Como instalar pacotes no Sabayon

O artigo descreve as várias maneiras de instalar pacotes no Sabayon Linux e os arquivos de
configuração necessários.

[ Hits: 48.369 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 30/03/2011 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Detalhes e complementos



1) Modificando repositórios para usar Entropy:

Sugere-se que empregue os espelhos brasileiros do Entropy (items 1 e 2), mais próximos e rápidos. Consulte o artigo e a dica abaixo:

Para facilitar para você, pode criar um arquivo (com um editor de texto em modo Root), salvando-o como /etc/entropy/repositories.conf, com todos os repositórios existentes ativos e os espelhos brasileiros funcionando como principais.

Nessas condições, o Sabayon Linux será totalmente atualizado a nível "Bleeding Edge" e "Rolling Release".

Use nesse arquivo, as linhas abaixo tiradas de meu arquivo, testado e funcionante:

# Project Entropy 1.0 repositories configuration file

#
# syntax for repositories (content in square brackets not mandatory):
#
# repository: where the available packages and its database are stored
#
# example (content in square brackets not mandatory):
#
# Sabayon Linux Official Repository

# syntax for developer-repo
#
# developer-repo: Enable this setting to fetch an extended repository database containing
# the whole metadata set (including package ChangeLogs and contents).
# Disabled by default.
# Valid parameters: disable, enable, true, false, disabled, enabled
# developer-repo|disable

#
# syntax for product:
#
# product: Sabayon Linux product type (eg. standard, professional, mini)
# product|product string (no spaces!)
#
# example:
# product|standard
# or:
# product|professional
#
# Product default setting
product|standard

#
# syntax for branch:
#
# branch: in Sabayon Linux each release has its branch that is the version name (eg. 3.4, 3.5)
# branch|actual branch string (no spaces!)
#
# example:
# branch|4
# or:
# branch|5
#
# Branch default setting
branch|5

#
# syntax for officialrepositoryid:
#
# officialrepositoryid: Repository identifier for the official main distribution repository
# officialrepositoryid|<repository identifier>
#
officialrepositoryid|sabayonlinux.org

#
# syntax for downloadspeedlimit:
#
# downloadspeedlimit: If you need a way to limit download speed, this is the option you were looking
# for
# downloadspeedlimit|<maximum allowed speed in kb/sec>
#
# example:
# downloadspeedlimit|30
#
# downloadspeedlimit|

#
# syntax for downloadtimeout:
#
# downloadtimeout: If you are on a slow network, you may want to raise the
# download timeout value (by default, it's set to 10 secs)
# downloadtimeout|<maximum allowed speed in kb/sec>
#
# example:
# downloadtimeout|20
#
# downloadtimeout|20

#
# syntax for securityurl:
#
# securityurl: Entropy compatible Security Advisories (GLSAs) package URL
# securityurl|<HTTP/FTP download URL>
#
# example:
# securityurl|http://community.sabayon.org/security/security-advisories.tar.bz2
#
# securityurl|

# Repositorio Não Oficial SabayonMania, Itália, muito bom, pacotes novos,especialmente multimidia.
# Se quiser remova, ou deixe comentado,ou descomente a linha para usa-lo>

repository|sabayon-mania|Sabayon-Mania repository|http://sabayon-mania.com/repo|http://sabayon-mania.com/repo|

# Repositorios Limbo. Pacotes experimentais, podem ser instáveis. Os dois primeiros, de cima, para baixo,
# sao os Limbo Oficiais, mas o default são os Limbo Brasileiros.
# Descomente as linhas para usar, caso nao use, deixe comentado ou remova>

repository|sabayon-limbo|Sabayon Linux Limbo Repository|http://pkg.sabayonlinux.org/entropy|http://pkg.sabayon.org|
repository|sabayon-limbo|Sabayon Limbo|http://na.mirror.garr.it/mirrors/sabayonlinux/entropy|http://pkg.sabayon.org|
repository|sabayon-limbo|Sabayon Limbo|http://ftp.nluug.nl/pub/os/Linux/distr/sabayonlinux/entropy|http://pkg.sabayon.org|
repository|sabayon-limbo|Sabayon Limbo|ftp://cerberus.itti.ifce.edu.br/entropy|http://pkg.sabayon.org|
repository|sabayon-limbo|Sabayon Limbo|ftp://sabayon.c3sl.ufpr.br/sabayon/entropy|http://pkg.sabayon.org|
repository|sabayon-limbo|Sabayon Limbo|http://cerberus.itti.ifce.edu.br/entropy|http://pkg.sabayon.org|
repository|sabayon-limbo|Sabayon Limbo|http://sabayon.c3sl.ufpr.br/entropy|http://pkg.sabayon.org|

# Repositorios Oficiais - Os 4 últimos são os Brasileiros. o último é o default. De baixo para cima,
# Brasil, Italia Oficial, EUA, Portugal,espelhos rapidos da Republica Tcheca, espelhos rapidos da
# Dinamarca, depois Holanda, Austria,Hungria,Grecia,Australia, Nuie (Pacifico Sul) e Indonesia.
# No momento, os repos da Alemanha e Japao estao offline, e foram removidos >

# Sabayon Linux Official Repositories

repository|sabayonlinux.org|Sabayon Linux Official Repository|http://pkg.sabayon.org|http://pkg.sabayon.org,sabayon.org
repository|sabayonlinux.org||http://www.mirror.in.th/osarchive/sabayonlinux/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://madura.idrepo.or.id/sabayon/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://mirror.dun.nu/sabayonlinux/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://mirror.internode.on.net/pub/sabayonlinux/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://ftp.cc.uoc.gr/mirrors/linux/SabayonLinux/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://ftp.fsn.hu/pub/linux/distributions/sabayon/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://gd.tuwien.ac.at/linux/sabayonlinux/entropy/|
repository|sabayonlinux.org||http://ftp.nluug.nl/pub/os/Linux/distr/sabayonlinux/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://ftp.klid.dk/sabayonlinux/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://ftp.sh.cvut.cz/MIRRORS/sabayon/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://ftp2.cz.freebsd.org/pub/sabayon/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://debian.mirror.dkm.cz/sabayon/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://ftp.rnl.ist.utl.pt/pub/sabayon|
repository|sabayonlinux.org||http://cross-lfs.sabayonlinux.org/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://mirror.us.sabayon.org/sabayon/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://mirror.umoss.org/sabayonlinux/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://na.mirror.garr.it/mirrors/sabayonlinux/entropy|
repository|sabayonlinux.org||ftp://cerberus.itti.ifce.edu.br/entropy|
repository|sabayonlinux.org||ftp://sabayon.c3sl.ufpr.br/sabayon/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://cerberus.itti.ifce.edu.br/entropy|
repository|sabayonlinux.org||http://sabayon.c3sl.ufpr.br/entropy|

# Teste RSYNC. No futuro,o Entropy podera usar repos RSYNC. No momento, nao
# atuam, porisso, deixe-os comentados, ou delete>

# repository = sabayonlinux.org||rsync://mirror.aarnet.edu.au/sabayonlinux/entropy|
# repository = sabayonlinux.org||rsync://gd.tuwien.ac.at/linux/sabayonlinux/entropy|
# repository = sabayonlinux.org||rsync://ftp.nluug.nl/sabayonlinux/entropy|
# repository = sabayonlinux.org||rsync://ftp.SURFnet.nl/sabayonlinux/entropy|
# repository = sabayonlinux.org||rsync://ftp.fsn.hu/ftp/pub/linux/distributions/sabayon/entropy|
# repository = sabayonlinux.org||rsync://ftp.pwsz.elblag.pl/sabayon/entropy|
# repository = sabayonlinux.org||rsync://ftp.pwsz.elblag.pl/sabayon/entropy|
# repository = sabayonlinux.org||rsync://mirror.umoss.org/sabayonlinux/entropy|
# repository = sabayonlinux.org||rsync://sabayon.c3sl.ufpr.br/sabayon|

2) Modificando client.conf para usar Entropy e Portage:

Também para usar Portage no Sabayon, você precisa editar o arquivo /etc/entropy/client.conf, trocando a string "disable" por "enable" na linha referente aos "PseudoDowgrades", para assegurar que a versão mais nova (tanto instalada com Entropy, como com Portage) é a que ficará, até o momento em que outra versão mais nova surgir (também aqui, tanto vinda do Entropy como do Portage).

Assim, sempre terá a última versão do pacote. Para "impor" uma determionada versão, para que não seja atualizada, necessitará "mascara-la" No Entropy ou no Portage. Isso exige alguma prática. Se desejar faze-lo, procure na Internet por "Masked Packages in Gentoo", "Gentoo Masks" etc.

Se não fizer essa edição do client.conf, o Entropy (e o Sulfur) comecarão a pedir "downgrade" de pacotes, como se fossem "upgrades", isto é dirão que as versões "antigas" são as "mais novas". Para consertar isso, será necessário remover todo Entropy, e depois reinstala-lo com Portage, o que não é fácil, nem imediato.

Por essa razão, edite o arquivo e NUNCA INSTALE Entropy com Portage, tipo NÂO FAÇA Este comando:

sudo emerge -av entropy equo sulfur

Mas sim, sempre:

sudo equo install entropy equo sulfur

Para facilitar, já forneço o arquivo /etc/entropy/client.conf adequadamente editado. É o que uso e foi extensivamente testado.

# Project Entropy 1.0 Equo configuration file

# Collision protection
# 0: No protection
# 1: Removal protection (recommended)
# 2: Installation/Removal protection
collision-protect = 1

# Configuration files protection
# This works in the same way of Portage CONFIG_PROTECT but it's Entropy related
#
# syntax for CONFIG_PROTECT:
# config-protect = /path/to/dir1 /path/to/dir2 /path/to/dir3
#
# default: unset, internal variable will be used (this is stored into
# the repository database)
#
# 2: Installation/Removal protection
config-protect = /etc/conf.d /etc/hosts /etc/X11/xorg.conf /etc/X11 /etc/entropy

# Configuration files protection
# This works in the same way of Portage CONFIG_PROTECT_MASK but it's
# Entropy related
#
# syntax for CONFIG_PROTECT_MASK:
# config-protect-mask = /path/to/dir1 /path/to/dir2 /path/to/dir3
#
# default: unset, internal variable will be used (this is stored into the
# repository database)
#
# 2: Installation/Removal protection mask
config-protect-mask = /etc/pam.d

# Configuration files protection
# List of files that should be kept as they are: whose updated config files
# will be rejected
#
# syntax for CONFIG_PROTECT_SKIP:
# config-protect-skip = /path/to/dir1 /path/to/dir2 /path/to/dir3
#
# default: unset, internal variable will be used (this is stored into the
# repository database)
#
# 2: Installation/Removal protection skip
config-protect-skip = /etc/conf.d/hostname /etc/sudoers /etc/exports

# Configuration files backup
# Option to enable/disable automatic backup of files merged by "equo conf update"
# Valid parameters: disable, enable, true, false, disabled, enabled, 0, 1
# Default parameter if unset: enable
files-backup = false

# Extra package hash check modules
# Option to selectively choose what extra package hash checks to execute
# when installing a package. Modules avaiable are sha1, sha256, sha512 and gpg.
# Default parameter if unset: sha1 sha256 sha512 gpg
# PLEASE NOTE: to fully disable GPG feature, please have a look at the
# "gpg" option below.
package-hashes = sha1 gpg

# GnuPG repository and packages verification feature.
# Valid parameters: disable, enable, true, false, disabled, enabled, 0, 1
# Default parameter if unsed: enable
# It is strongly suggested to keep gpg feature enabled.
# gpg = enable

# Force critical updates first
# Option to enable/disable forced critical updates installation.
# Valid parameters: disable, enable, true, false, disabled, enabled, 0, 1
# Default parameter if unset: enable
# forced-updates = enable

# Number of days that should pass before package files
# get removed from cache automatically.
# Note that this feature should be disabled in server-environments where
# storing packages cache is subject to different policies.
# The daemon in charge of this is client-updates-daemon available via
# entropy-client-services package. You may consider cleaning up packages cache
# manually by calling "equo cleanup" either inside a cronjob or by hand.
# Valid parameters: <integer, representing number of days>
# Default parameter if unset: <feature disabled>
# NOTE: values <0 or >365 are not tolerated.
# packages-autoprune-days = 60

# Enable/disable simultaneous download of packages by Entropy Client
# Valid parameters: disable, enable, true, false, disabled, enabled
# By default, if multifetch is enabled, only 3 simultaneous downloads
# are allocated. To change this, just set multifetch to a value between
# 1 and 10.
# Default parameter if unset: disable
# EDITADO PARA BAIXAR PACOTES DO ENTROPY, EM PARALELO
multifetch = enable
# multifetch = 2

# Enable Entropy package delta download (when delta packages are available).
# Running on limited bandwidth? Do you have monthly bandwidth limits?
# Enable this feature and further package updates will be downloaded through
# their .edelta files, saving a lot of bandwidth.
# Default parameter if unset: disable
# packages-delta = disable

# Ignore SPM (Portage) pseudo-downgrades
# USE AT YOUR OWN RISK, IF YOU DON'T KNOW WHAT'S THIS OPTION
# !!!!!!!!!!!!!!!!!! SKIP IT !!!!!!!!!!!!!!!!!!
# !!!!!!!!!!!!!!!!!! SKIP IT !!!!!!!!!!!!!!!!!!
# !!!!!!!!!!!!!!!!!! SKIP IT !!!!!!!!!!!!!!!!!!
# !!!!!!!!!!!!!!!!!! SKIP IT !!!!!!!!!!!!!!!!!!
# This option permits to skip packages with Entropy revision 9999
# from being treaten as downgrades. This usually happens when
# migrating from Portage to Entropy
# Valid parameters: disable, enable, true, false, disabled, enabled, 0, 1
# Default parameter if unset: disable
# EDITADO PARA PODE USAR ENTROPY COM PORTAGE:
ignore-spm-downgrades = enable

# Enable the installation of debug files
# Also known as "splitdebug" support
# Valid parameters: disable, enable, true, false, disabled, enabled, 0, 1
# Default parameter if unset: disable
# splitdebug = disable
# HOW SPLITDEBUG WORKS with Entropy
# Once you enable the "splitdebug" feature
# you just need to (re)install packages in order to
# get /usr/lib/debug metadata files installed. That's it.
# You can safely remove /usr/lib/debug without affecting
# Operating System functionality, at any time.

Aqui, é conveniente salientar que o Entropy pode ser acelerado, baixando os pacotes em paralelo. No arquivo /etc/entropy/client.conf acima, ele já está editado na linha "multifetch". Na média, use 1 pacote para cada 1 Mega de velocidade de rede. Para uma rede como a minha de 2 Mega, use 2 ou 3 pacotes (veja "multifetch" no arquivo acima).

3) Editando make.conf, para usar Portage:

Ainda, para usar Portage, é preciso editar o arquivo /etc/make.conf, acertando os Espelhos Gentoo para o Brasil, regulando as FLAGS de compilação, tornando-as adequadas ao seu sistema, controlando a Lingua dos aplicativos, a arquitetura de seu hardware etc. Por exemplo o uso da FLAG "March=native" garante que seu pacote será compilado de maneira otimizada para seu micro.

Importante acertar as FLAGS Globais USE=, para o hardware e os pacotes que você utiliza.

Para facilitar, aqui também forneço o /etc/make.conf adequado para um Sabayon de 64 Bits, instalado em uma máquina AMD Athlon X2, 64 Bits, duplo núcleo, usando espelhos Gentoo Brasileiros Oficiais. Se necessário, modifique-o para seu computador.

# These settings were set by the catalyst build script that automatically built this stage
# Please consult /etc/make.conf.example for a more detailed example

# CFLAGS="-O2 -march=x86-64 -pipe"
# CFLAGS="-march=athlon64 -O2 -pipe"
CFLAGS="-march=native -O2 -pipe -fomit-frame-pointer"
CHOST="x86_64-pc-linux-gnu"
CXXFLAGS="${CFLAGS}"
LDFLAGS="-Wl,-O2,--as-needed"
ACCEPT_KEYWORDS="~amd64"
MAKEOPTS="-j6 -s"
FEATURES="parallel-fetch collision-protect"
RUBY_TARGETS="ruby19"
#PORTAGE_NICENESS="12"
LINGUAS="pt_BR pt"
ACCEPT_LICENSE="*"

## USE ARRAYS ##
SAB_BAD="-kdeprefix -arts -qt3 -beagle -gnome -evo -mono -eds -apm -oss -branding -esd"
SAB_MEDIA="musicbrainz sdl pulseaudio wmf fame cdr dvi mp3rtp xine cddb alsa dvb dvd network dvdread ipod audiofile artswrappersuid dvdr jack dri cdda mjpeg mmx joystick xvmc cpudetection v4l v4l2"
SAB_CODECS="x264 gsm lame dv mp3 stream live openal theora ogg a52 win32codecs matroska xvid flac ffmpeg aac speex real dts musepack"
SAB_SYSTEM="cjk ruby unicode gnutls nptl gcj hal udev kerberos acl dbus bash-completion lzo rar policykit xcb bzip2 bidi wifi lm_sensors acpi usb pcmcia bluetooth irda ieee1394"
SAB_FILESYS="fat hfs jfs xfs ntfs reiserfs sysfs inotify"
SAB_PRINT="cups ppds foomatic-db gimpprint freetype xprint scanner"
SAB_XSYS="cairo X opengl png gif gtk qt4 qt3support xpm tiff xinerama aiglx svg gphoto2 dga lcd openexr"
SAB_DESKTOP="kdehiddenvisibility gmp libnotify rdesktop pda zeroconf kdeenablefinal visualization avahi startup-notification accessibility"
SAB_BROWSER="nsplugin firefox mozdevelop xulrunner"
SAB_COMMS="jabber msn yahoo icq irc aim rss slp mail imap"

USE="${SAB_BAD} ${SAB_MEDIA} ${SAB_CODECS} ${SAB_SYSTEM} ${SAB_FILESYS} ${SAB_PRINT} ${SAB_XSYS} ${SAB_DESKTOP} ${SAB_BROWSER} ${SAB_COMMS}"

## DEVICES ##
INPUT_DEVICES="evdev keyboard mouse void"
VIDEO_CARDS="fbdev vesa nv nvidia"
LIRC_DEVICES="audio audio_alsa serial"
ALSA_CARDS="emu10k1x darla20 darla24 emu10k1 gina20 gina24 hdsp hdspm ice1712 indigo indigoio layla20 layla24 mia mixart mona pcxhr rme32 rme96 sb16 sbawe sscape usbusx2y vx222 usb-usx2y"
CAMERAS="agfa_cl20 casio_qv dimagev dimera3500 kodak_dc120 kodak_dc210 kodak_dc240 kodak_dc3200 kodak_ez200 konica_qm150 panasonic_coolshot panasonic_dc1000 panasonic_dc1580 panasonic_l859 polaroid_pdc320 polaroid_pdc640 polaroid_pdc700 ricoh_g3 sipix_blink sipix_blink2 sipix_web2 sony_dscf1 sony_dscf55 toshiba_pdrm11 adc65 aox barbie canon clicksmart310 digigr8 digita directory enigma13 fuji gsmart300 hp215 iclick jamcam jd11 konica largan lg_gsm mars mustek pccam300 pccam600 ptp2 ricoh samsung sierra smal sonix soundvision spca50x sq905 stv0674 stv0680 sx330z template"

## PORTAGE CONFIG ##
source /var/lib/layman/make.conf
CONFIG_PROTECT="/usr/share/config/kdm /etc"
CONFIG_PROTECT_MASK="/etc/skel"
APACHE2_MPMS="prefork"

# Servidor de sincronismo, Latino-Americano:

SYNC="rsync://rsync.samerica.gentoo.org/gentoo-portage"
# SYNC="rsync://gentoo.c3sl.ufpr.br/gentoo/"
# SYNC="rsync://gentoo.lcc.ufmg.br/gentoo-sources"

# Mirrors do Gentoo Atualizados. Pela ordem: Brasil, depois
# Argentina, depois Ibiblio Internacional e Ibiblio EUA. Se preferir
# outros espelhos, modifique ou comente tudo (com #), caso queira
# apenas usar o rsync. Alternativamente, use os comandos do "mirrorselect"

GENTOO_MIRRORS="ftp://ftp.las.ic.unicamp.br/pub/gentoo/
http://www.las.ic.unicamp.br/pub/gentoo/
ftp://gentoo.c3sl.ufpr.br/gentoo/
http://gentoo.c3sl.ufpr.br/
http://gentoo.lcc.ufmg.br/
rsync://gentoo.c3sl.ufpr.br/gentoo/
rsync://gentoo.lcc.ufmg.br/gentoo-sources
ftp://mirrors.localhost.net.ar/pub/mirrors/gentoo
http://gentoo.localhost.net.ar/
http://ibiblio.org/pub/Linux/MIRRORS.html
ftp://distro.ibiblio.org/pub/linux/distributions/gentoo/
http://distro.ibiblio.org/pub/linux/distributions/gentoo/"


# Icecream setup
#PREROOTPATH="/usr/lib/ccache/bin:/usr/lib/icecc/bin"

Com adaptações, esse make.conf também pode ser usado no Gentoo, e com várias modificações (não recomendado, pois o da Distro é gerado com Metro e não com Catalyst) no Funtoo, pois o Funtoo usa GIT e não RSYNC.

4) Comandos e observações adicionais para quem usa Portage junto com Entropy.

Quem for usar somente Portage no Sabayon, poderá remover definitivamente o Entropy, com os comandos:

sudo emerge -C --nodeps entropy equo sulfur magneto

E delete do disco rígido, todos os arquivos e pastas do Entropy. Obviamente, não será necessário seguir os passos descritos em 1 e 2.

O contrário (para que usará sempre só o Entropy), não! NUNCA REMOVA o Portage, em nenhum Gentoo ou Gentoo Like, pois a dependências e pacotes essenciais são muitas e não conseguirá instalar mais nada, e a recuperação de Portage não é muito fácil.

Além disso, o Entropy usa a sessão instaladora do Portage para instalar o Binário e usa o GCC para adaptá-lo.

Para quem (como eu) usa muito Entropy junto com Portage, de vez em quando, é necessário tomar precauções adicionais (a a d):

a) Quando o Portage pedir para fazer o comando "revdep-rebuild", não o faça e substitua por:

sudo equo libtest && sudo equo deptest

b) Não use em Sabayon, comandos de Portage recompiladores da Distro toda ou de vários pacotes (tipo "emerge world" ou com opções profundas tipo "--clean" ou "--deepclean") a não ser com muita prática. Sabayon tem muitos pacotes, e possívelmente vários serão quebrados. Por outro lado, no Gentoo, você instala só o que quer, porisso é sempre menor, mais leve.

c) De vez em quando, limpe a instalação dos pacotes "via" Entropy e atualize e sincronize as árvores do Portage com a do Entropy, através dos comandos abaixo, em ordem:

sudo emerge --sync
$ sudo layman -S
$ sudo equo update --force
$ sudo equo upgrade
$ sudo equo libtest
$ sudo equo deptest
$ sudo equo cleanup
$ sudo equo rescue spmsync


d) Quando for solicitado para fazer comandos de ajustar arquivos de configuração (após instalação de algo), se estiver usando Portage, faça os comandos:

sudo etc-update
ou
dispatchconf
ou
sudo etc-proposals

E se estiver usando Entropy, ao invés, faça:

sudo equo conf update

Em ambos os casos, cuidado para não sobrescrever o arquivo /etc/entropy/client.conf (item 2).

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Método geral, usando Entropy ou Sulfur
   2. Baixando pacotes do Entropy, manualmente
   3. Usando Entropy Store
   4. Usando Portage, à maneira do Gentoo
   5. Detalhes e complementos
   6. Outros métodos, PackageKit, conclusão
Outros artigos deste autor

Como traduzir Software Livre - Um método fácil

Resolvendo problemas de rede em Linux

openSUSE - As várias formas de atualizá-lo e de instalar pacotes

A teoria Linux por trás dos acessos e dos atalhos

Experimentos com remasterização de Sabayon

Leitura recomendada

Instalação do Software de Monitoramento Zabbix

Experimentos com remasterização de Sabayon

Monitorando Weblogic em DomainRuntime com Zabbix

Backup de email Google Apps e Gmail

OcoMon RC6 + AD - Instalação e configuração

  
Comentários
[1] Comentário enviado por nicolo em 31/03/2011 - 07:43h

Essa estoria de rolling distro , , como eh mesmo?
Quer dizer que a gente instala e vai atualizando sempre sem precisar instalar uma nova versao? Eh milagroso assim ?

Funciona?

Como se comportam os programas extra respositorio, como o vmwareplayer (por exemplo)?


[2] Comentário enviado por albfneto em 31/03/2011 - 10:02h

Nicolo.
Funciona sim, é isso mesmo ele atualiza todo dia, se vc quiser.... ! (***)
só clicar nas atualizações, sulfur,ou dar os comandos para atualizar e pronto...
assim são o Sabayon, o Gentoo (não automático, mas basta dar o comandos), e a maior parte dos Gentoo Like.
Um debian assim é o aptosid, um debian Rolling Release.
Dizem que Arch linux, tb, no Arch porém não é automático, precisa dar o comando pacman.
se usar packagekit, pode ser incluisve atualizado auto, em segundo plano vc nem vê (mas eu não gosto)

veja abaixo, porque?

Porque a desvantagem é que as Rolling Release usam pacotes Trunk, unstable e testing!
principalmente com repositorios unstable, Limbo, ativados, como minhas instalações de Sabayon:

Deste modo, pacotes podem por ex. quebrar r aí tem que arrumar, portanto, de uma certa forma, Rolling Release é para quem gosta de fuçar.
ex. vc tem um tocador, ex Clementine, vc atualiza ,ou o sistema atualiza sozinho e pronto... o clementine não funciona, aí precisa fuçar ou mexer.

Agora, para quem não quer perder a estabilidade, pode usar o Sabayon, sem rodar as atualizações, é só não abrir o sulfur, ou não fazer "equo update",
mas para quem gosta de Roilling Release, dá comichão rodar! rsrsrsrrss

Ex. meu Sabayon atual principal é 5.5 KDE + GNOME. originalmente era 5.1, faz um ano que não re-instalo, ou mais de um ano, tudo ele troca até os temas.
meu Gentoo tem um ano mais ou menos.

(***) - Extra repositório.

Extra repositório, nos Gentoos, são Ebuilds, e os programas são fontes.

Podem ser baixados de Repos Portage, Gentoo e instalados-compilados, "via método do Overlay Local".

Caso não existam Os Ebuilds,pacotes que não existem para Gentoo,pode-se baixar, expandir os fontes e compilar (./configure, make,make install) (como se faria no slackware).

Como não são pacotes tipo Gentoo, nem de Entropy, não aparecerão nas listas de arvore, nem de Portage e nem de Entropy e não serão atualizados automático.

certos pacotes, como Mercury (mensageiro instantâneo) o pacote do slackware funciona perfeito, basta expandir,é pré-compilado. Este é um exemplo de um pacote "não Gentoo", não há Ebuild para Mercury, nem no Portage, nem em nenhum Overlay, que eu saiba.



[3] Comentário enviado por albfneto em 31/03/2011 - 10:19h

(***) COMPLEMENTOS DO ARTIGO:

1) Este screenshot mostra as atualizações, antes de rodar o Sulfur (ou o comando equo upgrade) de hoje 31/03/2011.
Apenas 14 horas de intervalo da última atualização, já há 99 pacotes possíveis de atualização. Quando a versão é a mesma, são "patches":

http://www.brimg.info/uploads/1/77660cf653.png

2)EDITAR MAKE.CONF: Detalhes de como editar o make.conf para Portage, veja o artigo abaixo e Home-Pages citadas nele:

http://www.linuxfast.com.br/artigo/Como-e-por-que-editar-o-make.conf-para-Gentoo-e-Distros-Baseadas-....

3)FAZER DOWNGRADE DE PACOTES: Se precisar fazer DOWGRADE de algum pacote, isso agora pode ser feito com o uso do repositório Weekly, do Time do Sabayon. Sigas as instruções dadss (em Inglês, Italiano) em:

http://sabayon-mania.com/forum/sabayonlinux-problemi-generali/sabayon-weekly-repository/
https://lxnay.wordpress.com/2011/03/09/announcing-the-sabayon-weekly-entropy-repository/

4) Detalhes de como usar Entropy junto com Portage;

http://www.linuxfast.com.br/artigo/Sabayon-e-Gentoo.-Como-usar-Entropy-junto-com-Portage.

[4] Comentário enviado por Rubens Luccas em 11/04/2011 - 14:20h

Olá Alberto!

Li uma série de artigos seus sobre o Sabayon e tomei coragem para testa-lo. Queimei uma ISO do Sabayon 5.5 XFCE e instalei o sistema tomando todos os cuidados recomendados em seus artigos.

Gostei muito da distro mas senti falta de uma funcionalidade a qual estou acostumado. No Debian, o Synaptic possui um filtro que indica os pacotes recomendados ainda não instalados. Gostaria de saber se o Sulfur possui filtro semelhante, ou ainda, se há alguma outra ferramenta que me permita verificar as recomendações para poder instala-las.

Muito obrigado.

[5] Comentário enviado por possiventura em 08/08/2011 - 02:04h

Alberto ,
como capturar a tela no sabayon 6 E17 LiveCD ? o que instalar e como ?
não encontrei nenhum aplicativo.
saudações ,
tadeu filippini

[6] Comentário enviado por diegocabral484 em 06/11/2011 - 14:43h

Alberto! Queria saber porque os espelhos brasileiros do Sabayon estão todos fora do ar desde ontem! Alguma mudança ou os servidores foram desativados?

[7] Comentário enviado por kholyphoenix1 em 14/10/2017 - 08:24h

Não consigo instalar o Kazam...
equo install media-video/kazam-1.0.7-r1


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts