Embutindo um banco de dados SQLite em sua aplicação C++

Com o SQLite você pode criar um banco de dados para sua aplicação sem precisar instalar softwares adicionais, nem configurar nada na máquina. Neste artigo espero demonstrar o funcionamento deste banco de dados e a integração dele com sua aplicação C++.

[ Hits: 64.164 ]

Por: Filipe Niero Felisbino em 06/06/2006


Introdução



O SQLite não chega ser um banco de dados, mas sim uma biblioteca para armazenamento e recuperação de dados que suporta o ANSI SQL, o que é muito bom porque isso possibilita uma migração para outro banco de dados em caso de seu sistema ficar gigante.

Não vamos tentar comparar SQLite com Oracle, MySQL, firebird, etc porque não faz sentido. A idéia por trás do SQLite é ter um banco de dados simples, sem necessidade de configuração, de fácil manuseio e que possa ser embutido em outras aplicações. E isto ele faz muito bem!

Principais benefícios do SQLite:
  • Ultra-leve;
  • Boa performance;
  • Tamanho do banco de dados virtualmente ilimitado (até 2 terabytes, segundo a documentação oficial);
  • Sem necessidade de configuração;
  • Compatível com ANSI SQL 92;
  • Fonte disponível sobre licença de domínio público, podendo ser utilizado para qualquer fim ( inclusive softwares não-GPL );
  • Fácil integração com sua aplicação C++.

Mais detalhes sobre o SQLite você poderá encontrar no site do projeto:

Baixando e instalando


Baixe os fontes do SQLite do site www.sqlite.org.

Descompacte o arquivo com os fontes:

# tar -xvzf sqlite-3.3.4.tar.gz -C /tmp/

Entre no diretório /tmp/sqlite-3.3.4 e digite os comandos:

# ./configure
# make
# make install


Se tudo correu bem, o SQLite já estará instalado em seu Linux. Para verificar se está tudo OK, digite o comando:

# sqlite3 --help

Se aparecer uma listagem com os comandos, seu SQLite está instalado.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Nosso exemplo
   3. Criando a classe cliente
   4. Classe de banco de dados
   5. Compilando tudo
   6. Conclusão
Outros artigos deste autor

Utilizando o Thunderbird no Windows e Linux

Implementando o Interscan VirusWall com Postfix

Leitura recomendada

Usando MySQL na linguagem C

Ensaio acerca de bibliotecas de código aberto para abstração de acesso a banco de dados em linguagem C++

Acessando PostgreSQL com C

Acessando PostgreSQL com C - Cursores

PostgreSQL - Embutindo comandos SQL no seu código C

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Ragen em 06/06/2006 - 14:00h

Legal o artigo.

Existe alguma ferramenta estilo MySQL-Front/Navicat (Gerenciador Visual do Banco) para SQLite?

[2] Comentário enviado por mmaia em 07/06/2006 - 04:16h

Ragen, eu uso mais esses 2, mas tem outros:

Web, estilo PHPMyAdmin
http://sourceforge.net/projects/sqlitemanager/

Desktop (QT)
http://sqlitebrowser.sourceforge.net/

[3] Comentário enviado por clint74 em 03/10/2008 - 15:39h

Muito bom este tutorial, parabéns!

Não o encontrei o arquivo main vc poderia disponibilizá-lo?

[4] Comentário enviado por faustojacome em 19/07/2009 - 20:46h

Não consegui compilar o Database.cpp.

Também não achei o main.cpp.

[5] Comentário enviado por lbrusca em 30/12/2009 - 12:07h

Uma dica para seus próximos artigos: separe dentro do artigo os arquivos de codigo fonte.
Não Consegui encontrar no seu artigo a referencia a main.cpp

[6] Comentário enviado por bitetti em 29/07/2011 - 09:08h

Bom artigo. Fiquei fã desse DB ai esses dias. Quando bem usado é uma poderosa ferramenta.

[7] Comentário enviado por aj.vini em 01/11/2011 - 14:49h

Artigo muito bom! Era exatamente o que eu precisava... e complementando tbm tem wrapper do sqlite pro Python, o nome é pysqlite. Muito bacana! Parabéns!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts