Corel Draw - Codeweavers - CrossOver Linux

Há algum tempo adquiri uma licença do Codeweavers para fazer uso do CrossOver Linux, na época me lembro que ainda chamávamos o projeto de CrossOver Office. Neste artigo mostro como instalar sem problemas softwares compilados para Windows no seu Linux/GNU.

[ Hits: 54.545 ]

Por: Roberson Carlos em 21/09/2007 | Blog: http://carlrobers.wordpress.com


O Wine



A equipe do Wine por sua vez, desenvolveu seu produto tendo como uma das principais dificuldades as licenças da Microsoft, pois assim não seria somente pegar as DDL's do Windows e colocar elas para funcionar em um diretório no Linux/GNU, já que o Wine pertence a uma licença aberta e o Windows proprietária. Foram obrigados a escrever uma por uma as API's sem um manual sequer, somente usando a tese de teste e erro, assim fizeram este formidável software.

No site do projeto tem uma lista de programas suportados por ele:
No entanto o Wine carece de uma boa interface gráfica para sua configuração, tem até alguns projetos em QT e GTK e também o winecfg, a interface QT e GTK que me referi atrás não cheguei a utilizar, é neste ponto que chega a Codeweavers com seu CrossOver, com ele fica fácil instalar os principais softwares e suas "dependências", como fontes e afins. Com o CrossOver você pode definitivamente abandonar o ambiente de trabalho Windows e passar a usar sua distribuição Linux/GNU favorita.



Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. O CrossOver Linux
   2. O Wine
   3. Instalando o CrossOver Linux
   4. Instalando programas essenciais
   5. Instalando Corel Draw
Outros artigos deste autor

Instalando Apache Tomcat em Linux 2.6

Gerando arquivos JAR com o Eclipse

Desmistificando o Linux Loader (LILO)

Configurando o Samba

Alterando as permissões de um arquivo

Leitura recomendada

Instalando e configurando o VirtualBox

Lendo formatos EPUB no Kindle com o Calibre

Introdução ao APLINUX.com.br Mail Server 2005

Instalação da Zabbix 3.0 em Debian 8.6 Jessie

Formatando texto no Open Office

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabiobarby em 21/09/2007 - 09:46h

Testado e aprovado!
vale a pena comprar...

Excelente artigo Robson, parabéns!

[2] Comentário enviado por edupersoft em 21/09/2007 - 10:32h

Legal o artigo.

Além da interface de configuração, existe alguma outra diferença?

Desenvolvo aplicativos, meu principal produto é escrito em Delphi e estou usando o Wine para fazer com que rode no Linux, enquanto não resolvo que caminho seguir para tornar o software multiplataforma. Funciona bem, só que estou achando o desempenho sensivelmente inferior.




[3] Comentário enviado por koutalopes em 21/09/2007 - 14:48h

Cara, muito legal o artigo.

Sou estudante de programação e gostaria de saber se o Visual Basic 6 roda legalzinho, compila, essas coisas. O Photoshop pelo seu screen eu já vi que roda.

[4] Comentário enviado por educarrega em 21/09/2007 - 23:26h

Corel Draw 9 Roberson?
Infelizmente o mercado gráfico não dá mais suporte à esta versão mais que antiquada do Corel, que permite abertura de arquivos somente nas mesmas versões em que foram contruídos, ou superiores, no caso agora está na X3 (13), tornando inviável a abertura de arquivos mais atuais.
Vamos pensar em uma solução eficiente para o X3, tem jeito?

[5] Comentário enviado por robersonfox em 22/09/2007 - 14:00h

educarrega, no seu Corel X3, se você for no menu 'File' e pedir para salvar como no menu 'Save As' você pode salvar o arquivo até mesmo na versão 7, e você deve saber que ele abre arquivos nos formatos antigos também, se ele fosse antiquado assim como você afirma, acho que a Corel teria descartado, ou, talvez isto aconteça aí na sua cidade (SP) porque aqui em Minas Gerais não tive problemas com tal coisa, para falar a verdade, a maioria das empresas que trabalham com impressão digital aqui pedem para enviar em um formato "Antiquado", deve ser porque esta empresas somente fazem impressão, eles não querem pagar uma fortuna na licença de um X3 sendo que podem pagar uma micharia no licença do Corel 9, eu desenho desde criança iniciei com o Corel 9 assim que foi lançado, usei todos na sequência, pensar que a versão 9 é rui, não é uma coisa que se ouve todos os dias, deixei a área gráfica depois que me agarrei ao desenvolvimento de software, fica ai a dica.

[6] Comentário enviado por robersonfox em 22/09/2007 - 14:01h

Rykrdo_Iori, o VB 6 eu não testei, mas o Delphi 7 rodou normalmente.

[7] Comentário enviado por robersonfox em 22/09/2007 - 14:04h

edupersoft, o Delphi rodou bem aqui, fiz o teste, mas se quer uma solução para este seu problema tenta o Lazarus, não precisa usar Wine, estou implementando o carro forte da empresa aqui também.

[8] Comentário enviado por crp74 em 23/09/2007 - 11:00h

velho... vc merece nota 10 ao quadrado por este artigo... estou usando o Office 2000 e o IE 6 no meu micro com Kurumin 7... muito demais...

valeu e um abraço.

[9] Comentário enviado por aquitemcaqui em 09/11/2007 - 16:58h

instalei o crossover 6.0 e o office 2000 no ubuntu feisty na interface de adm e tudo ok.
já na interface user, nada de aparecerem os ícones dos aplicativos windows, só o menu do crossover mesmo....

o que deu errado?

abraço

[10] Comentário enviado por robersonfox em 09/11/2007 - 17:45h

aquitemcaqui, crie o diretório /opt/cxoffice e depois passe um chown

# chown aquitemcaqui. /opt/cxoffice

clique no executável com seu usuário comum
e instale dentro deste diretório

[11] Comentário enviado por aquitemcaqui em 09/11/2007 - 18:11h

saquei, o esquema é instalar num diretório comum....

valeu


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts