Dúvida simples sobre criptografia [RESOLVIDO]

1. Dúvida simples sobre criptografia [RESOLVIDO]

Samuel Leonardo
SamL

(usa XUbuntu)

Enviado em 19/04/2016 - 23:19h

Alguém pode me responder sobre esse pensamento:
Suponha que eu tenha o programa Xpto que pega um string com caracteres ASCII e então gera outra string criptografada internamente ao programa. É possível descriptografar a string de saída com uma senha que foi passada ao programa. Então, surge a pergunta:
-se eu passo a mesma string de entrada mas com uma senha diferente, a string resultante criptografada será a mesma do passo anterior?

É uma pergunta boba, mas quero testar isso outra hora com algum programa. Se alguém puder me indicar também algum material sobre criptografia seria ótimo, estou tentando aprender o básico ainda.


  


2. MELHOR RESPOSTA

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 19/04/2016 - 23:58h

Existem diversos tipos de criptografia e diversos algoritmos.

Desde a criptografia ingênua, que inverte os bits do texto. Esta basta apenas reaplicar o método.

A de deslocamento, que segue a cifra de César, deslocando X caracteres na tabela de símbolos. Basta aplicar o deslocamento de valor -X, que é para trás, ou um deslocamento à frente de T-X onde T é o total de símbolos possíveis no texto.

Para o total de símbolos pode ser adotado tamanho de blocos de bits. Em ASCII são 7 ou 8 bits. Mas fala-se de criptografia de 128, 256, 512 bits, não é?

Tem também algoritmos como o El-Gamal e o RSA, que usam exponenciação e módulo para criptografia. O RSA é uma criptografia assimétrica. A chave de decodificação é diferente da que foi codificado.

RSA usa dois números primos para o módulo. É feita uma exponenciação e o resultado é um bloco encriptado. A exponenciação com o número correto desencripta o bloco. Para quebrar esta criptografia é necessário fatorar o gigantesco número composto em dois primos.

O método do GPG ou PGP, depende da patente é interessante. É gerada uma chave gigantesca. Esta chave encripta e depois é codificada assimetricamente. Esta combinação é complicada o suficientemente para manter a segurança.

E também criptografia que envolve Álgebra, apesar que RSA também usa. Usam-se propriedades da Teoria dos Grupos, mesmo operações algébricas sobre Grupos de Galois e as chamadas S-Boxes.

Estas últimas entram no algoritmo Rijndael ou AES, que é um default nos EUA.

Depende então do que se diz chave no método de encriptação.

O AES é um algoritmo bem conhecido. O algoritmo é conhecido e sua chave pode ser qualquer coisa.

Para finalizar existe também as curvas elípticas. Desta eu não fui atrás. Apesar que eu sei que elas podem ser usadas para fatoração de números compostos. Este seria um ataque ao RSA.

Material:

Há artigos sobre criptografia aqui no VOL.

http://www.numaboa.net.br/
http://www.numaboa.com.br/

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
# apt-get purge systemd (não é prá digitar isso!)

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts