Opinião. Preços de hardware para 2021. [RESOLVIDO]

1. Opinião. Preços de hardware para 2021. [RESOLVIDO]

Fernando
phoemur

(usa Debian)

Enviado em 30/01/2021 - 23:15h

Pessoal, estava querendo montar uma outra máquina e fiquei assustado com os preços dos componentes.
Um computador que no início de 2019 gastei pouco mais de 4 mil reais pra montar hoje gastaria mais de 7,5 mil pra montar um equivalente ou um pouco pior.
Acabei desistindo por enquanto.

Naturalmente todo mundo sabe o que aconteceu esse ano que passou.
Brasil com déficit fiscal recorde pela pandemia, gastando 10% do PIB a mais do que arrecadou e sem perspectiva de melhora, economia quebrada pelas medidas de lockdown, com juro real negativo, instabilidade política no Brasil e EUA, aversão a risco no mercado global fizeram o mundo achar que o país é uma bomba relógio e que não tem atratividade para investimentos, e o real brasileiro foi uma das moedas com maior desvalorização do período.
Associado também às quebras das cadeias produtivas pela pandemia no mundo todo e a guerra comercial entre EUA e China - mais tributação - o que aumentou o preço dos componentes eletrônicos mesmo em dólar, com escassez de produtos no mundo todo. O preço foi à estratosfera.

Levando isto em consideração, qual cenário você acha mais provável para 2021:

- Cenário A: Pandemia melhora principalmente à partir do 2º semestre devido a vacinação e efeito "imunidade de rebanho". Reformas mesmo que tímidas são aprovadas em Brasília, as quais mesmo sem resolver muita coisa pelo menos sinalizam ao mundo certo compromisso em resolver os problemas econômicos locais.
EUA continuam a criar dólares do nada no ritmo de trilhões a cada vez (como nos últimos 10 anos), ocasionando certa fraqueza do dólar e apetite por risco para mercados emergentes e dentre eles o Brasil. Real valoriza um pouco. Cadeia produtiva normalizada. Preço do hardware não volta para o que era antes mas dá uma
correção que possibilita melhora nos preços locais.

- Cenário B: Efeitos da pandemia melhoram à partir do 2º semestre, não porque a doença melhorou mas porque ninguém aguenta mais as medidas absurdas que políticos inventam. Economia local se recupera muito timidamente,
Confusão em brasília, pedidos de impeachment, nenhuma reforma é aprovada e o governo continua gastando mais do que arrecada. 2022 será ano de eleição e ninguém acredita que algo será aprovado também no próximo ano. Aumentos de impostos generalizados para tentar cobrir as contas públicas geram revolta da população.
EUA continuam a criar dólares do nada no ritmo de trilhões a cada vez (como nos últimos 10 anos), porém a desconfiança quanto à solvência do Brasil é tão grande que mesmo assim o real continua se desvalorizando rumo ao precipício.
Preços de hardware continuam aumentando de forma que Notebooks Positivo e Videogames Polystation se tornam artigos de luxo.

- Cenário C: Corram para as colinas. Será que aquele 486 guardado ainda roda o Debian ?

______________________
https://github.com/phoemur


  


2. MELHOR RESPOSTA

Xerxes
xerxeslins

(usa Gentoo)

Enviado em 31/01/2021 - 16:26h

Não sei qual será o cenário, desses que você colocou. Mas não estou otimista. Se componentes de informática estão caros agora, acredito que a tendência seja PIORAR.

Monte logo seu computador para que ele dure pelo menos uns 10 anos sem precisar fazer “upgrade”. Se esperar, pode ficar feio.

Tem gente esperando o lançamento da DDR5 para montar o computador, mas ninguém sabe realmente se vai sair esse ano ainda e provavelmente vai chegar BEM caro.

Acho melhor comprar 32 GB DDR4 mesmo, SSD nvme m.2, algum processador razoável com 16 "threads". Não precisa ser “top”.

Eu não preciso de placa de vídeo dedicada. Não sou jogador. Ainda bem! Um processador com GPU integrada, ou uma placa de vídeo de 2 GB já supre.

O negócio é garimpar na Internet.






--


3. Re: Opinião. Preços de hardware para 2021. [RESOLVIDO]

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 31/01/2021 - 08:37h

Como não preciso de grande poder de processamento eu continuarei em casa com meu laptop/2010 (ci3 + 4gb+ 120ssd) e no trabalho com meu desktop/2015 (ci3 + 4gb + 500hdd)
Quem precisa de PC mais potentes terá um ano difícil pela frente


4. Re: Opinião. Preços de hardware para 2021. [RESOLVIDO]

José Lucas
MINEMAM

(usa Manjaro Linux)

Enviado em 31/01/2021 - 09:32h

cara montei um FX 8300 8G e RX 550 em pleno 2021, toda minha configuração ficou em torno de 2200, já da e sobra pro meu uso. ainda recomendo FX!



5. Re: Opinião. Preços de hardware para 2021. [RESOLVIDO]

Ruan
ru4n

(usa Debian)

Enviado em 31/01/2021 - 09:59h


MINEMAM escreveu:

cara montei um FX 8300 8G e RX 550 em pleno 2021, toda minha configuração ficou em torno de 2200, já da e sobra pro meu uso. ainda recomendo FX!


Pergunta: em se tratando de jogos e desempenho, o driver para amd radeon funciona bem no linux? Lembro que tive um notebook com radeon e na época usava o driver fglrx. Era péssimo, por isso montei todo o meu desktop em 2017 com intel + nvidia.

Pretendo fazer um upgrade nesse ano ou ano que vem, quero mudar todo o meu setup para proc amd + radeon... mas quero saber antes como anda o suporte para linux, para não me arrepender...


6. Re: Opinião. Preços de hardware para 2021. [RESOLVIDO]

José Lucas
MINEMAM

(usa Manjaro Linux)

Enviado em 31/01/2021 - 10:18h

ru4n escreveu:


MINEMAM escreveu:

cara montei um FX 8300 8G e RX 550 em pleno 2021, toda minha configuração ficou em torno de 2200, já da e sobra pro meu uso. ainda recomendo FX!


Pergunta: em se tratando de jogos e desempenho, o driver para amd radeon funciona bem no linux? Lembro que tive um notebook com radeon e na época usava o driver fglrx. Era péssimo, por isso montei todo o meu desktop em 2017 com intel + nvidia.

Pretendo fazer um upgrade nesse ano ou ano que vem, quero mudar todo o meu setup para proc amd + radeon... mas quero saber antes como anda o suporte para linux, para não me arrepender...


Tenho a steam instalada, até o momento não tive problemas, consigo extrair o máximo da minha placa e roda tudo o que eu preciso


7. Re: Opinião. Preços de hardware para 2021.

Luc
LckLinux

(usa Arch Linux)

Enviado em 31/01/2021 - 19:05h

O Dólar está equivalendo a R$ 5,46, hoje. Político/economicamente o cenário é ruim, bastante ruim. Sobre a tua observação acerca de um equilíbrio entre "gastar/arrecadar" não perca de vista, também, "cobrar" (ou seja, não distribuir isenções fiscais como politicagem e procrastinar a execução do acerto de dívidas bilionárias [Bancos, por ex.], o que não corresponde exatamente a arrecadar). Eu não gastaria absolutamente nada neste momento, a não ser que seja imprescindível.

*nem mencionei a gravíssima e mortífera Pandemia.

Saúde \o/



8. Re: Opinião. Preços de hardware para 2021. [RESOLVIDO]

rafael
rgmprd

(usa elementary OS)

Enviado em 05/02/2021 - 12:03h

Amigo, estive passando pela mesma situação, com uma necessidade de comprar novo notebook, ou fazer algum upgrade mínimo pra garantir que o notebook velho sobrevivesse. Assim como vc, vi em poucas buscas de orçamento que seria uma tarefa impossível; minha saída foi trocar o HDD pifado por um SSD, diminuindo capacidade de armazenamento mas podendo ao menos trabalhar.

Sobre a previsão do nosso cenário, sem chance alguma da economia se reabilitar ainda em 2021. Eu infelizmente não recomendaria ninguém a fazer grandes investimentos em upgrade em eletrônicos nos próximos 2 anos.

Em tempo, de forma alguma a culpa disso são as medidas sanitárias de controle da pandemia, que pra falar a verdade qualquer pessoa sabe que nunca chegou a ser cumprida de fato como deveria na maioria do país. Lockdown mesmo, que significa quarentena obrigatória e cordão sanitário em algum bairro ou cidade impedindo entrada e saída, com testagens e acompanhamento de toda população, praticamente não existiu por aqui.

Em primeiro lugar é certo que a pandemia afetou a economia de todos os países de algum modo, negativamente. Por outro lado, o modo de como cada país foi afetado depende da habilidade em colocar em prática medidas de controle à pandemia. Economistas sérios têm avaliado desde o início que o investimento pesado em auxílio econômico à população desempregada e autônoma, bem como auxílios a pequenos/médios empresários, promoção e compromisso com as medidas de isolamento etc. são diretamente associados com a melhora da economia. Pessoas mortas ou jogadas à própria sorte não fazem economia nenhuma girar. O BR não fez testagens em massa, não fez campanhas pra estimular a população a se cuidar e ainda por cima gastou milhões em remédios sem comprovação nenhuma.

Isso não tem nada a ver com posição política, é uma análise fria e calculista da projeção econômica mesmo.

As relações econômicas internacionais deste governo atual também prejudicam em muito a rapidez da recuperação. Independente de gostar ou não, investidores sérios fazem análises sérias, objetivas; qualquer um vê que os caras aqui tão brincando de torcida de futebol, simplesmente parecem não saber o que significa diplomacia. Então, as portas de acordos estão fechando não só devido ao risco que o BR representa por não controlar a pandemia, mas também por conta dessa capacidade incrível de queimar o filme com chineses, indianos, europeus; ficaram babando ovo do Trump e agora que o cenário mudou um pouco lá, até nos EUA corremos riscos de parcerias sendo reavaliadas e interrompidas.