Brutal DOOM no Linux Mint (Ubuntu)

Este artigo pode ser visto como um complemento para o artigo anterior "Jogue DOOM clássico completo no Linux com Prboom". Dessa vez, mostro como jogar DOOM usando o Zandronum, permitindo assim jogar o Brutal DOOM (modo muito mais violento e com efeitos especiais), que não é possível com o Prboom.

[ Hits: 7.487 ]

Por: Xerxes Lins em 05/03/2015 | Blog: https://voidlinux.org/


Introdução



Este artigo supõe que você leu e seguiu o artigo anterior (pelo menos para obter os IWAD):
Obs. 1: este artigo trata de um jogo violento.

Obs. 2: testei o artigo no Linux Mint 17.1 (base em Ubuntu 10.04 LTS) com ambiente MATE.

O que é Brutal DOOM

Brutal DOOM é uma modificação do jogo DOOM clássico, iniciada em 2010. O diferencial dessa modificação é a inclusão de detalhes extras como efeitos de iluminação, maior quantidade de sangue, miolos, pedaços dos monstros voando quando são atingidos, animações diversas como o zumbi se arrastando após levar um tiro ou pulando numa perna só. As armas também foram modificadas. Jogadores do DOOM clássico perceberão logo as novidades.

Mais informações em:
Página oficial:
Aqui há dois exemplos onde podemos ver os efeitos adicionados ao DOOM clássico:
Exagerado? Com certeza! Mas traz uma renovação ao jogo clássico e talvez o torne mais divertido.

Zandronum

Infelizmente o Brutal DOOM não é compatível com o Prboom, usado no artigo anterior. Mas é compatível com outros engines, como: Gzdoom e Zandronum. Este artigo mostra como rodar o Brutal DOOM usando o engine Zandronum + doomseeker.

Para instalá-lo:

sudo apt-add-repository 'deb http://debian.drdteam.org/ stable multiverse'
wget -O - http://debian.drdteam.org/drdteam.gpg | sudo apt-key add -
sudo apt-get update
sudo apt-get install zandronum doomseeker-zandronum

Agora que você instalou o engine, precisa baixar o Brutal DOOM. Para isso acesse:
Clique em "Brutal Doom version 19" (a versão atual enquanto crio este artigo é 19, mas isso deve mudar com o tempo).
Linux: Brutal DOOM no Linux Mint (Ubuntu)
Depois clique em "Doom Metal Soundtrack Mod" para baixar a trilha sonora:
Linux: Brutal DOOM no Linux Mint (Ubuntu)
Crie um diretório chamado "skins" dentro do diretório correto:

mkdir /usr/games/zandronum/skins

Supondo que os arquivos "brutal19.zip" e "DoomMetalVol4.zip" foram salvos no seu diretório pessoal de "Downloads", execute:

cd ~/Downloads
unzip brutal19.zip -d /usr/games/zandronum/skins
unzip DoomMetalVol4.zip -d /usr/games/zandronum/skins

Isso extrairá o conteúdo dos pacotes dentro do diretório "skins".

Feito isso, as modificações do DOOM estarão salvas, bem como a nova trilha sonora (* importantíssimo! Trata-se de uma remixagem das músicas originais do DOOM com um clima de metal, muito bom mesmo!). Agora, a próxima etapa é executar o aplicativo, escolher o IWAD, alterar as configurações e se divertir.

Execute:

doomseeker

Verá uma janela assim:
Linux: Brutal DOOM no Linux Mint (Ubuntu)
Se for pedido para configurar algo no programa, não precisa, ignore. Não vou mostrar neste artigo como jogar online, apenas offline.

Escolha: File → Create Server
Linux: Brutal DOOM no Linux Mint (Ubuntu)
Em IWAD, escolha o arquivo IWAD que, no artigo anterior, salvamos em /usr/share/games/doom.
Linux: Brutal DOOM no Linux Mint (Ubuntu)
Caso queira usar algum WAD, clique em "Add" e escolha os WAD.
Linux: Brutal DOOM no Linux Mint (Ubuntu)
Obs.: para saber a diferença entre IWAD e WAD, leia o artigo anterior.

Depois, clique em "Play offline" para jogar.

Pressione Esc para ver o menu e escolha "Options":
Linux: Brutal DOOM no Linux Mint (Ubuntu)
Escolha "SET VIDEO MODE":
Linux: Brutal DOOM no Linux Mint (Ubuntu)
Nesta parte, você poderá configurar a resolução ideal e escolher jogar em tela cheia (para isso, escolha "FULLSCREEN yes"). EM RENDERER mude para OpenGL se quiser uma imagem melhor.
Linux: Brutal DOOM no Linux Mint (Ubuntu)
Em: DISPLAY OPTIONS → HUD OPTIONS, defina uma mira (CROSSHAIR). Particularmente, acho muito útil.
Linux: Brutal DOOM no Linux Mint (Ubuntu)
Depois volte ao menu inicial pressionando Esc e saia do jogo escolhendo QUIT. Para as modificações surtirem efeito precisa reiniciar o jogo.

Mas há uma forma mais simples de iniciar o jogo offline. Primeiro edite o arquivo de configuração do Zandronum:

pluma .zandronum/zandronum.ini

Pluma é um editor de texto. Troque pelo seu editor favorito, como Gedit, Nano, Vi etc. Procure pelo seguinte trecho:

[IWADSearch.Directories]
Path=.
Path=$DOOMWADDIR
Path=~/.zandronum
Path=/usr/local/share/

Adicione mais uma linha com o caminho dos IWAD que escolhemos no artigo anterior, deixando assim:

[IWADSearch.Directories]
Path=.
Path=$DOOMWADDIR
Path=~/.zandronum
Path=/usr/local/share/
Path=/usr/share/games/doom

Salve e feche. Depois disso, basta executar:

zandronum

Uma janela será aberta para escolher o jogo:
Linux: Brutal DOOM no Linux Mint (Ubuntu)
Dicas:
  • Recarregue sua arma com a tecla R. Se quiser, em OPTIONS, ajuste os controles do teclado para suas preferências, adicionando o chute (arma secundária). Eu prefiro abrir as portas com a tecla E ao invés de ESPAÇO, por exemplo.
  • Ao iniciar o jogo, você pode invocar marines para ajudar. Basta ir em OPTIONS, GO TO CONSOLE e digitar "summon marine" (sem aspas) e depois pressionar Enter. Pressione Esc para fechar o terminal. Eles serão seus amigos.

Para ver o resultado em invocar marines, assista:
Este artigo foi feito inspirado no seguinte vídeo que encontrei:
Eu queria instalar o Brutal DOOM no Linux e das formas que eu vi, essa me pareceu a mais simples.

É isso! Abraço!

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Arch BSD - Instalação em VirtualBox

LAMP no Funtoo Linux em 15 minutos

Como fazer hackergotchi (ou avatar de cabeça flutuante)

Fedorinha, fedorão: comandinhos de montão

Mamãe, quero Arch! (parte 1)

Leitura recomendada

Por que existem mais games para Windows do que para Linux?

Netpanzer :: batalha de tanques multiplayer

Linux e jogos, um mercado em expansão

Jogando Duke Nukem online com YANG e Ubuntu/Debian

Tactical Ops no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por brian_ch em 05/03/2015 - 21:18h

Poxa, que bom ver um fã de Doom por aqui!
O Brutal Doom é excelente mesmo, também é muito bom pra jogar em modo cooperativo pela internet, apesar de pesar na performance (é tanto sangue e pedaços de monstros que a placa de vídeo as vezes não dá conta! rsrsrs)

Eu gosto do Zandronum, ele tem bons recursos e uma comunidade bem ativa, o ruim é que ele usa a biblioteca de áudio FMOD, que é de código fechado.

Outro port interessante é o Odamex[1], ele não tem dependências de código fechado e tem umas coisas interessantes, como suporte a gamepad, e OpenGL, mas ele não suporta arquivos pk3 (porém acho que vão incluir suporte no futuro) e por isso não dá pra ter o Brutal Doom nele (pelo que eu sei), de qualquer modo é uma boa opção pra poder jogar em multiplayer um Doom mais clássico e menos modificado.
Eles fazem um torneiozinho online todo sábado, mas infelizmente não tem muitos jogadores (o Zandronum tem muito mais). Isso é um ponto chato dele, a comunidade é muito morta, o canal deles no IRC é sempre cheio mas ninguém fala uma palavra, é até frustrante....

Eu estava pensando em completar o Doom II de novo (ou o plutonia / TNT pela primeira vez, mas aí já é mais difícil rsrsrs é realmente um desafio e tanto), só que vou querer fazer no Chocolate Doom, pra experiência ser a mais próxima possível do jogo original.

Que tal marcar de jogar um death match ou Co-op qualquer dia desses Xerxes? Será que tem mais alguém aqui no VOL que gostaria?

[1]http://odamex.net/

edit: Ah, esqueci de comentar, mas na verdade as iwads clássicas ainda são vendidas (não são 'abandomware' ainda), mas pelo menos não é caro:
http://store.steampowered.com/sub/18397/

obs2: Falando em Doom, parece que dessa vez (esse ano ou no próximo) sai o Doom 4 (mas vai se chamar só "Doom"), eles mostraram uma gameplay na quakecon do ano passado e o pessoal parece que gostou, mas não deixaram filmar então só temos esse teaser por enquanto:
https://www.youtube.com/watch?v=MgYBVdIHDPo
Eu não estou lá muito otimista, mas estou bem curioso pra saber como vai ficar.

[2] Comentário enviado por xerxeslins em 06/03/2015 - 11:24h


[1] Comentário enviado por brian_ch em 05/03/2015 - 21:18h

Poxa, que bom ver um fã de Doom por aqui!
O Brutal Doom é excelente mesmo, também é muito bom pra jogar em modo cooperativo pela internet, apesar de pesar na performance (é tanto sangue e pedaços de monstros que a placa de vídeo as vezes não dá conta! rsrsrs)

Eu gosto do Zandronum, ele tem bons recursos e uma comunidade bem ativa, o ruim é que ele usa a biblioteca de áudio FMOD, que é de código fechado.

Outro port interessante é o Odamex[1], ele não tem dependências de código fechado e tem umas coisas interessantes, como suporte a gamepad, e OpenGL, mas ele não suporta arquivos pk3 (porém acho que vão incluir suporte no futuro) e por isso não dá pra ter o Brutal Doom nele (pelo que eu sei), de qualquer modo é uma boa opção pra poder jogar em multiplayer um Doom mais clássico e menos modificado.
Eles fazem um torneiozinho online todo sábado, mas infelizmente não tem muitos jogadores (o Zandronum tem muito mais). Isso é um ponto chato dele, a comunidade é muito morta, o canal deles no IRC é sempre cheio mas ninguém fala uma palavra, é até frustrante....

Eu estava pensando em completar o Doom II de novo (ou o plutonia / TNT pela primeira vez, mas aí já é mais difícil rsrsrs é realmente um desafio e tanto), só que vou querer fazer no Chocolate Doom, pra experiência ser a mais próxima possível do jogo original.

Que tal marcar de jogar um death match ou Co-op qualquer dia desses Xerxes? Será que tem mais alguém aqui no VOL que gostaria?

[1]http://odamex.net/

edit: Ah, esqueci de comentar, mas na verdade as iwads clássicas ainda são vendidas (não são 'abandomware' ainda), mas pelo menos não é caro:
http://store.steampowered.com/sub/18397/

obs2: Falando em Doom, parece que dessa vez (esse ano ou no próximo) sai o Doom 4 (mas vai se chamar só "Doom"), eles mostraram uma gameplay na quakecon do ano passado e o pessoal parece que gostou, mas não deixaram filmar então só temos esse teaser por enquanto:
https://www.youtube.com/watch?v=MgYBVdIHDPo
Eu não estou lá muito otimista, mas estou bem curioso pra saber como vai ficar.


Que legal! Gostei das informações. Bom saber que tem DOOM na Steam! Eu já joguei o DOOM 3, mas sinceramente... Apesar do gráfico ser mais moderno, ainda acho o DOOM clássico mais divertido. Veremos o DOOM 4!

Eu não conheço pessoas que gostam de DOOM aqui no VOL (só vc agora e talvez Fábio).

Nunca joguei DOOM online. Talvez um dia :)

[3] Comentário enviado por brian_ch em 07/03/2015 - 12:39h

Eu também prefiro o clássico, mas o Doom 3 também não é de se jogar fora. rsrs Só que o clima dele é diferente mesmo.

É bem divertido jogar online, o bom é que o Doomseeker já procura e baixa automaticamente as PWADS que faltarem (muito importante no caso do Zandronum, onde na maioria dos servidores se usa bastante modificações). Tem vários modos de jogo e tipos de modificações (além do original, é claro), então é só procurar que tem servidores para todos os gostos :)


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts