Cansou do Konsole e GNOME-Terminal? Existem outros terminais, escolha o seu!

Este artigo sumariza os principais terminais e tipos de terminal, alternativas aos famosos Konsole e GNOME-Terminal.

[ Hits: 51.014 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 16/11/2010 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Xterm, Aterm, Eterm, Mrxvt etc



Obs.: Os terminais aqui descritos e mostrados foram testados rodando em dois computadores. Um Athlon X2, 64 bits e um Semprom de 32 bits, usando Sabayon Linux 5.4 (64 Bits) atualizado ou Sabayon 4.0r1 parcialmente atualizado. Ambientes gráficos usados: KDE, GNOME, LXDE e XFCE.

No Semprom, Sabayon antigo foi usado pois é a única combinação de Kernel-Driver NVIDIA (2.6.28 com driver série 173) que possibilitou usar efeitos 3D nessa antiga placa de vídeo GForce 5500.

Os pacotes dos terminais foram instalados de maneira regular no Sabayon-Gentoo. Isto é, usando Entropy ou Portage.

Chegamos ao ponto (veja Página 1). Para rodar comandos precisaríamos agora digitá-los na janela de Shell Puro ("Tela Preta").

Modernamente, prefere-se empregar bonitas e práticas interfaces gráficas, como o KDE, GNOME ou outras.

Para isso, o Bash (e/ou, o Shell) precisam de um complemento, uma janela de um Gerenciador de Janelas, em outras palavras, um "Terminal".

O tipo mais simples de terminal é o Xterm (o terminal padrão do X-Window). Para vê-lo ou acessá-lo no seu computador, aperte "ALT+F2" e digite "xterm" e Enter.

O Xterm é simples, pouco configurável e sem barras, enfeites, mas é rápido e estável e pode ser melhorado:
Os "Dinossauros" do Linux gostam muito, mas ele não satisfaz ao usuário comum, que prefere algo mais amigável e configurável.

Por isso, em muitas interfaces gráficas, usam-se outros terminais e/ou tipos de terminal. Os mais comuns são os que você provavelmente conhece e usa: o Konsole (do KDE) e o GNOME-Terminal (do GNOME), mas existem outros.

Eles se dividem em três tipos tipos: A - Os que são modificações do próprio Xterm (esta página) ou outros terminais. As vezes são chamados "Terminais Virtuais";

B - Emuladores de terminal, janelas amigáveis de Gerenciadores de Janelas aonde o próprio Xterm ou modificações rodam (página 3).

Ainda existem os do tipo C, terminais especiais, totalmente reescritos. As vezes, podem usar ter próprio Shell, mas para maior aplicabilidade, são sempre compatíveis com Bash, Zsh etc... (página 4).

A) terminais baseados em outros terminais:

1) ATERM:

Uma derivação do Xterm, do Rxvt e do Mrxvt, Aterm é um terminal desenvolvido originalmente (e hoje, é o padrão) para o Gerenciador de Janelas AfterStep, mas roda independente de qualquer interface gráfica e só precisa de X-Window.

É um dos terminais favoritos dos usuários de Fluxbox. Uma modificação com abas é o Multi-Aterm.
2) RXVT ("ouR eXtended Virtual Terminal")

Uma dos mais antigos terminais, feito a partir do código do Xterm, é o Rxvt.

É um outro terminal simples, o padrão no gerenciador de janelas FVWM e proposto como substituto do XTerm.

É uma derivação colorida do antigo VT102 ("Virtual Terminal" para Unix). Seu antecessor chamava-se Xvt (variante do VT100) e um dos aperfeiçoamentos dele é o Mrxvt.

variantes dele feitas para o AfterStep (Urxvt, "Unicode" Rxvt).

3) ETERM

Outra modificação muito melhorada do VT102. É um terminal leve, mas bonito e personalizável:
que aceita fundos (papéis de parede) e efeitos como transparências. É muito usado no Fluxbox, e eu uso no Enlightenment-17 (E17), porque acho que combina bem, fica legal. Um dos terminais que mais gosto. Há várias outras dicas sôbre ele aqui no VOL (veja na barra de busca do VOL).

Diferente de outros terminais (que geralmente abrem com o comando em minúsculas, ex. "xterm"), o eterm abre com o comando com a primeira letra maiúscula (Aterm). Como outros terminais, pode abrir já configurado via linha de comando. Por exemplo, em qualquer tipo de terminal, tente:

Eterm -x -0 --trans --scrollbar=on --buttonbar 0 --geometry 79x35+13+495 -f lightblue

Neste outro exemplo, uma configuração para o Aterm:

aterm +sb -tint red -tr -trsb -fg white -sh 70 -g 65x20 -title MeuAterm.

4) MRXVT (("Multi-Tabbed" rxvt)

Uma outra modificação do Rxvt. Outro dos meus terminais favoritos.

Muito interessante porquê sem mexer em sua configuração, ele pode abrir Abas e assim atuar como se fossem várias janelas de Terminais, onde podem ser digitados vários comandos independentes e personalizáveis, inclusive usando "Shells" diferentes.

Roda em GNOME, KDE e qualquer outro ambiente gráfico. Também é levíssimo, rápido e muito eficiente. Aceita fundos e transparências e tem suporte a codificação de caracteres e alfabetos asiáticos.
Na figura abaixo são mostrados, de cima para baixo, da direita para a esquerda (tipo "sentido de leitura") respectivamente: o Aterm, Eterm, Rxvt, Mrxvt e Xterm.
Linux: Cansou do Konsole e GNOME-Terminal? Existem outros terminais, escolha o Seu!
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução, interpretador de comando e shell
   2. Xterm, Aterm, Eterm, Mrxvt etc
   3. GNOME-Terminal, LXTerminal, Terminal-E etc
   4. Konsole e Mlterm
   5. Outros terminais e aplicativos de terminal, conclusões
Outros artigos deste autor

Como usar o Bugzilla do Sabayon

Otimizando o Sabayon Linux (inclusive o Firefox)

Introdução aos ambientes gráficos e gerenciadores de janelas menos conhecidos

Experimento com Linux (parte 2): de Sabayon a... Gentoo e Funtoo!

Experimento: Transformando openSUSE 12.3 Tumbleweed em 13.2 Factory Milestone 0

Leitura recomendada

Enviar e-mail pelo terminal com mutt

Programando em Shell Script para iniciantes

Montando, monitorando e gerando logs dos compartilhamento NFS automaticamente

Shell Script 1 - Básico

Introdução ao Shell Script - Baseado no livro de Ken O. Burtch

  
Comentários
[1] Comentário enviado por izaias em 16/11/2010 - 11:07h

Uma verdadeira aula.
Amplas variações e para todos os gostos.
Mais uma referência para toda a comunidade Linux.

Excelente artigo Alberto.

Isto é Linux!

[2] Comentário enviado por diegorubin em 16/11/2010 - 12:21h

Um terminal que gosto bastante e que tem sido muito útil é o Terminator. Este terminal tem possibilidade de fazer splits.

Muito bom o artigo.

Falou.

[3] Comentário enviado por stilldre em 16/11/2010 - 14:10h

sempre uso o yakuake! excelente tutorial, parabéns!

[4] Comentário enviado por aline.abreu em 16/11/2010 - 14:30h

Muito, muito interessante!!!!

[5] Comentário enviado por leovailati em 16/11/2010 - 18:43h

Faltou o Terminator, que eu uso no trabalho:

http://software.jessies.org/terminator/

[6] Comentário enviado por mcnd2 em 16/11/2010 - 19:26h

Muito bom!

É essa a diferença em usar GNU/Linux.
Muitas variedades de configurações com um detalhe, tendo o mesmo efeito.

Artigo 10.

[7] Comentário enviado por Fabio_Farias em 17/11/2010 - 13:20h

Mais um belo trabalho do albfneto.
No meu limitado conhecimento não pensei que existiam tantas diferenças entre os terminais.
Obrigado amigo pela excelente contribuição.
Abraços!

[8] Comentário enviado por trombel em 17/11/2010 - 18:28h

Artigo muito bom. Não fazia idéia da variedade de terminais.
Uma pergunta: na frase " Sua utilidade é óbvia, pois vai interpretar letras de alfabetos Russo, Japonês, Vietnamita, Punjabi etc para usuários que não escrevem com alfabeto arábico.", quando fala do mlterm, a expressão "que não escrevem com alfabeto arábico" não deveria ser "que não escrevem com alfabeto latino" ?

Abraços!

[9] Comentário enviado por albfneto em 18/11/2010 - 12:43h

ERRATA:

Concordo. lembrou bem. Não é alfabeto arábico,é alfabeto latino!

Os numerais que usamos é que são arábicos! rsrsr
Falha nossa! rsrsr

[10] Comentário enviado por mvquintella em 18/11/2010 - 13:00h

Instalei o Guake no Ubuntu. Muito bem!
Obrigado pela dica!


[12] Comentário enviado por bonilhasilvio em 03/07/2012 - 20:15h

Utilizo GNU/Linux há mais de 10 anos, como servidores e como estação de trabalho. Poucas vezes troquei a pele do bichinho. Desde as primeiras versões do Conectiva, RedHat, Mandrak, Debian, Slackware, Kurumim, (a versão 7 estava muito boa) e por fim Ubuntu. Lendo esse artigo me animei a trocar a pele do meu Gnome, vamos ver se me dou bem...

[13] Comentário enviado por albfneto em 29/10/2012 - 17:15h

COMPLEMENTO

Outros Terminais. Exemplo o Terminator

http://www.vivaolinux.com.br/dica/Terminator-Um-terminal-muito-interessante


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts