Construindo componentes em PHP e jQuery

Você já deve ter visto alguns frameworks na internet que implementam diversas facilidades ao desenvolvimento de páginas e sistemas web como MVC e outros. Ao mesmo tempo pode ter visto frameworks javascript que implementam componentes visuais com um visual bacana e que facilitam, muitas vezes, a vida do programador na hora de desenvolver suas interfaces.

[ Hits: 23.962 ]

Por: Evaldo Barbosa em 03/02/2009


Estendendo a classe Input para facilitar a sua vida



Criamos um exemplo com CPF e que você pode usar os outros tipos implementados e até implementar novos tipos de acordo com a sua vontade. Mas isso não é o bastante.

Escrever tanto só para chamar um tipo de Input as vezes é complicado, ainda mais quando temos que chamar 10, 15 campos em uma página só. Como facilitar então?

Usando a palavra extends do PHP você consegue fazer isso de forma fácil, como mostrado a seguir.

Continuação do arquivo class.input.lib.php:

<?
class CPFInput extends Input {
   function __construct($name,$value="",$readOnly=false,$size=0,$maxlength=0,$className="inputbase") {
      parent::__construct($name,$value,$readOnly,$size,$maxlength,"cpf",$className);
   }
}
?>

A chamada à nova classe CPFInput fica muito mais fácil, veja só:

<?
$cpf2 = new CPFInput("cpfinput2");
?>

Se surgir a pergunta "Mas é só isso?", eu respondo "Claro que sim!".

Altere o arquivo teste.input.php com a nova chamada á nova classe e veja o resultado: igualzinho!

Conclusão

Entender como fazer novas implementações de coisas existentes é o futuro das aplicações em PHP. Você agora pode implementar as suas também.

Esta é uma das novidades do meu Webworks, framework que criei e uso para o desenvolvimento de sistemas web com PHP. Além das classes criadas por mim, este FW utiliza-se do consagrado Smarty, suíte para uso de templates.

Assim que estiver fechada a versão 1.0 estarei divulgando mais sobre o mesmo e sobre as implementações de plugins jquery e como é fácil desenvolver com o mesmo.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Testando a classe
   3. Estendendo a classe Input para facilitar a sua vida
Outros artigos deste autor

Utilizando PHP e Apache para desligar um Ubuntu

Gerando gráficos com PHP e highcharts.com

Macromedia Studio 8 no Wine em detalhes

Abordagem exemplificada à Orientação a Objetos com PHP

Abordagem exemplificada de orientação à objeto com PHP 5

Leitura recomendada

Instalando o Gerenciador Clínico Odontológico

Easy Gallery - Componente Joomla

Wordpress: Hospede blogs no seu Linux

Chat em PHP - Cheio de recursos e fácil de instalar e usar

O que é o e107

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 05/02/2009 - 16:19h

Excelentge artigo

[2] Comentário enviado por evaldobarbosa em 05/02/2009 - 17:27h

Muito obrigado por ter lido e dado esse feedback, ilsahec, isso me deixa mais animado a escrever outro desse tipo.

[3] Comentário enviado por evaldobarbosa em 05/02/2009 - 17:43h

Gostaria de sinalizar, como efeito de errata, um pequeno erro que pode comprometer a classe.
Onde chamo, no type, date_picker, troque-se por datepicker, sem o "_", evitando o erro gerado em js.


Contribuir com comentário