E se motoristas fossem contratados da mesma maneira que programadores?

1. E se motoristas fossem contratados da mesma maneira que programadores?

Douglas Giorgio Fim
douglas.giorgio

(usa Fedora)

Enviado em 27/05/2011 - 03:55h

E se motoristas fossem contratados da mesma maneira que programadores?

******************************************************************************************************
Cargo: Motorista.

Exigências do trabalho: Competência profissional em condução de veículos leves como carros e pesados como ônibus e caminhões, ônibus articulados, bondes, metrô, tratores, escavadoras e pás carregadoras, e tanques pesados atualmente em uso pelos países da OTAN.

Habilidades em Rali e de condução extremas são obrigatórios!
Experiência na Fórmula-1 é um diferencial.

Conhecimento e experiência em reparação de motores de pistão e rotor, transmissões automáticas e manuais, sistemas de ignição, computador de bordo, ABS, ABD, GPS e sistemas de áudio automotivo dos fabricantes conhecidos mundialmente – obrigatória!

Experiência em tarefas de pintura e funilaria de automóveis é um diferencial.

Os candidatos devem ser certificados pela BMW, General Motors e Bosch, mas não por mais de dois anos.

Compensação: R$ 15 – R$ 20/hora, dependendo do resultado da entrevista.

Exigências da instrução: Bacharel em Engenharia Mecânica.

******************************************************************************************************

kkkkkkkkkkkk

recebi pelo email e resolvi compartilhar


  


2. Re: E se motoristas fossem contratados da mesma maneira que programadores?

Diego Langer
dlanger

(usa Debian)

Enviado em 27/05/2011 - 08:15h

Muito engraçado.
Realmente as empresas exageram no número de requisitos para os profissionais de TI.


3. Re: E se motoristas fossem contratados da mesma maneira que programadores?

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 27/05/2011 - 10:56h

E apesar do exagero nas exigências quanto aos profissionais de TI, em outras atividades profissionais também aparecem exigências um tanto estranhas:

- Motociclista credenciado pelo CREA.
- Operadora de telemarketing com boa aparência.
- "Literato com profundo conhecimento dos clássicos, para redigir anúncios de um novo dentifrício".

Mas realmente a área de TI é imbatível.
Em 1997 já havia anúncios exigindo dos candidatos uma "prática mínima de DOIS ANOS" no uso do Windows 95 (que saiu apenas em 97)...



4. E se motoristas fossem contratados da mesma maneira que programadores?

Edwal F. Paiva Filho
nicolo

(usa Ubuntu)

Enviado em 27/05/2011 - 12:11h

Esse tipo de coisa é resultado do modismo de imitar os americanos,
em conjunto com a tradição burocrático-soviética das nossas C-elites.

O cara oferece salário de escravo e pede qualificação de cientísta, para fazer trabalhos muito modestos.

-Imagine agora quando as pessoas ficam velhas e tem que procurar emprego?

Ainda bem que eu não trabalho em informática, na minha profissão
Antiguidade é posto.
O pessoal novo reclama do primeiro dia, mas depois fica viciado rapidamente.
Já pensou um informático velho, que na época do DOS já tinha 30 anos? O cara sabe tudo, não tem certificado nenhum e quem o aceita?


5. Re: E se motoristas fossem contratados da mesma maneira que programadores?

fabricio erdmann
fabricio.er

(usa Debian)

Enviado em 27/05/2011 - 12:39h

essa realidade é triste, e o pior, estou fazendo curso na areá. mas por sorte é ciência da computação e pretendo ir para o meio acadêmico e não para o mercado de escravos.


6. Re: E se motoristas fossem contratados da mesma maneira que programadores?

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 28/05/2011 - 11:40h

Sou moderador de uma comunidade de técnicos de informática no Orkut.
O que se nota é que nem mesmo os profissionais da área se valorizam a si próprios.
Tem gente cobrando de míseros R$ 10,00 a R$ 120,00 para fazer a tal "formatação de HD" !...
Notando-se que quando falamos em "profissionais" estamos nos referindo àqueles que - independentemente de sua formação acadêmica ou técnica - escolheram esse meio de vida para ganhar dinheiro, como sua única fonte de recursos.

O conceito de "um bom currículo" hoje em dia é muito diferente do que era há alguns anos atrás.
Anteriormente se dava valor a profundidade de conhecimento, confiabilidade, estabilidade, sociabilidade e coisa assim.
Hoje se preza a "média competência", associada ao "menor salário".
E com isso perde-se em confiabilidade, e em uma rotatividade muito grande do staff.


"Qual sua profissão?"
"Sou técnico de informática!"
"Sim, mas o que você faz para viver?"



7. Re: E se motoristas fossem contratados da mesma maneira que programadores?

Willian
ThePinkShark

(usa Slackware)

Enviado em 28/05/2011 - 12:08h

Tinham que exigir pontos fechados e assim mandar 90% deles para a rua. T.I. é uma área muito porca hoje em dia, são realmente poucos os que fazem um trabalho bom e honesto, sinceramente acho também patético quando vejo anuncios onde contratam "profissionais" para área de Desenho Gráfico ou desenvolvimento para internet.
Saber usar Pacote criativo da Adobe, Dreamweaver e Flash.
Não seria mais eficiente algo como: Saber programar em html. css, php, javascript, ter conhecimento à cerca de desenho gráfico e vetorial?







Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts