez?

Autenticação de sites com PHP e MySQL

Leitura recomendada

O Movimento Software Livre

Tradutor de palavras em vários idiomas via shell

Linux - Só não usa quem não quer

Fundamentos do sistema Linux - Permissões

Instalação básica do Slackware 10 com KDE 3

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 11/06/2007 - 12:54h

Olhe rapaz,está de parabens!!!! Muito bom seu tutorial :) continue assim

[2] Comentário enviado por mspdeoliveira em 11/06/2007 - 12:55h

Exceletente artigo, parabéns.
Desde Janeiro que me considero livre do Windows. E não sinto falta dele.
Isso graças a alguém que me passou uma cópia do live CD do Ubuntu.
Desde aquele tempo eu venho baixando outras distros e 'fuçando'.

Sempre recomendando e até passando umas cópias pra quem tem curiosaidade.

Novamente,parabéns pelo artigo!

[3] Comentário enviado por y2h4ck em 11/06/2007 - 13:07h

Rapaz, sempre prefiro me isentar de artigos sociológicos ou ideológicos (escolha um e seja feliz rs), mas o seu artigo foi o primeiro que mostrou de forma coêsa e completa o que se propos a defeder.

Está de Parabéns.

Abraços.

[4] Comentário enviado por riick em 11/06/2007 - 14:01h

Carae, excelente artigo... muito bom mesmo. #)

Parabéns.

[5] Comentário enviado por razgriz em 11/06/2007 - 14:15h

Muito legal você ter citado o Ubuntu estudio, achei que eles fizeram um trabalho fenomenal, esta até brigando com o suse aqui na agencia, e levando vantagem em vários quesitos, continue assim !

[6] Comentário enviado por kirosangel em 11/06/2007 - 15:02h

Adorei o seu artigo, tenho um pc em casa que está com o windows vista started edition, uma coisa horrível, mais eu não posso mudá-lo por causa que minha mãe está pegando o geito pelo windows, mais poderia me diser se o Ubunt funcionaria bem em um Pentium2 300Mhz, 128Mb, 32mb de vídeo e um hd de 4Gb.Aguardo resposta por e-mail.
Obrigado por fazer esse tutorial magnífico.
Me interessei muito pelo Ubunt, será que ele serve para ser um servidor de uma empresa?

Grato
Felipe Sewaybricker (KirosAngel)

[7] Comentário enviado por jragomes em 11/06/2007 - 15:23h

Legal seu artigo, parabéns!

Só gostaria de fazer uma ressalva. A adoção do Linux não é maior por causa da cultura do NNF (Next-Next-Finish), por causa da cultura de se ensinar a usar a ferramenta e não o conceito, alguns fatores humanos como: medo do novo, curva de aprendizagem, acomodação, etc. E fatores de mercado, ou seja, programas que não roda no Linux nem com wine, nem com crossover. E óbvio, aquele pessoal do MSN q se não tiver a birosca do wink não presta.

Todos nós que migramos do windows sabemos que não é simples acordar e dizer "já chega!"... sempre vai faltar aquele programa que gostavamos, sempre vai ter aquele "mas no windows eu fazia assim...". Claro que todos nós tinhamos um objetivo e por isso, hoje, usamos Linux, mas quem não tem muita força de vontade sempre acaba voltando ou nem tenta fazer migração. E o fator preço no Brasil é irrelevante, muita gente (diria a maioria) usa software pirata porque custa "10 real" na banquinha ou porque é a favor da famosa Lei de Gerson.

[8] Comentário enviado por mau_smo em 11/06/2007 - 15:55h

Malacker,
só para lembrar você e toda a galera que acesso o vol,
no Brasil usar o openoffice.org2 é ilegal, sugiro pro pessoal instalar o BrOffice, que é o mesmo "openoffice" do brasil, e é legal (nos dois sentidos).
abraço

[9] Comentário enviado por juliermecarvalho em 11/06/2007 - 16:33h

Cara muito bom mesmo o seu artigo, e eu como usuário do ubuntu 7.04 estou cada fez mais apaixonado pelo linux. Windows só na facul e obrigado.

[10] Comentário enviado por marck em 11/06/2007 - 22:53h

olá, vc puxou muita sardinha para o ubuntu. Ele é bonzinho, mas temo que esse esquema de distribuir cds de graça seja somente para viciar os usuários da mesma forma que os windows-user .Quando "os viciados " perceberem que entraram em um esquema semelhante ao da microsotf ele cairá no esquecimento(xiiiiiii)
Acho que o artigo ficaria melhor se vc desse uma visão ampla do linux. Ou como um que descrevesse o Ubuntu
abraço

[11] Comentário enviado por marcus-rj em 12/06/2007 - 07:49h

Sou usuario do Linux há muito tempo, e de fato praticamente nem uso windows! Mas dizer que o GIMP vai fazer o usuario esquecer o Photoshop, eh piada! só mesmo se a pessoa sofrer de amnésia completa. No máximo, dá para esquecer o Paint.

Abs!

[12] Comentário enviado por cleytonasa em 12/06/2007 - 07:52h

adorei o tutorial , faltou so mostrar quanto você pode ganhar em real com linux, e com windows! hahaha brincadeira.. valew amigo!

[13] Comentário enviado por tsanches em 12/06/2007 - 14:34h

Ola Amigo,
Em relação ao custo e benefício, sem duvida o GNU/Linux é excelente, concordo com você!
O único problema da migração é a instalação de aplicativos que a marioria é feito através de linha de comandos que intimida bastante os usuários. O que pode ser feito é disponibilizar os .RUN para instalar aplicativos. O Insigne Momentum 5.0 disponibiliza o insigne mágico para fazer a instalação de plugins proprietários em português
( http://www.insignesoftware.com/recursos/screen.php).
O ubuntu disponibiliza o easyubuntu mas é em inglês e dificulta um pouco o entendimento para os usuários.
Parabéns pelo artigo.

TSANCHES

[14] Comentário enviado por shadowfox em 12/06/2007 - 16:44h

Pessoal... Eu acho que as ferramentas linux são mais eficientes do que as windows pelo menos no que elas propoem... Agora, tem aplicativos windows insubstituiveis.... Para tanto, temos que esperar que o wine possa suportá-las ou ainda ver aparecer uma ferramenta equivalente.
Contudo, o tutorial é bastante válido para quem quer o linux instalado... Nem que seja em forma dual boot....

Até!

[15] Comentário enviado por duraes em 12/06/2007 - 17:43h

Show de Bola!!!

Estou prestes a minha liberdade!! Estou concluindo uns testes com o Santo Wine e vou migrar tudo pra Ubuntu aqui na empresa!

Viva o Linux!!!

Bom artigo!

Durães

[16] Comentário enviado por malacker em 12/06/2007 - 22:49h

AGRADEÇO A TODOS PELOS COMENTÁRIOS E PELAS CONTRIBUIÇÕES.

Acho que o desenvolvimento do Linux (em todos os seus aspectos) deve ser sempre assim: de forma coletiva, unindo experiências e opiniões, mesmo que divergentes. Agradeço a quem enriquecer este artigo com outras dicas e opiniões úteis.

[17] Comentário enviado por cs aracaju em 25/08/2007 - 12:23h

galera to com uita dificuldade em utilisar o linux insigne 5.0 tentei instalar o wine mas nao consegi.se poderem ajudar eu agradeço.
MSN:morte.clan@hotmail.com (sugestoes entrem em contato pelo msn

[18] Comentário enviado por daniel_leal em 18/09/2007 - 22:41h

Pow show de bola o artigo, um dos melhores q eu ja vi aki no VOL, tirando a parte do Photoshop com o GIMP, pq pera ai, temos q reconhecer, o Photoshop é muito bom, e a versão CS3/CS3 Extended nem se fala. O GIMP quebra um galhão mesmo, mas ainda não se equipara ao Photoshop.

ARTIGO SENSACIONAL, QUASE 8000 REAIS DESEMBOLSADOS COM WINDOWS, SEM FLAR DA PIRATARIA, Q FAZ MAL TANTO PRA EMPRESA PRODUTORA QUANTO PRA ALGUNS USUARIOS QUE TEM ALGUMAS "SURPRESAS" COM O PRODUTO PIRATA!

SHOW DE BOLA, PARABENS!

_<<VIVA O LINUX>>_

[19] Comentário enviado por daniel_leal em 18/09/2007 - 23:42h

Outra coisa, o CorelDraw é um produto de qualidade, reconheço. Agora realmente, não só o InkSCAPE é MUITO BOM!!, MAS MUITO BOM MESMO!!!
mas também ajuda a largar o windows mais rapidamente.

RECOMENDO TBM, O XARA LX, EXCELENT ALTERNATIVA!

[20] Comentário enviado por ensabr em 01/05/2008 - 22:03h

Gostei das várias dicas, eu mesmo tenho um pequeno problema com o LINUX KURUMIN (seja a versão 5.0 ou 7.0) que não identifica uma leitora e gravadora de CD/DVD/DVDRW mas sim como se fosse outra HD. mencionei pequeno problema porque o INSIGNE Momentum 5.0 atuou perfeitamente, e ainda mais no WINDOWS XP. Oque ainda quero aprender aora é saber on eu localizo os comandos ou programas (software) de instalação de COMPONENTES (Hardwares).
ensabr@gmail.com (ewerton nascimento sant' anna).
==============================================
Sinceramente não achei que os programas vendidos em cds ou dvds em bancas de jornais que até acopanham revistas funcione com a mesma qualidade que é dos computadores Kennex com programa LINUX INSIGNE MOMENTUM 5.0 que funciona e m computadores de 128 MB de memória com 40GB de HD da marca Kelyx com kurumin 5.0/7.0

[21] Comentário enviado por ashmsx em 25/07/2009 - 11:17h

Enquanto as pessoas preferirem pagar 30 conto pro camarada que instala tudo isso pirata, não vai ter muito linux nos desktop.

[22] Comentário enviado por robertozm em 03/07/2010 - 00:11h

Muito bom o artigo, me influiu mais ainda a partir pro Linux (nao parti ainda por algumas limitaçoes), consegui com um amigo o fedora e pretendo instala-lo o quanto antes.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts