Estou orgulhoso de mim mesmo. E você? [RESOLVIDO]

1. Estou orgulhoso de mim mesmo. E você? [RESOLVIDO]

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 02/02/2011 - 11:30h

Depois de passar semanas tentando colocar algum Linux no meu notebook (algumas distros travavam completamente, outras não reconheciam a minha placa de rede e por aí vai) eu finalmente consegui colocar a distro que eu mais gosto de usar, Ubuntu.

Fiquei muito tempo buscando respostas, ajuda e tudo mais e estou realmente orgulhoso de mim mesmo.

Instalei a minha placa de rede manualmente, editei o Grub através do Gedit e instalei o novo BrOffice. Nunca tinha feito isso antes e posso dizer que o meu sistema está perfeito. Está tudo nos conformes. Rápido, estável e totalmente completo.

Todo esse sofrimento que eu passei durante essas 3 semanas de tentativas foi um grande salto que eu dei nos meus conhecimentos sobre Linux. Aprendi novos comandos, arrisquei muitas vezes, cometi erros e quebrei muito a cabeça. Porém, tudo isso foi recopensado: nunca estive tão feliz de usar o Linux!

Alguém aí ja passou por isso também? Já se sentiu orgulhoso de si mesmo? Conte a sua história!

Captcha: Gedit..kk


  


2. Re: Estou orgulhoso de mim mesmo. E você? [RESOLVIDO]

Victor Pilotto
victor.p

(usa Ubuntu)

Enviado em 02/02/2011 - 11:38h

Sim, fiquei orgulhoso de mim mesmo quando conseguir deixar meu Slackware redondinho.

Ontem mesmo fiquei feliz porque arrumei 2 problema, primeiro meu VLC não estava abrindo nenhum video e o segundo problema é que um filme não estava rodando no smplayer, então pesquisei e atualizei meu VLC e instalei uns plugins, então o VLC rodou perfeitamente e o filme funcionou nele


3. Re: Estou orgulhoso de mim mesmo. E você? [RESOLVIDO]

j g meinhardt
meinhardt_jgbr

(usa Debian)

Enviado em 02/02/2011 - 11:43h

A minha primeira instalação de Linux também foi uma odisseia, pois também foi em um notebook (NoBo) onde fui obrigado a usar um método pouco usual para instalar. Isto foi lá por abril ou maio do ano 2000.
Nesta época tinha um NoBo Sharp Actius (muito portátil) tanto que todos os drives eram externos, tanto o de diskette como o CD-ROM player. O CD-Rom player era acoplado ao NoBo por cartão PCMCIA. Nem o kernel da época nem as distros disponíveis tinham suporte a cartões PCMCIA. Obvio que nesta época também não havia a internet banda larga que facilita muito as coisas. Por isto tive que optar por fazer a instalação que era recomendada apenas para experts (que eu absolutamente não era e continuo não sendo) a partir de copia do conteúdo do CD de instalação no HD do NoBo. Para a partida era usado um diskette de boot. Precisava ainda escolher o modo expert e na partida colocar a localização dos arquivos Linux copiados no HD.
A única distro que consegui instalar no NoBo naquela época foi o Mandrake 6.0. Tentei com várias outras distros, entre elas o RedHat 6 e só consegui sucesso com o Mandrake. Também fiquei muito satisfeito quando consegui fazer rodar o Linux naquele NoBo Sharp.


4. Re: Estou orgulhoso de mim mesmo. E você? [RESOLVIDO]

Alberto Federman Neto.
albfneto

(usa Sabayon)

Enviado em 02/02/2011 - 12:04h

Sim, a gente, que gosta do Linucão, fica feliz quando consegue resolver os problemas


5. Re: Estou orgulhoso de mim mesmo. E você? [RESOLVIDO]

Alex
Lordmetalex

(usa Linux Mint)

Enviado em 02/02/2011 - 12:17h

Comigo aconteceu na primeira vez que instalei o Big Linux 4.2 no meu PC, passei mais de um mês tentando fazer a placa wireless funcionar, tentei vários tutoriais e dicas sobre o Ndiswrapper e nada de funfar, até que um dia eu usei por conta própria o gernciador de drivers do Ndiswrapper e pra minha surpresa funcionou, hoje percebo como é fácil instalar a placa wireless mas na época sofri bastante rsrsrs.


6. Re: Estou orgulhoso de mim mesmo. E você?

Ednilton Santos de Oliveira
ednilton_so

(usa KUbuntu)

Enviado em 02/02/2011 - 14:43h

Olá,

Eu acho realmente que foi pelos principais problemas que tive que mais aprendi Linux. Logo quando comecei a usá-lo a placa de wireless do meu antigo laptop também não funcionava e tive que usar o Ndiswrapper; missão nada fácil para um novato.

Hoje tenho pouquíssimos problemas e aprendo mais instalando a versão mais nova dos programas, ou compilando o Kernel, além de aprender ajudando outros usuários. Além disso, tenho aprendido muito aqui no VOL. Às vezes leio um tópico pensando em ajudar e acabo é sendo ajudado e aprendendo.

Abraços.


7. Re: Estou orgulhoso de mim mesmo. E você? [RESOLVIDO]

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 02/02/2011 - 15:04h

Quando eu ainda usava Windows, também ficava super-orgulhoso quando aprendia a evitar o alojamento de trojans e a derrubar invasores.
Era uma experiência em seguida a outra, e outra, e mais outra.

No Linux tentei por várias vezes instalar o Basic Linux e levei uma verdadeira surra (apenas por falta de atenção nos MÍIINIMOS DETALHES)...
Consegui de tudo, até "kernel panic" por mexer onde não devia.
E cada uma dessas aparentes derrotas foi na verdade uma vitória, um amadurecimento.
E quanto maior a batalha, mais saborosa é a vitória, não é mesmo?


8. Re: Estou orgulhoso de mim mesmo. E você? [RESOLVIDO]

Willian
ThePinkShark

(usa Slackware)

Enviado em 02/02/2011 - 15:07h

É devido a busca pelo orgulho que o mundo vive na miséria, sejamos humildes. Mahatma Gandhi expressou orgulho por ter feito a Índia se livrar do dominio Ingles? Foi um GRande feito, mas ele era humilde. Não devemos nos orgulhar de nós mesmos e nem de outrem, satisfação e felicidade não competem ao orgulho.


9. Re: Estou orgulhoso de mim mesmo. E você? [RESOLVIDO]

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 02/02/2011 - 17:40h

Willian, não seja um estraga-prazeres! Seu inglês mau-humorado!

'E quanto maior a batalha, mais saborosa é a vitória, não é mesmo?'
Isso mesmo Teixeira! A satisfação é enorme.


Pode parecer simplório de minha parte, mas quando consegui compilar um aplicativo específico para Ubuntu e fazê-lo funcionar plenamente no Slack, senti grande satisfação.
A forma clássica para compilar dava erro e mesmo no README do aplicativo não tinha o 'how-to'.
Quem quer usar o Slack tem que ralar(parece que tem uma cultura sub-entendida pregando isso! rs).
E foi pesquisando no Google mesmo que consegui. Traduz daqui e dali, mas cheguei lá!
A auto-satifação ou orgulho, é a recompensa pelo objetivo atingindo.

E novamente: 'E quanto maior a batalha, mais saborosa é a vitória, não é mesmo?'



10. Re: Estou orgulhoso de mim mesmo. E você?

Ednilton Santos de Oliveira
ednilton_so

(usa KUbuntu)

Enviado em 02/02/2011 - 17:51h

Olá,

Não há problema nenhum em orgulha-se do que você faz, claro, desde que você não use isto para menosprezar os feitos de outras pessoas. E ser humilde não é não admitir o que você fez de bom só porque outras pessoas se sentirão ofendidas. Se você fez, tem consciência que é bom e capaz, tem que se orgulhar. Ser humilde é ter consciência que a sua limitação e daqueles ao seu redor é algo natural.

Abraços.


11. Re: Estou orgulhoso de mim mesmo. E você? [RESOLVIDO]

Vinícius F. Vendemiatti
vinivend

(usa Debian)

Enviado em 02/02/2011 - 17:53h

ja penei muito tb com o debian, noites sem dormir, ficava igual a um zumbi na frente da tela. as coisas ja viravam questao de honra pra fazer funcionar.
mas ai vem a parte boa, o "exemplo" o aplicativo funciona, na hora que abre da aquela felicidade, realmente é emocionante, e logo vem a enorme sensaçao de orgulho.

parabéns a nós usuarios do pinguim.


12. Re: Estou orgulhoso de mim mesmo. E você? [RESOLVIDO]

cristopher
clac

(usa openSUSE)

Enviado em 02/02/2011 - 18:22h

Parabéns! Eu estou passando pelo mesmo problema. kkkkk ainda não cheguei na fase do orgulho. Espero chegar algum dia.



01 02 03