Atualização do PJeOffice via Terminal no Ubuntu 19.04

PJeOffice sofreu uma atualização e agora é obrigatório para PJE (Processo Eletrônico). CNJ atualizou APP mas não atualizou a documentação de instalação. O artigo descreve qual foi o erro da documentação e traz a solução para instalar corretamente o PjeOffice.

[ Hits: 10.004 ]

Por: Marcos Moraes em 11/10/2019


Introdução



O PJeOffice trata-se de um robô de assinatura, ele automatiza a assinaturas dos documentos.

Para usar PJe (processo eletrônico), é necessário assinaturas. Ele automatiza assinaturas para validação de certificados digitais no PJe. Para cada documento anexado, precisa de digitar a senha do Token. Agora, com PjeOffice, basta assinar uma vez apenas, que ele automaticamente assina inúmeros documentos e etapas.

Se um advogado vai protocolar 40 documentos, terá que assinar 40 vezes. Com PJeOffice, na prática, basta apenas primeira assinatura que confirma no sistema a validade do certificado usado no momento de acesso. Desta forma, ele assina 39 vezes sem que advogado necessite digitar.

Trata-se de um aplicativo que deixa como faz a certificação. Usuário envia um texto que tem uma chave que criptografa e só do outro lado que confere a chave, consegue converter para texto verdadeiro. A partir da primeira assinatura, ele intermedeia todos os atos enquanto o advogado estiver lotado.

O sistema tem dado preferência a plataforma Windows, contudo, que determina código livre.

A Lei 11.419/20006, que regula o processo eletrônico é clara que devem incentivar o uso de Software Livre e código aberto. O principal projeto de código aberto atualmente é o GNU/Linux, e tal, expressa "programas com código aberto" é previsto expressamente em Lei:

Art. 14.  Os sistemas a serem desenvolvidos pelos órgãos do Poder Judiciário deverão usar, preferencialmente, programas com código aberto, acessíveis ininterruptamente por meio da rede mundial de computadores, priorizando-se a sua padronização.

Art. 8o. Os órgãos do Poder Judiciário poderão desenvolver sistemas eletrônicos de processamento de ações judiciais por meio de autos total ou parcialmente digitais, utilizando, preferencialmente, a rede mundial de computadores e acesso por meio de redes internas e externas.Parágrafo único.  Todos os atos processuais do processo eletrônico serão assinados eletronicamente na forma estabelecida nesta Lei.

Repositório PJeOffice no CNJ e sua documentação

A versão 1.0 tinha erros de integração. A atual versão já agora checada corrigiu as falhas. A atual versão é 1.0.19.

Toda documentação e biblioteca, consta no repositório oficial localizada no link: http://www.pje.jus.br/wiki/index.php/PJeOffice
Linux: Instalando o Atualização do PJEOffice via Terminal no UBUNTU 19.04 - Set2019
A documentação de instalação não foi atualizada, apesar da nova versão. Assim, na atual documentação do CNJ sobre Linux, consta:

PJeOffice no Linux:

Passo 1: Realizar o download do arquivo correspondente.
Passo 2: Descompactar o arquivo.
Passo 3: Pelo terminal Linux, acesse a pasta correspondente ao arquivo descompactado.
Passo 4: Execute o comando: ./pjeOffice.sh &.

Tal informação encontra-se desatualizada e usuário não consegue instalar. Como proceder a instalação?

Quais são as falhas da documentação do CNJ para PJeOffice

Eu aproveitei e reinstalei o Ubuntu 19.04 e refiz todas minhas instalações.

Para este artigo ter validade, precisa instalar o Java e o token com assinatura digital. Neste caso, houve pela empresa Valid, a atualização das bibliotecas do certificado digital que será abordado num artigo próprio.

Estou atualizando meu artigo completo e ele ainda funcionou com algumas atualizações de bibliotecas que empresa Valid soltou. Fonte completa: http://www.piresdemoraes.com/Artigos/Artigo%20configurando%20Linux%20Certificado%20Digiital%20-%20V2.pdf

Destaca-se que o erro da documentação do CNJ, descompactação do arquivo de instalação e também na execução do aplicativo.

Assim, na documentação do CNJ constam os seguintes erros:

"Passo 2: Descompactar o arquivo":
  • O arquivo encontra-se protegido e não permite instalação central do Ubuntu graficamente e nem mesmo pelos sistemas de gerenciamento de pacotes como GDEBI ou pelo comando mais tradicional "sudo apt-get install" - Ambos não funcionam.

"Passo 3: Pelo terminal Linux, acesse a pasta correspondente ao arquivo descompactado.":
  • Ocorre que a pasta indicada na documentação foi alterada e com novas versões de Linux, ele descompacta em outro diretório.

"Passo 4: Execute o comando: ./pjeOffice.sh &.":
  • E, finalmente, não foi criado atalho e disponibilização da biblioteca para rodar PJeOffice para todos. Portanto, apontam para local errado e nem mesmo cria acesso ao sistema para ser evocado.

Portanto, as dificuldade que encontrei foi:

1. Site PJeOffice do governo está com certificação falhando. (artigo de falhas de pje com erros de certificação digital em todo país: Pires de Moraes Advocacia: PJe - Falhas Gerais sistêmicas - porque acontece? - Comunicados Oficiais - Não acreditem em tudo o que estão afirmando...

2. Eu prefiro instalar meus pacote com GDEBI ou comando "sudo apt-get install pje-office_amd64.deb", depois de muito testar, tive a ideia de usar modo instalação DPKG, foi o único que funcionou. Sempre retornava como não autorizado, mesmo que alterasse atributo do arquivo. Então instalei incondicionalmente pelo DPKG. Deu certo.

3. Ao contrário que documentação PJE oficial sobre Linux, o diretório instalado no Ubuntu foi /usr/share/pje-office/, depois de achar que não deveria pensar como na orientação oficial, fui descobrir onde poderia estar os arquivos. Pimba..

4. Eu fiz antes nos testes, criação e vinculação PJe com biblioteca do token, não acredito que tenha influenciado, mas na dúvida, como fiz isto antes, deixo o que fiz:

mkdir ~/.pje
nano ~/.pje/pkcs11.conf

Editar:

library=/usr/lib/libaetpkss.so.3.0.2635
name=PersonalProvider

No artigo está completo.

Como instalar PJeOffice corretamente

Tal informação encontra-se desatualizada e o usuário não consegue instalar. Como proceder a instalação?

Reinstalei o Ubuntu 19.04 e refiz todas minhas instalações. Inicialmente, precisa instalar o Java, e token com assinatura digital.

Estou atualizando meu artigo completo e ele ainda funcionou com algumas atualizações de bibliotecas que a empresa Valid soltou. Fonte completa: http://www.piresdemoraes.com/Artigos/Artigo%20configurando%20Linux%20Certificado%20Digiital%20-%20V2.pdf

Instalação PJeOffice via terminal

1. Baixando o arquivo de instalação do APP PJeOffice:

wget http://ftp.pje.jus.br/pje/programs/pje-office/pje-office_amd64.deb --no-check-certificate

Acredite, o certificado do CNJ não está atualizado para baixar o arquivo, portanto, a linha "--no-check-certificate" é fundamental.

2. O arquivo, antes de descompactar, precisa ser autorizado:

chmod 7 pje-office_amd64.deb

Depois:

sudo dpkg -i pje-office_amd64.deb /usr/share/pje-office/pjeOffice.sh

3. Portanto, se tiver que fazer script, basta colocar em sequências as linhas, que ficaria:

wget http://ftp.pje.jus.br/pje/programs/pje-office/pje-office_amd64.deb --no-check-certificate
chmod 7 pje-office_amd64.deb
sudo dpkg -i pje-office_amd64.deb /usr/share/pje-office/pjeOffice.sh

Para comprovar que a tela funciona:
Linux: Instalando o Atualização do PJEOffice via Terminal no UBUNTU 19.04 - Set2019
Ela solicita a assinatura de apenas uma vez do certificado digital. E a tela que confirma a entrada PJe validamente:
Linux: Instalando o Atualização do PJEOffice via Terminal no UBUNTU 19.04 - Set2019
   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Certificação Eletrônica no Linux para PJe - Relato de minha experiência como advogado

Sou advogado e consegui instalar Certificado Digital para PJe

Instalando Tryd Pro no Linux com Sucesso

Instalando MetraTrader5 no Linux

Leitura recomendada

Instalando e configurando o Nagios com e sem MySQL

Configuração de um servidor VPN com OpenVPN e chave estática

Configurando Servidor Web Cherokee no Centos 6.3

Converter uma distribuição Linux para rodar no coLinux

Sistema de arquivos criptografado

  
Comentários
[1] Comentário enviado por pinduvoz em 12/10/2019 - 19:04h

No meu Debian 10 tive o seguinte erro ao executar o "./pjeOffice.sh":

Failed to load module "canberra-gtk-module"

O ícone aparece no painel de cima do Gnome (com erro, mas aparece). Só que não funciona clicar nele.

[2] Comentário enviado por mamp em 14/10/2019 - 19:47h

@pingduvoz, eu gostaria de estar usando Debian, usava fedora que versao gratuita.
tentei muito usar Pje no Fedora.
Em contato direto com desenvolvimento no CNJ eles foram taxativos. Somente usam e testam pelo Ubuntu. Rotinas somente realmente rodam corretamente no Ubuntu que segundo explicação foi plataforma de desenvolvimento para E-gov linux. Portanto disseram que somente funciona no Ubuntu.

Portanto eu tive que abandonar Fedora (Debian) por questão de homologação da plataforma para PJE ser o Ubuntu.


[1] Comentário enviado por pinduvoz em 12/10/2019 - 19:04h

No meu Debian 10 tive o seguinte erro ao executar o "./pjeOffice.sh":

Failed to load module "canberra-gtk-module"

O ícone aparece no painel de cima do Gnome (com erro, mas aparece). Só que não funciona clicar nele.




[3] Comentário enviado por pinduvoz em 15/10/2019 - 01:27h

Na verdade, uso apenas o ESAJ.
Nunca precisei usar o PJE.
Mas vou tentar seguir seu artigo no Ubuntu 18.04 que tenho em outro computador.
Depois posto aqui o que aconteceu.

[4] Comentário enviado por mamp em 21/10/2019 - 14:19h

Otimo, confere ai mesmo. Ja estou usando Ubuntu 19.10 esta estavel.
foi publicado tambem o artigo:
https://www.vivaolinux.com.br/artigo/Certificacao-Eletronica-no-Linux-para-PJe-Relato-de-minha-exper...



[3] Comentário enviado por pinduvoz em 15/10/2019 - 01:27h

Na verdade, uso apenas o ESAJ.
Nunca precisei usar o PJE.
Mas vou tentar seguir seu artigo no Ubuntu 18.04 que tenho em outro computador.
Depois posto aqui o que aconteceu.




[5] Comentário enviado por mamp em 12/08/2020 - 15:18h


Estou usando Ubuntu 20.10 esta estavel.


[6] Comentário enviado por edivandjs em 15/08/2020 - 19:34h


[5] Comentário enviado por mamp em 12/08/2020 - 15:18h


Estou usando Ubuntu 20.10 esta estavel.

Agradeço o artigo sobre a instalação. E o feedback sobre a versão atual. Num futuro muito breve precisarei usar. Atualmente uso openSUSE, mas tenho certeza que não funcionará nele.



[7] Comentário enviado por pinduvoz em 21/09/2020 - 18:02h

Tenho o PJ-e instalado no meu Debian do notebook (minha filha o levou porque o dela quebrou rsrs) e o ícone de painel funciona no XFCE perfeitamente (não uso mais o Gnome nessa máquina). No Gnome ele não funciona (o ícone do painel), mas parece que o PJ-e vai funcionar numa janela comum, tal qual uma das imagens que estão no artigo. Ao menos, deu tudo certo no reconhecimento do meu certificado. Vou testar logo, pois tenho que distribuir um MS na Justiça Federal da 3a. Região.


Contribuir com comentário