Principais Softwares [RESOLVIDO]

1. Principais Softwares [RESOLVIDO]

Gabriel De Rocco Piazza
TheRock

(usa Slackware)

Enviado em 22/08/2015 - 10:35h

Quais são os principais softwares projetados para linux? E para que servem?


  


2. Re: Principais Softwares [RESOLVIDO]

Hugo Cerqueira
hrcerq

(usa Outra)

Enviado em 22/08/2015 - 19:31h

Olá.

Acho que sua pergunta não está muito clara. É difícil elencar uma lista de principais softwares para Linux porque:

1) Linux é usado em diversas situações. Existem inúmeros softwares desenvolvidos para Linux e o conceito de principal varia de usuário para usuário, portanto escolher quais desses softwares são principais é mais uma questão de ponto de vista.

2) Existem muitos softwares que são desenvolvidos especificamente para Linux e outros que são multiplataforma, mas não deixam de ser importantes para a a plataforma Linux.

Por isso vou pedir que especifique melhor o que você precisa saber, porque assim ficará mais fácil te ajudar.

---

Atenciosamente,
Hugo Cerqueira


3. Re: Principais Softwares

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 22/08/2015 - 22:40h

Tem a base do sistema, que é necessária para o funcionamento. Até aí só modo texto.
Coisas como coreutils, tar, gzip etc.

Se você quiser parte gráfica, aí é básico prá parte gráfica.
Servidor X com dependências.
E daí vem o desktop escolhido: kde, gnome, xfce window maker etc.

Softwares de tocar música, assistir vídeo, comunicação via rede, cliente de e-mail etc. Com diversas opções.
E tem ferramentas de desenvolvimento: binutils, gcc, gfortran, free pascal, lazarus etc.

Portanto existem vários tipos de básico, dependendo do caso.

Agora, se você quer algo aprofundado, pesquise no site http://www.linuxfromscratch.org/ todos os projetos criados por eles.

--
http://s.glbimg.com/po/tt/f/original/2011/10/20/a97264_w8.jpg

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden