Bloqueando SPAM no Kmail com o SpamAssassin

Para quem sofre diariamente com os malditos SPAMs e utiliza o Kmail, aí vai uma explicação de como configurar o SpamAssassin e utilizá-lo como filtro neste excelente gerenciador de e-mails.

[ Hits: 18.823 ]

Por: Fabio Junior Sabai em 15/12/2004


Configurando o SpamAssassin e o Kmail



Configurar o SpamAssassin é tão simples quanto instalá-lo. Um cara chamado Michael Moncur desenvolveu uma ferramenta de configuração via web que faz todo o trabalho difícil. Para acessá-la clique aqui. Pegue o arquivo gerado pela ferramenta e salve em $HOME/.spamassassin com o nome user_prefs. Está pronta a configuração.

Agora só falta configurar o Kmail. Para isso vamos usar filtros. Abra o Kmail (com ele fechado é meio difícil). Estou considerando que ele já esteja configurado, se não estiver leia o artigo Configurando o Kmail para saber como configurá-lo.

Abra a janela de configuração de filtros (Settings->Configure filters).
  1. Crie um novo filtro clicando no botão com o que parece ser uma estrelinha (canto inferior esquerdo). Renomeie-o se quiser.
  2. Na primeira regra do filtro escolha <any header> na primeira caixa de seleção, matches regular expr.
  3. Na segunda e na caixa de texto digite "." (isso mesmo, um ponto), sem as aspas. Essa regra casa com todos os emails recebidos. Se tiver algum email que não queira que passe pelo filtro, adicione outras regras como exceções.

Agora em Filter actions (logo abaixo), escolha Pipe through como ação e na caixa de texto ao lado escreva /usr/bin/spamc (ou o caminho completo para o programa spamc se tiver instalado em outro lugar). Desmarque a opção "If this filter matches, stop processing here".

A primeira parte está OK. Todo e-mail que chegar, o Kmail vai passar pelo spamc e esse dirá se é spam ou não. Agora precisamos dar um jeito nos spams. Para isso crie um novo filtro e certifique-se de que ele aparece abaixo do filtro criado acima.

Este filtro também só terá uma regra. Na primeira caixa de seleção digite X-Spam-Flag (não se preocupe se esta opção não aparece como padrão), na segunda caixa de seleção escolha contains e na caixa de texto escreva yes.

Tudo que o spamc falar que é spam vai casar com essa regra e agora você pode decidir o que fazer com os malditos. Eu por exemplo mando os spams para a lixeira usando como ação "File into folder" e escolhendo a pasta trash. Fique à vontade para fazer o que quiser com eles, mas faça com que sofram muito, eles merecem. :-)

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Instalando o SpamAssassin
   2. Configurando o SpamAssassin e o Kmail
Outros artigos deste autor

Instalando o plugin do Kaffeine (player de vídeo)

Leitura recomendada

Postfix com courier-pop de forma simples

Acessando contas do Hotmail pelo Mozilla Mail

Utilizando o pine com o fetchmail

Integrando o Amavisd-new, SpamAssassin e ClamAV com o Postfix no SuSE 9.3

Configurando Postfix + MySQL + Courier + SPF + Clamav + SpamAssassin + Greylist + TLS

  
Comentários
[1] Comentário enviado por jotahreggae em 04/01/2005 - 16:14h

E ai amigo, tenho 2 perguntas pra vc.
1° o script deve ser salvo com nome .spamassassin ou user_prefs...desculpe a ignorancia mais fiquei na duvida
2° sera que da pra configurar o thunderbird nesse mesmo esquema...
Valeo e abrigado pela atenção...

[2] Comentário enviado por jesusfreak em 04/01/2005 - 18:18h

O script deve ser salvo com o nome user_prefs dentro do diretório $HOME/.spamassassin. Não sei te responder sobre o thunderbird, porque nunca o usei.

[3] Comentário enviado por grossfuss em 17/03/2005 - 14:47h

referente ao diretório, o path correto eh /home/usuario/.spamassassin/user-prefs <?>
estou tentando configurar, mas não tive sucesso.
estou esando o kurumin 4.0 e instalei o spamassassin via apt-get.

[4] Comentário enviado por akardec em 29/12/2005 - 12:25h

o SpamAssassin e 1 droga ele nao e bom da varios problemas. o tdma e bem melhor do q ele

[5] Comentário enviado por removido em 08/11/2006 - 18:45h

como faco para que um certo email tipo [email protected] nao seja considerado como spam?

[email protected]
abraco


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts