Compile e empacote o kernel com processadores ociosos em sua rede utilizando distcc, ccache e kernel-package no Debian

Se você resolve compilar e empacotar o kernel em uma máquina isoladamente, o tempo para a execução e finalização da tarefa tende ao infinito. Que tal usar os processadores de sua rede para agilizar o processo?! Neste artigo você saberá como fazer isso.

[ Hits: 22.145 ]

Por: Marco Sinhoreli em 20/04/2006


Tudo que você precisa no nó central



Para iniciar, você precisa instalar algumas coisas na máquina que será o nó central e nos hosts que farão parte de seu "compile farm". No host que será utilizado para iniciar o processo, se assegure de ter instalado o gcc (eu tenho utilizado a versão 3.4) e aproveite e instale o distcc e o ccache. O comando a seguir faz isso por você:

# aptitude install gcc-3.4 distcc ccache

O distcc pode ser iniciado como um daemon escutando a porta 3632. Será solicitado no script preinst do pacote se o daemon será inicializado no boot do sistema operacional e depois quais hosts poderão utilizá-lo. No caso da inicialização, a escolha é sua e no caso da política de segurança para uso do distcc, se você pretende utilizá-lo somente para compilar seus fontes em localhost, deixe localhost, caso contrário você pode configurar um range de uma rede para poder fazer uso, como 192.168.0.0/24 ou ainda um IP específico.

Verifique se o link simbólico de /usr/bin/gcc aponta para o gcc de sua escolha. Caso não aponte, force o link com o comando:

# ln -sf /usr/bin/gcc-3.4 /usr/bin/gcc

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Descrição das aplicações utilizadas
   2. Tudo que você precisa no nó central
   3. Tudo que você precisa nos nós escravos
   4. Usando o compile cluster
   5. Conclusão
Outros artigos deste autor

Debmirror: Criando um repositório Debian na rede local

Leitura recomendada

Recompilando o Kernel

Fazendo seu Linux hibernar

Kernel 2.6 hacks

OpeniBoot - Seu iPhone com Linux!

O Kernel Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 21/04/2006 - 11:54h

Ótimo artigo, vou testar em breve.
Só achei que o artigo foca a instalação usando apt. Poderia ser dado exemplos de instação em Fedora com uso de YUM, e até mesmo compilação manual via fonte.
Além do mais, faltou citar que as portas envolvidas no trabalho devem ser liberadas no firewall.
Abraços e parabéns :)

[2] Comentário enviado por msinhore em 21/04/2006 - 13:46h

Olá Otavio,

Eu trabalho somente com Debian e por esse motivo não citei como configurar em outras distribuições. Acredito que os passos para configuração dos aplicatívos deva ser a mesma.
Com relação ao firewall, ele não era objeto do artigo e por esse motivo não citei sua configuração.

Abraços e sucesso.

[3] Comentário enviado por psabs em 21/04/2006 - 20:04h

Olá,

Antes de mais nada , parabéns pelo artigo.

Vc saberia se o distcc e o ccache funcionariam para compilar outros projetos tal como OpenOffice, gnome etc... ? Ou ele apenas serve pra compilar kernel ?

[]

[4] Comentário enviado por removido em 21/04/2006 - 20:31h

O homem enlouqueceu!!!!!!!!!!!...........
Realmente, não faltava mais nada...
O que esse tal de linux não é capaz, hein???
;-P

[5] Comentário enviado por thelinux em 24/04/2006 - 08:46h

Ao Marco Sinhoreli - Parabéns pelo ótimo tutorial.

Ao otavio - cara, isto aqui não é curso. O cara fez um excelente tutorial.

[6] Comentário enviado por msinhore em 24/04/2006 - 10:33h

Olá psabs,

Sem nenhuma restrição para compilar outros códigos. Lembre-se de declarar e exportar as mesmas variaveis antes de chamar o gcc.

Abraços

[7] Comentário enviado por removido em 24/04/2006 - 17:29h

thelinux, não me leve a mal. Realmente é um ótimo artigo.
Apenas expressei uma ideia complementar ao artigo.
Afinal, esse espaço é exatamente para isso, para discução de ideias que possam não apenas elogiar o artigo, mas agregar mais informação :)
Abraços

[8] Comentário enviado por thelinux em 24/04/2006 - 17:43h

Tranquilo otavio. Grande abraço. Bola para frente.

[9] Comentário enviado por israel_miranda em 13/12/2007 - 15:36h

UAU!!!
Cara, eu sei da existência do projeto do bewolf para computação distribuida, mas não fazia idéia que havia um software assim para GCC!!!

Muito bom o artigo, meus parabéns!!!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts