CentOS 5.8 - MySQL Cluster 7.1 + HAProxy

Neste presente artigo, vou abordar a configuração do MySQL Cluster para se obter alta disponibilidade, e também o
HAProxy, para balancear toda carga deste mesmo banco de dados.

[ Hits: 37.015 ]

Por: evandro matos couto em 10/04/2012


Configuração



A ordem em que os componentes do Cluster devem ser iniciados, é a seguinte:
  1. MANAGEMENT NODES
  2. DATA/STORAGE NODES
  3. SQL/API NODES

Possíveis problemas podem acontecer ao tentar levantar um Cluster pela primeira vez, e talvez, o administrador precisará tentar persistir com alguns nós muito sensíveis às redes com muitas 'colisões'.

Ao 'startar' os componentes de um Cluster, é possível acompanhar as mensagens trocadas entre os mesmo através do Log do Cluster localizado no Management Node, também chamado de Cluster log;

# tail -f /var/lib/mysql/ndb_1_out.log

O comando 'all report memory' serve para mostrar o uso da memória de todos os nodes. Exemplo:

ndb_mgm> all report memory
Node 3: Data usage is 0%(24 32K pages of total 4800)
Node 3: Index usage is 0%(17 8K pages of total 19232)
Node 4: Data usage is 0%(24 32K pages of total 4800)
Node 4: Index usage is 0%(17 8K pages of total 19232)

Todo o gerenciamento nativo do MySQL Cluster é realizado através do(s) Management Node(s), através do 'client ndb_mgm', que permite ao administrador do Cluster monitorar todos os nós:

ndb_mgm> show
Cluster Configuration
---------------------
[ndbd(NDB)]   2 node(s)
id=3   @192.168.50.12  (mysql-5.1.56 ndb-7.1.15, Nodegroup: 0, Master)
id=4   @192.168.50.13  (mysql-5.1.56 ndb-7.1.15, Nodegroup: 0)

[ndb_mgmd(MGM)]   2 node(s)
id=1   @192.168.50.10  (mysql-5.1.56 ndb-7.1.15)
id=2   @192.168.50.11  (mysql-5.1.56 ndb-7.1.15)

[mysqld(API)]   3 node(s)
id=5   @192.168.50.14  (mysql-5.1.56 ndb-7.1.15)
id=6   @192.168.50.15  (mysql-5.1.56 ndb-7.1.15)
id=7 (not connected, accepting connect from any host)

Através do 'ndb_mgm', é possível utilizar os seguintes comandos visando a manutenção de todo o Cluster:
  • SHOW: Utilizado para exibir os nós ativos ou inativos do Cluster.
  • START: Utilizado para iniciar os Data Nodes.
    Uma vez combinado com a declaração ALL, poderá iniciar todos os data nodes de um Cluster com apenas um comando, exemplo: ALL START.
  • STOP: Utilizado apenas com Data Nodes, e também pode ser combinado com ALL, para parar todos os Data Nodes de Cluster.
  • RESTART: Utilizado para reiniciar um ou mais data nodes que esteja atualmente rodando, também é possível utilizar o ALL.
  • SHUTDOWN: Este comando desmonta todos os nós do Cluster.
  • EXIT: Este comando finaliza uma conexão com o 'ndb_mgmd', através do 'ndb_mgm'.

Continua na página 6.
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação do servidor MGM
   3. Instalação dos Nodes de NDB
   4. Instalação dos Nodes SQL's
   5. Configuração
   6. Armazenamento
   7. Backup e Restore
   8. Restore MySQLdump
   9. Instalando e Configurando o HAProxy – Load Balance
Outros artigos deste autor

Nagios 4 com Check_MK 1.2.5i3 no CentOS 6.5 x64

Instalação do Nagios Core no CentOS 5.5

Clonagem de HDs com o PHANTOM & UDPCAST no CentOS

Alta disponibilidade: CentOS 6 - configurando os pacotes DRBD com gfs2 - parte 1

Docker Linux Container - Open vSwitch Containers - Múltiplos Servidores

Leitura recomendada

Instalação do Moodle 3.0 no CentOS 7

História do GNU/Linux: 1965 assim tudo começou!

Guia Introdutório do Linux III

TDE no openSUSE

Usando cron e crontab para agendar tarefas

  
Comentários
[1] Comentário enviado por jorgeantonyo em 19/01/2016 - 16:42h

Como você realizou a configuração do haproxy com mysql ?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts