Conexão ADSL no Fedora Core

Este artigo nos explica de forma prática os macetes para se fazer a configuração de uma conexão ADSL no no Fedora Core.

[ Hits: 25.128 ]

Por: Edgard Alves Costa em 01/05/2004 | Blog: http://edgardcosta.wordpress.com


Introdução



A configuração de uma conexão ADSL, popularmente conhecida como Speedy, é extremamente fácil de ser feita no Fedora Core 1 Linux. O software para a conexão vem pré-instalado, se você optou pela instalação básica. Se houve opção pela mínima é necessário a instalação do pacote rp-ppoe, que deve estar nos CDs. Basta prestar atenção em alguns pequenos detalhes.

Vamos aos detalhes:

Placa de rede


Para que sua conexão ADSL funcione, você precisa ter no computador uma placa de rede instalada. Esta placa deverá ser reconhecida pelo sistema e denominada eth0 e ser devidamente configurada, para que o sistema reconheça. Para isto use o redhat-config-network e coloque um IP e a respectiva subnet mask. Aqui é necessário prestar atenção no seguinte: se você usar um IP de uma determinada classe, a máscara de rede deverá ser compatível.

Se você for compartilhar sua conexão ADSL, é necessário uma segunda placa de rede, também configurada pelo redhat-config-network. A configuração do IP e máscara deverão ser diferentes do eth0 para não haver conflito nenhum e depois a configuração do iptables para que sua rede consiga acessar a internet sem problemas. Não será objeto deste artigo a configuração do iptables.

DNS do seu provedor de acesso


É bom que você tenha em mãos o DNS primário e secundário do seu provedor de acesso, bem como login e senha.

A configuração


Para configurar a sua conexão ADSL, abra um terminal e digite:

# adsl-setup

Siga as instruções. Quando tiver dúvida, escolha sempre a opção por default.

Você pode optar para que a conexão seja levantada no boot da máquina. Sem problemas. Preste atenção apenas no seguinte. Quando ligar a máquina tenha certeza que seu modem de acesso esteja ligado.

Na opção segurança, opte pela número 1. A opção para masquarede deve ser feita apenas por pessoas com muito conhecimento em conexões.

Terminada a configuração, é só digitar num terminal:

# adsl-start

Teste seu acesso com um traceroute para um endereço qualquer. Se houver resultado, beleza você estará no mundo da internet.

Apenas um lembrete. Antes de configurar o ADSL, faça um teste de configuração da(s) placa(s) de rede(s). Digite:

# route

Se houver resultado não terá problemas de configuração.

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Como assinar digitalmente um documento criado no Br/OpenOffice

Leitura recomendada

FreeBSD + Asterisk

VNC + Hamachi

GINGA - Software Livre para TV Digital Brasileira

Compartilhando acesso à internet com iptables

Gerenciamento de conexões

  
Comentários
[1] Comentário enviado por cvs em 01/05/2004 - 22:06h

Eita...
Se bem que as vezes pode dar erro na hora do adsl-start sendo assim apos o adsl-setup é bom rodar o
ifconfig eth0 0.0.0.0 e ai rodar o adsl-start :P
pelo menos no slackware funciona assim :D

[2] Comentário enviado por RootUser em 01/05/2004 - 23:54h

Faltou dizer que pode ser preciso em alguns tipos de conexoes adsl pppoe(nao sei a respeito do speedy) que seja preciso especificar que o DNS sera fornecido pelo provedor. Para isso seria preciso editar o arquivo /etc/ppp/pppoe.conf
Procurar pela linha DNSTYPE e editar da seguinte maneira:

DNSTYPE=SERVER

Pelo menos e assim que eu faco pq na regiao onde eu moro nao tem speedy e sim a Netsuper da CTBC, como eu ja disse eu nao sei se no caso do speedy precisa fazer isso mas no caso de alguem precisar ai foi a dica...

>>Fallow<<

[3] Comentário enviado por removido em 15/08/2006 - 10:01h

Valeu , cara
Com o Fedora Core 5 , foi simples e fácil !!!

[4] Comentário enviado por removido em 30/04/2009 - 13:24h

no fedora 10 não funcionou.!!!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts