Novas cópias do Google Chrome

13. Re: Novas cópias do Google Chrome

Stanislaus K
StanislausK

(usa FreeBSD)

Enviado em 23/06/2020 - 00:27h

Ola,

"Youtube, de forma proposital e deixa os outros navegadores com outra base mais lentos, como o Firefox. A pouco tempo entrei num site gringo aí de notícias, que infelizmente não lembro o nome que mostrou uma janela dizendo, algo assim: "Largue o Firefox e use um navegador moderno e aí a logo para download do Chrome do lado"

sempre repete a mesma história... no passado era Internet Explorer/Microsoft... e agora o Chrome/Chromium/Google... se o Google exagerar isso pode acontecer:

Internet Explorer rende multa bilionária à Microsoft
https://tecnoblog.net/126123/microsoft-multa-comissao-europeia-internet-explorer/

e o Google já faz sacanagem há algum tempo... exemplo recente:

União Europeia multa Google em 1,49 bilhão de euros por impedir anúncios de concorrentes
https://g1.globo.com/economia/tecnologia/noticia/2019/03/20/uniao-europeia-multa-google-em-149-bilha...


  


14. Re: Novas cópias do Google Chrome

Severino do Ramo Lemos
galena

(usa KDE Neon)

Enviado em 23/06/2020 - 07:27h

clodoaldops escreveu:

-eu comecei usar Google Chrome devido Netflix e não parei mais
-mas na maioria das vezes uso Firefox

Só uso o Firefox e, através de um ícone na área de trabalho, tenho acesso ao Netflix.



15. Re: Novas cópias do Google Chrome

Will D. Magno
Zoma

(usa Manjaro Linux)

Enviado em 23/06/2020 - 07:37h

Acho que todos os browsers mais populares tem suporte a DRM, logo Netflix, Prime Video, Hulu, Spotify Web funcionarão de boa.


16. Re: Novas cópias do Google Chrome

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 23/06/2020 - 22:17h

niquelnausea escreveu:

edge para windows esta crescendo e com motivo, desempenho. acredito que no linux acontecerá algo parecido.
por preferencia uso o firefox, mas já é inegável que atualmente o firefox é o que o opera foi no passado, uma alternativa. não me agrada esse domínio do chromium.


O novo edge é mais uma clone do Chromium/Google Chrome.



17. Re: Novas cópias do Google Chrome

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 23/06/2020 - 22:20h

O Google é a Microsoft da "era da internet". Não vou ficar espantado se vier a ser lançado um Android para desktop que chegue ao topo do ranking de usuários em alguns anos.



18. Re: Novas cópias do Google Chrome

Fábio Farias
Fabio_Farias

(usa openSUSE)

Enviado em 24/06/2020 - 08:40h


pinduvoz escreveu:

O novo Microsoft Edge é praticamente idêntico ao Google Chrome, o que leva a crer que ele também usa o código do Chromium, o projeto aberto que muitos linuxers conhecem há muitos anos. O código utilizado poderia até ser o da própria Google, obviamente com autorização dela, mas duvido que seja.

Recentemente conheci o CCleaner Browser, lançado pelo pessoal que produz softwares úteis para o Windows (o "limpador" CCleaner, o desfragmentador Defragler, além de um recuperador de arquivos e um utilitário que analisa o hardware). O CCleaner Browser também veio com "a cara" do Google Chrome/Chromium.

Por conta disso, fica a pergunta:

Será que o projeto Chromium e seu código aberto vão dar origem a uma família de navegadores que vai tomar 100% do mercado, matando os demais?

O que vocês acham?


Sim o Edge agora usa a base do Chromium. Na época a Mozilla reclamou dessa fato justamente por causa do preocupante domínio do Google sobre a internet. Como disseram em comentários acima, apenas o Safari (restrito à Apple) e o Firefox usam outras bases de código. Da mesma forma, também não gosto desse domínio do Google principalmente no que diz respeito à privacidade (que quase já não existe mesmo) dos dados e da navegação que se faz. Eu uso o Firefox no Windows e no Linux e vou usar enquanto ele for desenvolvido. Não estou afirmando que a Mozilla não faz rastreio ou coisa assim. Eu sei que faz, mas ainda prefiro o software da Mozilla que o software do Google e seus navegadores derivados.







19. Re: Novas cópias do Google Chrome

Mauricio Ferrari
mauricio123

(usa Slackware)

Enviado em 24/06/2020 - 12:51h


pinduvoz escreveu:

O Google é a Microsoft da "era da internet". Não vou ficar espantado se vier a ser lançado um Android para desktop que chegue ao topo do ranking de usuários em alguns anos.


Com certeza teremos no futuro computadores com arquitetura arm, se já não tem. Aí sim, o android chega a ser usado em computadores como um sistema operacional desktop propriamente dito.

___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.


20. Re: Novas cópias do Google Chrome

João Pedro Vital
JPzin

(usa Ubuntu)

Enviado em 24/06/2020 - 15:30h


Será que o projeto Chromium e seu código aberto vão dar origem a uma família de navegadores que vai tomar 100% do mercado, matando os demais?


Essa é uma pergunta um pouco difícil, mas no meu ponto de vista, não temos muitos navegadores baseados no Chromium (não ao ponto de tomar o mercado), e nem todos os baseados nele são realmente bons (pra mim o melhor mesmo é o Edge). Acho que no final de tudo, tomar o mercado 100% não vai, talvez grande parte dele daqui à um tempo (o que também não aparenta ser muito plausível).

Esse é meu ponto de vista.



21. Re: Novas cópias do Google Chrome

Bilufe
bilufe

(usa XUbuntu)

Enviado em 24/06/2020 - 17:22h

pinduvoz escreveu:

O novo Microsoft Edge é praticamente idêntico ao Google Chrome, o que leva a crer que ele também usa o código do Chromium, o projeto aberto que muitos linuxers conhecem há muitos anos. O código utilizado poderia até ser o da própria Google, obviamente com autorização dela, mas duvido que seja.

Recentemente conheci o CCleaner Browser, lançado pelo pessoal que produz softwares úteis para o Windows (o "limpador" CCleaner, o desfragmentador Defragler, além de um recuperador de arquivos e um utilitário que analisa o hardware). O CCleaner Browser também veio com "a cara" do Google Chrome/Chromium.

Por conta disso, fica a pergunta:

Será que o projeto Chromium e seu código aberto vão dar origem a uma família de navegadores que vai tomar 100% do mercado, matando os demais?

O que vocês acham?


Desde o anúncio do Microsoft Edge, a Microsoft já revelou que era baseado no Chromium.


22. Re: Novas cópias do Google Chrome

Arnold
Arnoold

(usa Solus)

Enviado em 25/06/2020 - 12:47h

mauricio123 escreveu:


pinduvoz escreveu:

O Google é a Microsoft da "era da internet". Não vou ficar espantado se vier a ser lançado um Android para desktop que chegue ao topo do ranking de usuários em alguns anos.


Com certeza teremos no futuro computadores com arquitetura arm, se já não tem. Aí sim, o android chega a ser usado em computadores como um sistema operacional desktop propriamente dito.

___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.

Você viu o que a Apple tá fazendo, né? Em relação a tecnologia ARM.
https://tecnoblog.net/347253/apple-anuncia-transicao-intel-arm-mac/


23. Re: Novas cópias do Google Chrome

Arnold
Arnoold

(usa Solus)

Enviado em 25/06/2020 - 12:49h

JPzin escreveu:

não temos muitos navegadores baseados no Chromium (não ao ponto de tomar o mercado)

Oi? Tem certeza? Ou tá confundindo Chromium com Chrome? Boa partes dos navegadores atuais, ao menos a nível do desktop são baseados no Chromium.


24. Chromium é um programa que está dando oportunidades para outras empresas criarem os seus própios nav

Andrei Amorim Santos
andrei_DoLinux

(usa Ubuntu)

Enviado em 13/08/2020 - 16:37h

O Chromium é um navegador de código-aberto, assim como o Firefox, todos que quiserem podem ver-lo, modifica-lo e redistribuir-lo. Temos ótimos navegadores como o Opera, Vivaldi e o Brave (que paga para navegar nele). Ainda mais que o Chromium não é Chrome. Porque se preucupar se ele é muito usado para a criação de outros navegadores? A proposta do LInux é a mesma do Chromium, ser de código-aberto.



01 02 03



Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts