Slackware 14.2 [LANÇADO!]

85. Re: Slackware 14.2 [LANÇADO!]

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 09/03/2016 - 10:12h

Clona o git do SlackBuilds (git://slackbuilds.org/slackbuilds) e muda o branch pra master.
--
Dino®
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta


  


86. Re: Slackware 14.2 [LANÇADO!]

Alexandre Castro
alexcama

(usa Slackware)

Enviado em 09/03/2016 - 10:28h

Valeus Cavalheiro,,, não sei muito mexer no git mas vamos lá procurando no google algumas dicas!!!

Att
Alexandre


87. Re: Slackware 14.2 [LANÇADO!]

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 09/03/2016 - 10:32h

Bom dia,

Aceitam mais um no time? Depois de muito google tradutor (kkk), estarei migrando para o Slack 14.1 amd64 hoje. Baixando a distro....


Abraço!!

Att,
Jbaf 2016
Debian 8 (MATE), CentOS 7 (KDE)
Computer Associates - " CA-Clipper 5 - A melhor e eterna ferramenta de programação já existente !!"


88. Re: Slackware 14.2 [LANÇADO!]

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 09/03/2016 - 10:45h

Ok, não custa nada ajudar mastigadinho de vez em quando:
$ mkdir ~/slackbuilds
$ cd ~/slackbuilds
$ git clone git://slackbuilds.org/slackbuilds .

Isso já vai te deixar no branch master, que é o usado para o Slackware Current. A partir daí pesquise os pacotes pelo terminal mesmo, já que algumas dependências do current são diferentes das do 14.1
--
Dino®
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta


89. Re: Slackware 14.2 [LANÇADO!]

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 09/03/2016 - 10:46h

Jbaf escreveu:

Bom dia,

Aceitam mais um no time? Depois de muito google tradutor (kkk), estarei migrando para o Slack 14.1 amd64 hoje. Baixando a distro....


Abraço!!

Att,
Jbaf 2016
Debian 8 (MATE), CentOS 7 (KDE)
Computer Associates - " CA-Clipper 5 - A melhor e eterna ferramenta de programação já existente !!"


Não é Slack 14.1 amd64, é Slack64 14.1 :-)

--
Dino®
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta


90. Re: Slackware 14.2 [LANÇADO!]

Alexandre Castro
alexcama

(usa Slackware)

Enviado em 09/03/2016 - 11:03h

Mais uma vez obrigado Cavalheiro,,,, bem bacana isso ,,,, estava pesquisando como clonar e tem até mesmo como escolher o branch que quer,,,, farei um teste !

Valeus mesmo!!

Att

Alexandre


91. Re: Slackware 14.2 [LANÇADO!]

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 09/03/2016 - 11:12h

Então, o comando te deixa no branch master, que é o que o current usa. Para mudar para um outro branch, vá no diretório no qual o git foi clonado e então:
$ git branch -a 

Saída
* master
remotes/origin/11.0
remotes/origin/12.0
remotes/origin/12.1
remotes/origin/12.2
remotes/origin/13.0
remotes/origin/13.1
remotes/origin/13.37
remotes/origin/14.0
remotes/origin/14.1
remotes/origin/HEAD -> origin/master
remotes/origin/ardour-review
remotes/origin/master
remotes/origin/p7zip-review
remotes/origin/ponce-for-14.2
remotes/origin/user/bosth/for-14.2
remotes/origin/user/dslackw/for-14.2
remotes/origin/willysr-for-14.2

A linha master vai estar em verde, as outras em vermelho (ou pelo menos foi o que o GIMP me falou, já que eu tenho acromatopsia total e preciso ver isso analisando o RGB da coisa).
Vamos dizer que você quer usar o repositório do 14.1. Mude para ele usando o comando:
$ git checkout -b 14.1 remotes/origin/14.1 

Agora, a saída do $ git branch -a é:
* 14.1
master
remotes/origin/11.0
remotes/origin/12.0
remotes/origin/12.1
remotes/origin/12.2
remotes/origin/13.0
remotes/origin/13.1
remotes/origin/13.37
remotes/origin/14.0
remotes/origin/14.1
remotes/origin/HEAD -> origin/master
remotes/origin/ardour-review
remotes/origin/master
remotes/origin/p7zip-review
remotes/origin/ponce-for-14.2
remotes/origin/user/bosth/for-14.2
remotes/origin/user/dslackw/for-14.2
remotes/origin/willysr-for-14.2

Com o 14.1 em verde e o master em branco. O asterisco diz qual é o branch ativo no momento. Para mudar entre o branch ativo e um que esteja escrito em branco, o comando é
$ git checkout nomedobranch 

Seguindo o exemplo, eis como se retorna pro master
$ git checkout master 


--
Dino®
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta


92. Re: Slackware 14.2

Ricardo Fabiano Silva
madrugada

(usa Gentoo)

Enviado em 09/03/2016 - 11:28h

spylinux escreveu:

ru4n escreveu:

Buckminster escreveu:

Estou pensando seriamente em adotar o Slackware como distribuição principal.


Vale a pena, principalmente pra programação, apache, php, etc. Já vem com tudo pronto! :-)

--
LinuxCounter: #596371


Baixei hj o slackware-current, provável q amanhã instale, e a ideia é justamente esta, pra codar...trabalho com apache, php, mariadb(mysql), docker, vagrant...e preciso de algo estável, só o q me preocupa é as versões de apps no slack serem mais antigas q outras distros, e pra programação, isso acaba sendo ruim, tipo, PHP já está na versão 7, e tem distros q a versão do php não passam da 5.3.
Vamos ver como está no slack-current

[]'s spylinux
Comunidade Manjaro Geek -www.manjaro-geek.org


Eu sugeri o php7 para o novo Slack, mas a idéia foi deixada de lado devido a algumas incompatibilidades com a versão 5, principalmente com as extensões MySQL. Visto que a maioria dos sites ainda utiliza estas extensões...
https://www.linuxquestions.org/questions/slackware-14/requests-for-current-20151216-a-4175561577/pag...


Mas, você pode pegar o código fonte e compilar com o Slackbuild.
Baixe estes diretórios:
http://slackware.osuosl.org/slackware64-current/source/n/php/
http://slackware.osuosl.org/slackware64-current/source/n/alpine/

Baixe o códifo fonte do PHP 7 e ponha no diretório do PHP. Torne o Slackbuild executável e execute-o.


93. Re: Slackware 14.2 [LANÇADO!]

Alexandre Castro
alexcama

(usa Slackware)

Enviado em 09/03/2016 - 13:03h

Bom , primeiro agradecer a ajuda de vcs especialmente o Lcavalheiro estou me virando bem no git..
Ai fica uma pergunta para todos, eu instalei via qemu um slackware current em meu note minha ideia é preparar os pacotes (ambiente de teste) e depois copia-los para minha maquina desktop current slackware,,,,, os pacotes não terão uma menor performance por isso?
E mais , se eu compilar tudo no braço (já fiz isso uma vez mas "apanhei") nesse ambiente de teste e criar um pacote slackware a performance também nao sera pior, pois foi compilado em outro ambiente?

Desculpem as perguntas mas cade vez mais aprendo aqui!

Att

Alexandre


94. Re: Slackware 14.2 [LANÇADO!]

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 09/03/2016 - 22:09h

Rapaz, pergunte para um professor e faça o fulano feliz :-)
--
Dino®
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta


95. Re: Slackware 14.2 [LANÇADO!]

Ricardo Fabiano Silva
madrugada

(usa Gentoo)

Enviado em 09/03/2016 - 22:42h

alexcama escreveu:

Bom , primeiro agradecer a ajuda de vcs especialmente o Lcavalheiro estou me virando bem no git..
Ai fica uma pergunta para todos, eu instalei via qemu um slackware current em meu note minha ideia é preparar os pacotes (ambiente de teste) e depois copia-los para minha maquina desktop current slackware,,,,, os pacotes não terão uma menor performance por isso?
E mais , se eu compilar tudo no braço (já fiz isso uma vez mas "apanhei") nesse ambiente de teste e criar um pacote slackware a performance também nao sera pior, pois foi compilado em outro ambiente?

Desculpem as perguntas mas cade vez mais aprendo aqui!

Att

Alexandre

O que altera a performance do pacote são as flags utilizadas na hora da compilação. Se você utilizar as flags -march=native e -mtune=native é bom que tenha configurado o processador da máquina virtual igual ao processador da máquina física em que instalará futuramente. Agora, se você souber a flag correta para seu processador, pode apontá-la na máquina virtual que ela compilará com as otimizações do processador apontado pela flag. Se você ignorar estas flags de otimização, o pacote terá a mesma performance independente de que máquina tenha compilado ele.

Nos slackbuilds, as flags são apontadas num campo semelhante ao abaixo, na linha SLKCFLAGS:
if [ "$ARCH" = "i486" ]; then
SLKCFLAGS="-O2 -march=i486 -mtune=i686"
LIBDIRSUFFIX=""
elif [ "$ARCH" = "i686" ]; then
SLKCFLAGS="-O2 -march=i686 -mtune=i686"
LIBDIRSUFFIX=""
elif [ "$ARCH" = "x86_64" ]; then
SLKCFLAGS="-O2 -fPIC -pipe"
LIBDIRSUFFIX="64"
else
SLKCFLAGS="-O2"
LIBDIRSUFFIX=""
fi

Para saber mais sobre as flags do GCC:
https://gcc.gnu.org/onlinedocs/gcc/Optimize-Options.html


96. Re: Slackware 14.2 [LANÇADO!]

Alexandre Castro
alexcama

(usa Slackware)

Enviado em 10/03/2016 - 07:38h

Obrigado pelas informações!!!