Aprendendo LaTeX com o Texmaker

Esse artigo introduz alguns conceitos básicos referentes ao LaTeX, de forma que qualquer pessoa que nunca teve contato com a linguagem possa desfrutar e prosseguir com o seu uso para confecção de documentos de alta qualidade. O estudo será auxiliado pelo Texmaker, um IDE que torna a curva de aprendizado mais acentuada.

[ Hits: 106.876 ]

Por: Júlio Hoffimann Mendes em 08/04/2010


Escrevendo o primeiro documento



A estrutura de um documento LaTeX é dividida em:
  • Preâmbulo - Cabeçalho no qual são especificados o tipo de documento (artigo, livro, apresentação, carta, ...), os pacotes utilizados para inclusão de imagens, fontes AMS etc.
  • Corpo do documento - O documento propriamente dito.

Será feito um artigo, a confecção de outros tipos é similar. É preciso ter cuidado ao escrever algum deles para não utilizar comandos conceitualmente errados, como tentar inserir um capítulo em um artigo.

Crie um diretório para o documento, o nome do diretório não é importante. Por exemplo: ~/Documents/meuArtigoLaTeX

Abra o Texmaker, eis a interface:
Linux: Aprendendo LaTeX com o Texmaker
Crie um novo arquivo em File -> New ou no botão de atalho no canto superior esquerdo. Salve o arquivo no diretório criado (~/Documents/meuArtigoLaTeX) com o nome que achar adequado, aqui o nome será VivaoLinux.

Agora o Preâmbulo, uma das maiores dificuldades para quem está começando no LaTeX, o TexMaker resolverá esse problema. Vá em Wizard -> Quick Start e pré-configure seu documento na janela que irá aparecer, no final deverá estar como na figura:
Linux: Aprendendo LaTeX com o Texmaker
  • article ---> Dispensa comentários;
  • 10pt ---> Tamanho da fonte do documento, exceto quando explicitamente alterado em algum trecho específico;
  • a4paper ---> Papel A4;
  • utf8x ---> Codificação UTF-8. Esse é importantíssimo pois permite a acentuação direta do texto.
  • AMS packages ---> Fontes e símbolos matemáticos. Deve estar ativado.

Clique em Ok, será gerado automaticamente um preâmbulo com quase tudo o que você irá precisar para fazer artigos em inglês! Não é isso que se deseja, conclua adicionando o comando \usepackage[brazil]{babel} em qualquer linha entre \documentclass[10pt,a4paper]{article} e \begin{document}.

Repare como foram escritos o nome do autor e o título do artigo, J\'ulio Hoffimann Mendes e Introdu\c c\~ao ao \LaTeX. Essa é a forma como o LaTeX lida com a acentuação no preâmbulo, e só nele. Não se esqueça desse detalhe, é importante para deixar o código mais portável e prevenir erros no documento que será gerado futuramente.

O corpo do texto é delimitado pelos comandos \begin{document} e \end{document}, entre eles escreva \maketitle (digite apenas as primeiras letras \ma e o Texmaker lhe mostrará as opções, escolha a mencionada), salve o arquivo "Ctrl+s". Pode tentar a sorte pressionando F1 (atalho para Quick Build), é bem provável que funcione e seu documento irá aparecer magicamente.

O Quick Build nada mais é que uma sequência de comandos automatizada que irá compilar, converter se necessário, e abrir o leitor PDF/PS/DVI instalado em seu sistema. O formato DVI não é suportado por todos os leitores, alguns como o Okular suportam esse formato, mas ele deve ser tido como um formato intermediário apenas.

Para alterar essa sequência de comandos do Quick Build que por padrão gera um documento Postscript, vá em Options -> Configure Texmaker e selecione a aba Quick Build:
Linux: Aprendendo LaTeX com o Texmaker
Para gerar um PDF, escolha a terceira opção PdfLaTeX+View PDF. Note que o usuário pode especificar a sequência de comandos que quiser separando-os por "|". Aperte Ok e pressione F1 novamente, o PDF aparece. Todos esses comandos geram os arquivos no diretório do documento (~/Documents/meuArtigoLaTeX). O PDF gerado que por enquanto só contém a capa estará lá.

Um resumo seria interessante, force a criação de um nova página \newpage e escreva algum texto entre \begin{abstract} e \end{abstract}. Até agora seu arquivo estará mais ou menos assim:

\documentclass[10pt,a4paper]{article}
\usepackage[utf8x]{inputenc}
\usepackage{ucs}
\usepackage{amsmath}
\usepackage{amsfonts}
\usepackage{amssymb}
\usepackage[brazil]{babel} % Comentário, Português do Brasil
\author{J\'ulio Hoffimann Mendes}
\title{Introdu\c c\~ao ao \LaTeX}
\begin{document}
\maketitle
\newpage
\begin{abstract}
Esse é o meu primeiro documento \LaTeX\ldots Veja como é fácil!!!
\end{abstract}
\end{document}

Salve e aperte F1.

Agora a primeira seção do documento, é natural que seja a introdução. Depois do \end{abstract} crie uma nova página (\newpage), escreva \section{Introdução} e redija o que quiser. Não serão explicados os mínimos detalhes, apenas o essencial para tornar o leitor apto a seguir sozinho nos estudos e testar novos comandos pois muito material se encontra disponível na internet. Ainda é preciso falar de ambientes no LaTeX\ldots. :)

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Preparando o ambiente
   3. Escrevendo o primeiro documento
   4. Ambientes no LaTeX?
Outros artigos deste autor

Instalação do Android 2.2 (codinome Froyo) no Samsung Galaxy GT-I7500/GT-I7500L

Leitura recomendada

Instalando OpenWrt no TP-LINK WR740N(BR)

Gerência de projetos com Redmine

Instalando fontes true type no Linux via Kcontrol

Instalando o Zabbix 1.6.6 no Debian 5

Automatix - Turbine seu Ubuntu com pacotes adicionais

  
Comentários
[1] Comentário enviado por leandrox em 08/04/2010 - 16:27h

Ótimo artigo, tenho um professor que sempre incentiva-nos a ultilizar o LaTeX.
Vou instalar o TeXmaker e seguir as dicas. Vlw.

Parabéns!

[2] Comentário enviado por Fellype em 08/04/2010 - 17:04h

Valeu pela dica.
Embora eu já mexa um pouco com LaTeX, estou certo de que ainda preciso trabalhar melhor os conhecimentos básicos. Além do mais, eu vinha utilizando o Kile e não conhecia o Texmaker. Como ele é feito em Qt vou experimentar e fazer uma comparação.

[3] Comentário enviado por eldermarco em 08/04/2010 - 18:30h

Eu usava o TeXMaker quando ainda era obrigado a usar o sistema operacional que não mencionamos. No meu fedora, eu uso o Kile que, na minha humilde opinião, é um dos melhores. Mas esse aí também é muito bom
=)

[4] Comentário enviado por mfs em 09/04/2010 - 02:28h

eu fui instalar o texlive-full e era necessário baixar 575Mb de pacotes e ia ocupar 1Gb aproximadamente, é tudo isso ou só a instalação normal não basta?

[5] Comentário enviado por HelderC em 09/04/2010 - 08:21h

Murilo, como o autor do artigo disse: "essa é a instalação mais completa possivel".
Faça assim, marque para instalação apenas o TeXMaker, muito provavelmente ele vai querer instalar outros pacotes, acredito que será o básico do LaTeX.

[]s

[6] Comentário enviado por albfneto em 09/04/2010 - 14:28h

Latex é muito bom, usamos na faculdade, para fazer trabalhos científicos.
existem GUIs de Latex, para windows, também.
aqui na USP, é incrível, eu uso, mas bem pouca gente usa Linux...!

[7] Comentário enviado por manoserpa em 09/04/2010 - 16:34h

Opa!

Onde eu estudo é obrigatório o uso do Latex no TCC.

sempre instalo nesse sequência (recomendado na página da instituição) e nunca tive problemas.

sudo aptitude install texlive texlive-humanities texlive-lang-portuguese babel latex-beamer \
abntex aspell-pt-br gedit-plugins gedit-latex-plugin rubber texmaker kile-i18n texmaker


Valeu.

[8] Comentário enviado por ednilton_so em 09/04/2010 - 22:03h

Belo artigo para quem quer começar no LaTex. Parabéns!

Quando eu usava o KDE no openSUSE, costumava editar os meus textos de LaTex no Kile, mas sempre quis um editor no qual fosse possível usar a correção ortográfica sem problemas, já que no Kile nunca tinha conseguido. Aí migrei para o Ubuntu e numa pesquisa encontrei o Texmaker. Agora todos os meus textos, tanto em inglês e em português, são escritos com correção.

Em se tratando do LaTex, é realmente a melhor opção para escrever textos com formatação impecável. Eu uso ele pra praticamente tudo, desde a escrita de artigos até apresentação em slides. Só uso openOffice mesmo quando não tem outra solução. Pra usar o Office é pior ainda.

Abraços.


[9] Comentário enviado por mfs em 10/04/2010 - 13:37h

HelderC desculpa a demora mas o TeXMaker eu já tenho instalado, só que não consigo converter pra nenhum formato, eu só posso criar e salvar como .tex, na hora de compilar ele dá o seguinte erro.
Error : could not start the command

[10] Comentário enviado por nicolo em 12/04/2010 - 11:50h

Muito bom, acho que desta vez eu aprendo o Latex.

[11] Comentário enviado por valdelirio em 09/11/2010 - 12:03h

Como faço para usar, em vez do Texmaker, o TeXnicCenter?

[12] Comentário enviado por julio_hoffimann em 09/11/2010 - 12:12h

Oi Valdelírio,

Apesar de ser software livre (gPL), o TeXnicCenter é para Windows.

Abraço!

[13] Comentário enviado por julio_hoffimann em 09/11/2010 - 12:16h

Pessoal,

Obrigado pelos comentários, a correria estava grande quando o artigo havia sido publicado.

Abraço!

[14] Comentário enviado por valdelirio em 10/11/2010 - 12:08h

Obrigado!
É que sou iniciante no Linux, mas já usava Latex e bem acostumado com o TexnicCenter. Estou experimentando o Texmaker. Parabenizo você pelo bom artigo.

[15] Comentário enviado por emmanuel_neo em 13/02/2016 - 17:03h

Show de bola!

emmanuel_neo


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts