Um kill diferente

Desenvolvi um script que tem por finalidade matar um processo através do 'comando/parte do comando' que foi utilizado para iniciar este mesmo processo. O script foi criado para solucionar o problema onde eu deveria iniciar um script em java que roda (em um servidor com diversas aplicações) às 00:00 horas e matá-lo às 06:00, o problema era a lentidão das aplicações ao rodar o script java pois o mesmo sobrecarregava o banco de dados e a JVM tornando-o impraticável o uso das aplicações. O uso deste script para mim é agendar uma tarefa com o at em um determinado horário e matar após um outro horário, e o uso segue da seguinte forma: ex: #inicio do processo at 00:00 cd /diretorio_onde_esta_meu_script/ php meu_script_20120104.php #fim do script at 06:00 cd /diretorio_onde_esta_o_kill.sh/ ./kill.sh 120104.php #fim do exemplo Como podem ver, matei o script.php utilizando um pequeno trecho do comando que foi executado, neste caso o comando executado foi php meu_script_20120104.php e para matar utilizei apenas 120104.php Deve-se ter cuidado com a utilização para não matar coisas indevidas, se você der um ./kill.sh a irá matar todos os processos que contiverem a letra a! Ainda irei incrementar mais funções como uma opção que permita o kill.sh rodar mais de uma vez caso o script que queira matar esteja sendo executado em diversas instâncias, no entanto, a principio pode utilizar diversas vezes que matará por ordem de pid.

Por: Vinicius Miqueloti






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts