Ativando suporte ao NTFS no RedHat9 sem recompilar o kernel

edy

Percebi que muitas pessoas estavam com problemas para ativar o suporte ao NTFS no RedHat9, que por padrão não vem habilitado nesta distribuição. Então resolvi escrever este artigo que mostra uma maneira rápida e simples de ativar este recurso sem a necessidade de recompilar o kernel.

[ Hits: 14.263 ]

Por: Edvaldo Artmann de Oliveira em 24/06/2004


Vamos a mágica...



Existem várias soluções para este problema, a solução mais disseminada é recompilar o kernel ativando o suporte a este sistema de arquivos, coisa que para muitos é um bicho de sete cabeças... eu mesmo já recompilei o kernel algumas vezes antes de encontrar esta solução, que agora transmito à comunidade.

Trata-se de um projeto sitiado em:
O projeto desenvolve um novo módulo para o kernel Linux para suporte ao sistema de arquivos NTFS. No site são disponibilizados os pacotes RPM para diversas versões do Red Hat (7, 8, e 9) e também para o Fedora 1 e 2.

Existem versões diferentes de pacotes para cada versão do kernel, arquitetura utilizada (single ou multi processor) e tipo de processador (i386, i586, i686 e athlon).

Basta efetuar o download do pacote RPM adequado ao seu sistema e o respectivo módulo. Os arquivos tem um pouco mais de 100 KB.

Instale o pacote com o comando:

# rpm -ivh kernel-ntfs-2.4.20-8.athlon.rpm

OBS: O nome do pacote RPM no comando acima varia de acordo com sua versão do kernel, distribuição, processador e arquitetura, você precisa adequá-lo ao arquivo que você obtiver.

Depois carregue o módulo com o seguinte comando:

# modprobe ntfs

OBS: Para verificar se o módulo foi carregado corretamente, use o comando:

# lsmod

Este comando lista os módulos carregados pelo sistema.

Se tudo estiver certo, você já pode montar sua partição NTFS sem problemas, para isso utilize:

# mount -t ntfs /dev/hda0 /mnt/WinC

OBS: Você deve adaptar o comando acima ao seu sistema (hda0 : partição e WinC: ponto de montagem).

Espero que tenha ajudado.

Abraços à todos.
Edvaldo Artmann de Oliveira
   

Páginas do artigo
   1. Vamos a mágica...
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Montando partições NTFS no Fedora 3 através do Captive

Formatando Disquetes

Configuração de Servidor NFSv4 no CentOS 6

Entendendo e configurando o LVM manualmente

Apresentando o Btrfs - Nova geração de sistema de arquivos para GNU/Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por jesmarcelo em 24/06/2004 - 10:06h

Fala Edy,

Mando bem nesse artigo hein

[2] Comentário enviado por Czuber em 24/06/2004 - 11:57h

Legal, uma vez eu fiz isso e consegui acessar em modo somente leitura, existe algum meio de acessar leitura-escrita? Posso estar enganado mas ouvi dizer q o Kurumin faz isso?
[]s

[3] Comentário enviado por ronivon em 24/06/2004 - 12:18h

Muito bom... existe outra opcao semelhante: captive-ntfs que ja uso ha algum tempo.
t+

[4] Comentário enviado por betosaqua em 24/06/2004 - 15:42h

era essa a duvida suscitada por um amigo q eu ñ consegui resolver, valeu

[5] Comentário enviado por lazaro_esf em 25/06/2004 - 15:20h

olha eu ja baixei esse pacote em RPM quando usava o Red Hat agora estou usando o Slack sera q tem um pacote semelhante em TGZ ou em TAR.GZ :)

[6] Comentário enviado por Raphael_ADB em 11/08/2004 - 09:58h

Bom Dia Edvaldo,

a respeito da opção captive-ntfs, quais são os procedimentos para poder ter acesso a leitura e escrita na minha partição NTFS?
O Kurumin faz realmente isso automaticamente??

Valeu!

[7] Comentário enviado por motaboy em 04/10/2004 - 21:03h

Baixei o arquivo kernel-ntfs-2.4.20-8.i686.rpm, mas da uma mensagem de que o arquivo ntfs.o possui simbolos não resolvidos("Unresolved symbols"), o que devo fazer?

[8] Comentário enviado por Edy em 11/10/2004 - 15:38h

Olá motaboy, talvez você tenha baixado um pacote para uma versão de kernel diferente da que você tem instalado. Relembrando o 2.4.20-8 é a versão do kernel e o i686 é referente ao processador (P3).

[9] Comentário enviado por Edy em 11/10/2004 - 15:57h

Pesquisei sobre este captive-ntfs e constatei que realmente ele tem suporte a leitura/escrita, esta compatibilidade é atingida ao utilizar o driver de ntfs do próprio Windows (ntfs.sys). Existe um artigo no site Linuxit explicando como utilizá-lo.

http://www.linuxit.com.br/section-viewarticle-605.html

Quanto ao Kurumin, não sou muito fan dele não, e não sei informar se ele tem esta funcionalidade.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts