Configurando o laptop Acer 5050-3284 no Gentoo Linux

Quando se fala em GNU/Linux em laptops, sempre aparecem vários problemas relacionados com compatibilidade de hardware e problemas de gerenciamento de energia em geral. Neste artigo tentarei demonstrar em detalhes como foi feita a configuração do notebook Acer 5050-3284.

[ Hits: 36.964 ]

Por: Aaron Kim Binner da Silva em 15/03/2009


Configurando o ACPI do laptop acer 5050 em outras distribuições



Retirado do blog: Manifesto.blog.br - Acpi e Bateria no Acer 5050 (REPUBLICADO)

O compilador iasl Intel é possível obter a partir do link: Advanced Configuration & Power Interface (ACPI)

Primeiro devemos obter a tabela dsdt para efetuar a correção:

# cat /proc/acpi/dsdt >> /dsdt.dsl

O que vamos fazer é "de-assemblar" o arquivo, corrigir e recompilar novamente. Para de-compilar:

# iasl -d /dsdt.dsl

Isso irá gerar um arquivo chamado DSDT.dsl, é neste que vamos trabalhar, abra-o para edição:

# vim dsdt.dsl

Localize o trecho (linhas 89 e 90):

OperationRegion (PLPT, SystemIO, 0×0378, 0×01)
Field (PLPT, DWordAcc, Lock, Preserve)

A linha 89 deverá ficar assim:

OperationRegion (PLPT, SystemIO, 0×0378, 0×04)

e troque todas as ocorrências de "_T_0" para "TTT0" - sem as aspas. Use o replace do seu editor para ser mais rápido.

Uma última edição:

Edite a linha 3906 "Store (_SB.PHSR (0x0D, 0x00), TJ85)" para ficar:

Store (_SB.WMID.PHSR (0x0D, 0x00), TJ85)

Inserindo o "WMID.". Agora "re-assemblando" (como se fala?):

# iasl -tc DSDT.dsl

Deve retornar "0 Errors", mas pode ter warnings sem problemas. Isso vai gerar um arquivo dsdt.hex, guarde-o.

# cp dsdt.hex /usr/src/
# cd /usr/src/linux
# vim .config


Adicione as seguintes linhas ao final do arquivo:

CONFIG_STANDALONE=n
CONFIG_ACPI_CUSTOM_DSDT=y
CONFIG_ACPI_CUSTOM_DSDT_FILE="/usr/src/dsdt.hex"

# make menuconfig

Escolha "Load an Alternate Configuration File" e no input que vai abrir digite ".config" e confirme. Entre em Device Drivers, depois em Generic Driver Option e desmarque Select only drivers(...). Exit, exit, exit.

Agora entre em Power Management, depois ACPI e depois Custom DSDT e coloque /usr/src/dsdt.hex no input que vai abrir e confirme. Agora coloque exit até ser perguntado se deseja salvar as alterações para o arquivo de configurações ("Do you wish to save...") e responda Sim ou Yes.

Agora basta recompilar e reinstalar o seu kernel.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. A Instalação do Gentoo
   2. O kernel, as opções do make.conf e o ACPI do Acer Aspire
   3. As configurações dos arquivos básicos de sistema
   4. Reiniciando o sistema e configurando a placa wireless ATHEROS AR-5006
   5. A webcam Suyin e o touchpad synaptics
   6. O vídeo ATI Radeon e a conclusão
   7. Configurando o ACPI do laptop acer 5050 em outras distribuições
Outros artigos deste autor

Emergindo grandes pacotes em hardwares fracos com o auxílio de outro computador no Gentoo Linux

Leitura recomendada

Entendendo o TCP/IP

Autenticando e protegendo diretórios no Apache

Recuperando e/ou adaptando o GRUB do Sabayon Linux

Guia de como se dar bem no Slackware sem recorrer a interface gráfica

VPN com PPTP + DDCLIENT em Debian 5.0 Lenny com IP dinâmico

  
Comentários
[1] Comentário enviado por stilldre em 15/03/2009 - 15:07h

Parabéns, excelente artigo! Eu também tenho um notebook acer (Aspire 3100) com vídeo ati, e não tenho do que reclamar! Rodando o Gentoo 2.0.0 é claro. =)

[2] Comentário enviado por flaviodm em 16/03/2009 - 11:40h

muito bom seu artigo. objetivo e util. com certeza vc vai ajuda muita gente com ele hehehe
abraco...

[3] Comentário enviado por Rudson em 16/03/2009 - 17:01h

cara muito massa! a muito tempo tava querendo por o gentoo no meu note, vlw mesmo

[4] Comentário enviado por demoncyber em 16/03/2009 - 19:15h

Parabéns pelo artigo :)

[5] Comentário enviado por julianjedi em 17/03/2009 - 18:17h

uhauhhau ... isso que eu chamo de sofrer =], mas ta demais o artigo, nunca usei gentoo, mas devido ao seu artigo vou esperimentar =] e não é tao dificil assim quanto falam ... hauhah.. antes de eu iniciar no slack ... td mundo falava que slack era dificil, e nao é nada ... ja o gentoo, pensei que era mais dificil ... demais seu artigo.

[6] Comentário enviado por aaron.binner em 17/03/2009 - 19:23h

Fala julianjedi, o gentoo não tem nada de dificil não, ele só exige um pouco mais de vontade que os outros, mais é uma ditribuição sem comparação, e depois de instalado é muito fácil de ser mantido, instala ai e depois posta os resultados, garanto que a comunidade vai te ajudar !! Valeu ...

[7] Comentário enviado por stilldre em 03/06/2009 - 11:22h

to tendo problemas com o linux-uvc... existe alguma opcao no kernel que habilite o suporte para essa webcam suyin??

[8] Comentário enviado por aaron.binner em 05/06/2009 - 18:43h

Me desculpe a demora pela resposta.

Sim amigo stilldre, de acordo com o => http://linux-uvc.berlios.de/ , apartir do kernel 2.6.26 o módulo uvcvideo acompanha o kernel, segue a notação.

"Linux 2.6.26 and newer includes the Linux UVC driver natively. You will not need to download the driver sources manually unless you want to test a newer version or help with development."

O caminho para habilitar o módulo é :

Device Drivers --->
Multimedia devices --->
[*] Video capture adapters --->
[*] V4L USB devices --->
< > USB Video Class (UVC) '<<'
< > GSPCA based webcams --->

Nas minhas buscas encontrei relatos de bugs relacionados à este módulo e o alsa, basicamente em alguns casos se os drivers do alsa forem carregados após o uvcvideo isto pode acarretar em falhas relacionadas a webcam. Porém não consegui reproduzir este bug.
Que tipo de problemas está tendo com o linux-uvc ?





[9] Comentário enviado por yermandu em 24/11/2009 - 17:13h

Rapaz da um help, o teclado.

N'ao consigo colocar o cedilha.

[10] Comentário enviado por aaron.binner em 25/11/2009 - 22:57h

Opa amigo yermanu.

A questão do teclado, depende da versão do xorg-server que está utilizando se for superior à 1.5.x ai o hal deveria detectar o seu teclado automaticamente, o que nunca acontece direito. Mas, mesmo sendo uma versão destas vc pode fazer este reparo de duas maneiras.
a primeira é adicionando as linhas:

Option "AllowEmptyInput" "off
Option "AutoAddDevices" "off"

Na seção "Server flags" do seu xorg.conf, ai depois basta configurar seu teclado no xorg normalmente. eis um exemplo para um teclado abnt-2:

Section "InputDevice"
Identifier "Keyboard0"
Driver "kbd"
Option "AutoRepeat" "500 30"
Option "XkbRules" "xorg"
Option "XkbModel" "abnt2"
Option "XkbLayout" "br"
EndSection

Caso não tenha nenhum arquivo xorg.conf na pasta /etc/X11/.
Basta um
# X -configure
e depois
# mv /root/xorg.conf.new /etc/x11/xorg.conf

Caso queira configurar o seu teclado no console, no caso do gentoo basta editar o arquivo /etc/conf.d/keymaps.
e Caso queira que o hal detecte o seu teclado corretamente. Ai te recomendo procurar aqui no vivaolinux mesmo.
este artigo >> http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Configuracao-de-teclado-e-dispositivos-de-entrada-em-geral-a-par... explica como resolver desta maneira.
No mais, qualquer duvida posta ai, farei o possível para ajudar.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts