A escolha da primeira distribuição

Neste artigo mostro as distribuições que mais recomendo aos usuários Linux iniciantes (não só a eles). O objetivo é ajudar os ainda novatos a escolher bem a sua primeira distribuição e os já veteranos que querem usar um "Linux fácil" e não sabem qual.

[ Hits: 31.736 ]

Por: Patrick Magalhães de Arruda Ferraz em 05/07/2004


Introdução



A seguir estão às distribuições que eu mais recomendo os usuários Linux iniciantes, assim como eu. Cada uma com as suas respectivas vantagens e desvantagens.

Existem umas distros que rodam dentro do Windows, não estou levando em conta elas aqui, por considerá-las mais programas for Windows do que distribuições Linux e principalmente pelo fato que se você estiver afim de conhecer o Linux, é preciso esquecer um pouco o sistema da Microsoft. O Linux é um sistema operacional e deve ser tratado como tal.

É claro que aqui não estão todas as distribuições apropriadas para iniciantes, já que há um grandioso número delas. Aqui pode até não estar a distro mais apropriada para você, mas o que vale é a tentativa...

OBS: as distros estão em ordem aleatória, o que não indica minha preferência.
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. As quatro primeiras sugestões
   3. As três seguintes
   4. Conclusão
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Hierarquia do Sistema de Arquivos GNU/Linux

Ubuntu Linux - Visão Geral

O gerenciador de pacotes RPM

Iniciação no Linux sem medo usando VMWare

Snapshots de pacotes para o Debian

  
Comentários
[1] Comentário enviado por rivo em 06/07/2004 - 08:54h

valeu pelo artigo mas aluns pontos merecem uma certa observacao:
- nao sei se o slax seria uma boa distribuicao para iniciantes, ate hj nao consegui colocar o meu mouse serial para funcionar no slax e se nao me engano o proprio cara que fez o slax assume em foruns a dificuldade em colocar mouses diferentes para funcionar.
- como vc mesmo falou o debian nao possui uma instalacao muito amigavel, nao sendo mito indicado para iniciantes, isto sem falar nos diversos problemas que o linux(e quem desenvolve para/o linux) ainda apresentam.
mas vale pelo artigo

[2] Comentário enviado por jhgb em 06/07/2004 - 09:21h

Patrick,
Se o lance é facilidade de instalação e sistema configurado de maneira fácil pelo usuário, a escolha inicial deve ser entre Fedora e alguma live como Kurumin ou Kalango. A última versão do kalango, 2.0, já possui OpenOffice 1.1 em português e a opção de utilizar Gnome 2.4.
Tem ainda uma live meio estranha chamada Adios Linux, baseada no Red Hat que funciona bem. Sem falar no Knoppix 3.4 que vem completa.
Quem precisar de uma distro em português, com um balde de coisa instalada, entre elas OpenOffice, e deseja poder optar entre KDE e Gnome, a escolha é Kalango.
Se a necessidade for um desktop funcional sem muita complicação, vá para o Kurumin.
Quem precisar de um Linux para entender e conseguir manipular numa boa, vá pra Slackware 10.
Quem precisa montar um servidor, seja qual for o serviço, a escolha mais sólida é Debian.

Abraços,
JH

[3] Comentário enviado por engos em 06/07/2004 - 09:24h

Hum... achei o artigo muito fraco, apesar de ter começado bem.

Principalmente porque a escolha da Conectiva, por ser em português não significa nada, já que Mandrake e várias outras também tem essa opção. Por ser nacional? O que mais importa é nacionalidade ou funcionalidade, estabilidade, segurança...? Se você respondeu nacionalidade, essa é sua distro.

E também pelo fato de você não conhece nada sobre uma distro ou outra e sitou informações que nem se quer "perdeu tempo" pra saber se são verdades o que você disse.

Acredito que se deva escolher a primeira distro da seguinte forma (de acordo com minha experiência em suporte e no dia a dia de quem trabalha com isso e tem em casa pra se divertir):

Conectiva - Se você conseguir todas as edições da Revista do Linux, comecei por ela, mas depois de algum tempo ela não conseguiu manter um bom desempenho e estabilidade e me fez lembrar vagamente de um outro sistema operacional...

Mandrake - Se você quer jogar e se divertir com pouca dor de cabeça, estou há pouco tempo com ela e tenho um probliminha aqui e outro ali, mas nada que não de para contornar com facilidade.

Debian - Se você preferir a mais confiável e totalmente free, meu contato foi quase nenhum, mas aparentemente é melhor de todas, pena que demora para ser atualizada pelos mantedores.

Suse - Se seu foco for principalmente redes, após a compra da Novell, pode-se esperar muito dessa distro.

RedHat/Fedora - Se você prefere um equilíbrio dentre todas as outras, no trabalho estou retirando aos poucos as outras distros e deixando somente essa devido seu melhor desempenho em geral, mas para casa e primeira distro ela não é muito amigável.

Kurumin - Só para testar e ter uma idéia, não como distro para o dia a dia, serve somente para você carregar no bolso e mostrar aos outros.

Ah, todas as distros que mencionei somente a Debian não sei se já tem versão tipo a do Kurumin (Live CD) que se executam sem precisar instalar, as demais já possuem. Aconselho a pegar todos esses Lives CD's e verificar um a um.

PS: Gostei de saber de algumas distros que não sabia que existiam.

[4] Comentário enviado por _simmons_ em 06/07/2004 - 10:35h

A melhor distribuição é aquela que o usuário sabe configurar. Portanto, use a que você quiser. :)

[]s

André Michi



[5] Comentário enviado por agk em 06/07/2004 - 13:51h

Concordo plenamente com o _simmons_, a melhor distribuição é aquela que o usuário domina, sabe configurar e sabe o que está fazendo. Muito importante antes de escolher qualquer distro é ter conhecimento pleno do seu hardware.

[6] Comentário enviado por jragomes em 06/07/2004 - 15:15h

O que o nosso amigo Patrick quis levantar foi o seguinte:
nós, que aqui escrevemos somos infomaníacos, não nos importamos em passar horas na frente do computador testando isso ou aqui... compilando isso ou aquilo... mas pra um usuário leigo que só teve contato com Windows e quer por qualquer razão vir pro mundo do Software Livre, vai penar barbaridade com este zilhão de distro que temos. Primeiro pq cara não entende essa coisa da liberdade de escolha (claro que não vai entender, ele nunca teve escolha), depois que ele não vai ter saco pra ficar testando distro a distro, pra saber qual que ele gosta/se adapta mais facilmente. Concordo com os amigos que o artigo ficou meio vago, poderia ter ido mais a fundo em cada distro citada, mostrar os prós e contras de cada uma e deixar para que o usuário escolha.

[7] Comentário enviado por wronieri em 06/07/2004 - 17:35h

Interessante este artigo mas o que me preocura eh qdo alguns usuários trocam de distribuíção qdo a primeira dificuldade bate ao invés de tentar sanar o problema mas a grande vantagem do software livre eh justamente esta a opção de escolher qual sabor de linux vc quer.

[8] Comentário enviado por fernandus em 06/07/2004 - 17:48h

a primeira distribuicao a gente nunca esquece...

[9] Comentário enviado por birilo em 06/07/2004 - 22:39h

O Artigo tá por cima... Tem as mesmas informações que vários outros textos que não definem nada tem.

Sinceridade, até hoje não encontrei um bom texto sobre: "Qual distro escolher"

[10] Comentário enviado por y2h4ck em 06/07/2004 - 23:29h

pra mim nao tem essa de qual distro escolher ... tudo faz mesma coisa,
tudo tem kernel ... :P
isso pra mim e tudo firula ...
especulação

[11] Comentário enviado por lordello em 06/07/2004 - 23:45h

Vamos corrigir uma coisa?

"Não tenho muito conhecimento sobre ela, mas sei que é uma distribuição LiveCD que se diz ser altamente customizável para diferentes tarefas"

Gentoo não é LiveCD. Gentoo é uma meta-distribuição que tem como objetivo se moldar às necessidades do usuário, removendo assim suporte e recursos que não são usados por ele, deixando o sistema mais limpo e rápido. Conta com otimizações para processador, já que todos os "pacotes" são instalados a partir do código fonte usando o sistema portage. O portage é um caso a parte, imageine um apt-get que baixe as dependências dos programsa, compile na ordem certa e mantenha tudo dentro do sistema registrado para posteior atualização ou remoção! Além disso você pode definir otimizações para a compilação do sistema e escolher tudo nele, cron log grub/lilo gnome/kde etc... Isso é o portage.
Para quem quiser conhecer o gentoo dá uma passada na página:
www.gentoobr.org
ou no canal irc #gentoo e #gentoobr do Freenode.net
Falou ae!

[12] Comentário enviado por betosaqua em 07/07/2004 - 10:24h

Ñ SO 1 DISTRIBUIÇÃO COMO O 1 CONTATO POIS E BASTANTE DIFÍCIL A COMPLEXIDADE DE INFORMAÇÕES E CONFIGURAÇÕES + ISSO E A MOLA PROPULSORA PARA VENCERMOS O DESCONHECIDO, CONCORDO QND DIZEM A MELHOR DISTRO E AQUELA AO QUAL O USUÁRIO CONSEGUE COLOCAR EM PRÁTICA TUDO O Q NECESSITA E POSSÍVEL POREM Ñ E NADA FÁCIL.
COM AJUDA DOS AMIGOS, CONHECIDOS, E DA COMUNIDADE DO VIVALINUX SEMPRE FORNECENDO INFORMAÇÕES PRECISAS PARA RESOLVER AQUELES MALES Q Ñ ENCONTRAMOS NOS LIVROS E REVISTAS Q TEMOS EM MÃOS.
É IGUAL AQUELE DITADO "A RAPADURA E DOCE + Ñ E MOLE"

[13] Comentário enviado por Czuber em 07/07/2004 - 14:58h

Só corrigindo a colocação do engos:

" Debian - Se você preferir a mais confiável e totalmente free, meu contato foi quase nenhum, mas aparentemente é melhor de todas, pena que demora para ser atualizada pelos mantedores. "

Existem 3 versões do Debian:

- Woddy ou stable: versão estável, ocorre mudanças somente de segurança e outras depois de serem incansavelmente testadas pela versão Sarge. Com isso, os pacotes aqui presentes estão um pouco defasados com relação às outras distros, justamente por esta ser a "mais estável"

- Sarge ou testing: versão quase estável, não significa que não funciona e sim que está em fase de teste, e os pacotes tendem a fazer parte da versão stable. Esta versão já possui os pacotes mais atuais que a versão stable

- Sid ou unstable: Esta versão está em constante mudança, onde os desenvolvedores podem a qualquer momento tirar um pacote que dava erros e colocar um mais estável no lugar e vica-versa. Possui os pacotes mais atuais...

O que eu queria dizer é que além de vc poder escolher a distro mais free como já citaram, vc pode utilizar a versão desta que vc escolher, ou estável e desatualizada, ou instavel e bem atualizada ou o meio termo. Cada um escolhe a versão por sua própria conta e risco ;-)
Particularmente utilizo a Sid e não tenho problema nenhum!
Espero ter esclarecido alguma dúvida
[]s

[14] Comentário enviado por tufo em 07/07/2004 - 17:14h

E aí galera. Eu não sou um expert em linux, mas sei que esse negócio de melhor distro para começar não cola, pois eu comecei com o Conectiva Marumbi 2.0 (alguém lembra?), tive vários problemas com hardware on-board. Fiquei um tempo se usar o linux, recomecei pelo slackware que era um distro na qual eu achava complicado, foi quando eu resolvi ir atrás das soluções para os meus problemas, tendo como ajuda apenas as minhas revistas que continham os cds de linux.
Enfim, é o usuário quem vai decidir qual distro usar, mas ele precisará ter força de vontade e curiosidade para conhecer o novo. O software proprietário é como um vício. Eu demorei muito pra largar, espero que os novatos larguem mais rapido do que eu.
Saudações Livres.

[15] Comentário enviado por devilkaus em 09/07/2004 - 02:39h

"A melhor distribuição é aquela que o usuário sabe configurar. Portanto, use a que você quiser. :) "

Por isso eu prefiro o Windows 2k3. De longe o mais fácil de configurar. E ainda é seguro e rápido! ;-)

[16] Comentário enviado por adrihenper em 09/07/2004 - 11:07h

Na verdade esse artigo ficou muito vago, e com certeza a melhor distribuição é aquela que vc consiga configurar ao seu gosto, não importa se é Conectiva, Mandrake, Suse, Debian, Slackware, o importante é difundir o uso do Linux!!! e vivaolinux.com.br =)

[17] Comentário enviado por pinrusty em 09/07/2004 - 23:34h

bom o artigo do rapaz!

[18] Comentário enviado por draco em 09/07/2004 - 23:40h

Bem a discussão aqui está boa, e eu acho q a idéia de que a melhor distro não existe é válida já que todas partem da mesma idéia, mas como o texto se refere a iniciantes, eu indicaria claro o Slackware, por que é o que eu uso e foi com ele que descobri o linux, acho que se o cara que está migrando quer encontrar facilidade de uso, então continue com o ruindow$, por que um usuário deste não contribuira em nada com uma comunidade que tende a evoluir e a interagir com um sistema que é livre, e um usuário deste com certeza sequer irá ler um howto. Quando migrei encontrei dificuldades, muitas dificuldades por que escolhi o slack, tive que ler muito, entrar em muitos sites, pedir muita ajuda, para poder configurar meu micro, pricipalmente o hardware que como todos sabe é dificil encontrar drives, pedindo ajuda em salas de discussão cheguei a houvir o seguinte "Vc é iniciante, entao use outra distro como o Mandrake" e foi isso que me deu forcas para continuar no slack, e hj agradeco a ele por usar esta distro que nos forcam a conhecer o sistema.... c quer aprender perca um pouco de tempo de paciencia, mas c esforce, que vc consegue, e quando conseguir compilar um programa no slack, a satisfacão será grande!

[19] Comentário enviado por beetle_juice em 29/12/2004 - 11:42h

C eh pra falar de distros preferida eu fico com meu SLACKEARE!!!!!

[20] Comentário enviado por hilan em 14/06/2005 - 15:18h

Use o slackeare e quebre a cabeça, ou vá pelo outro lado e aprendendo aos poucos... De qualquer jeito vc acaba aprendendo algo hehe ;-).
Uso qualquer uma e consigo fazer erros até em compartilhamentos entre Kurumins hehe... Sou iniciante tb né, da um desconto, Thau e que Deus os abençoe!!!

[21] Comentário enviado por danielpaixao em 15/01/2006 - 21:21h

Eu só consegui fazer o Kurumin funcionar. Instalei o Ubuntux 5, mas só apareceu uma tela tipo dos. Não sei como habilitar o modo Gráfico. Alguém pode me ajudar?

[22] Comentário enviado por jvhhanibal em 03/03/2006 - 18:12h

Foi um bom artigo, só q p qm é iniciante ele está muito sucinto.

[23] Comentário enviado por agofearth em 08/06/2006 - 10:36h

Acho q realmente temos q levar em conta as suas necessidades a estabilidade do sistema, configuracao e os pacotes disponiveis para a versao no mais as vezes testar uma se tiver muito pedreira e o tempo se esvairindo mudar de estrategia aprender aos poucos vale apena

[24] Comentário enviado por Markinhus em 27/07/2006 - 15:28h

o que o _simmons_ disse esta certo
porém como um iniciante deve escolher a versão que sabe usar e configurar se ele naum tem noção nenhuma das versões???
lembrando que sou iniciante e também quero aprender!!!

[25] Comentário enviado por removido em 17/09/2006 - 17:58h

A melhor Distro é aquela que satisfaça todas as necessidades do usuário iniciante em termos de facilidades de uso, instalação e resolução de problemas. Como dica, antes do iniciante optar pela instalação propriamente dita, melhor seria testar um live cd como kurumin, Kalango, Big Linux, DreamLinux, Famelix etc., para que ele possa identificar-se qual atendeu todas as suas necessidades e, principalmente, facilidade de uso.

:::... Viva o Linux ...:::

[26] Comentário enviado por eng_ividal em 17/09/2006 - 23:51h

pow faltou falar sobre o ubuntu!!!!

[27] Comentário enviado por gibass em 16/05/2007 - 14:17h

Exatamente o q eu precisava para efetuar um trabalho na facul!
aeeeeeeeeeee
thanks


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts