Criptografar sua atual partição root usando dm-crypt com luks

Atualmente há vários métodos de criptografia disponíveis dos quais, por exemplo, loop-aes. Minha escolha por cryptsetup-luks com dm-crypt se deu por ser considerado o método adequado para grande volume de dados, por não ter uma perda muito grande na performance e por ser considerado o mais seguro.

[ Hits: 45.555 ]

Por: Aline de Freitas em 11/01/2008


Introdução



Há muita discussão pela rede sobre o por quê da necessidade de se criptografar discos. O mais importante a se pensar ao criptografar os discos é não se comprometer com os dados que você possa ter em seu sistema. Não vou entrar no mérito político dos porquês. Acredito que quem procura por documentação sobre criptografia já está decidida/o a fazer uso da mesma.

Atualmente há vários métodos de criptografia disponíveis dos quais por exemplo loop-aes. Minha escolha por cryptsetup-luks com dm-crypt se deu por ser considerado o método adequado para grande volume de dados (criptografei meu quase que meu disco todo), por não ter uma perda muito grande na performance (o ganho com a segurança me parece compensar esta eventual perda) e por ser considerado o mais seguro.

Há muito tutoriais na rede sobre o assunto, o principal, pelo qual me baseei é Security System Encryption DM-Crypt with Luks Alguns métodos de criptografia da partição root incluem o uso de um pendrive com uma senha criptografada no qual nem mesmo você poderá saber qual a senha. O problema em relação a este tipo de método é que se você perder o pendrive ou ele parar de funcionar, você não poderá NUNCA MAIS descriptografar seu sistema. Assim eu optei por uma alternativa menos severa mas nem por isso insegura, que é utilizar um cdrom para bootar o sistema e manter uma partição de boot não-encriptada para o caso de perda ou danificação do cdrom. Este método é baseado neste antigo e ultrapassado howto: Encrypted Root Filesystem HOWTO.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Preparativos iniciais
   3. Preparando as partições root e swap a criptografar
   4. Criando a imagem initramfs
   5. Últimos passos
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Chroot + Bind sem stress

Snort avançado: Projetando um perímetro seguro

Backup gerenciável usando tar

Criando um cluster de alta performance para quebrar senhas

Snort em modo defensivo com Flex Response 2

  
Comentários
[1] Comentário enviado por EDUPERSOFT em 11/01/2008 - 22:02h

Excelente, assunto sofisticado, atual, útil e por outro lado pouco difundido. O artigo bem escrito, direto, prático. Muito bom ver um artigo escrito por uma mulher aqui no VOl, ainda mais um artigo deste nível. As barreiras vão caindo, as mulheres conquistando espaço no mundo Linux e o Linux conquistando espaço no mundo feminido.

[2] Comentário enviado por maykonhammer em 11/01/2008 - 22:16h

Parabéns pelo atigo...

[3] Comentário enviado por fred_m em 12/01/2008 - 03:05h

Muito bom Aline.
Escrevi também um artigo durante minha pós em segurança sobre o assunto, gostaria de compartilhar com você.
http://www.madeira.eng.br/wiki/index.php?page=Criptografia+de+Disco+%E2%80%93+Garantindo+a+seguran%C... (arquivo em PDF)

[4] Comentário enviado por edupersoft em 12/01/2008 - 08:48h

fred_m, seu artigo também é muito bom. Porque você não coloca aqui no VOL também?

[5] Comentário enviado por capitainkurn em 12/01/2008 - 12:26h

Chix!
Excelente o seu artigo! Tanto em conteúdo quanto em didática!
Já está em meus favoritos!

[6] Comentário enviado por kalib em 12/01/2008 - 13:53h

Parabéns pelo artigo amiga. ;]
Continue com contribuições deste nível com a comunidade e todos ficaremos gratos! :D
Interessante ver meninas se destacando por aqui... ;]

abraços e boa sorte

[7] Comentário enviado por sermart em 12/01/2008 - 15:41h

O que eu mais gostei foi sua imparcialidade quanto as distros, isto é muito importante aqui no vol.

[8] Comentário enviado por removido em 14/01/2008 - 09:52h

Arrepiou-ne até a alma este trabalho... ;-)

[9] Comentário enviado por hiroyuki em 15/01/2008 - 10:24h

Veri gud! Muito bom... estou pensando em até criptografar meu disco tb =)

[10] Comentário enviado por marceloviana em 16/04/2016 - 09:50h

Alinef, obrigado pelo artigo!

É possível remover a senha do cryptsetup da inicialização do sistema e configurar para pedir senha somente quando for necessário descriptografar a partição para alguma manutenção nos arguivos?

Obrigado.


Contribuir com comentário