Microsoft-Free

1. Microsoft-Free

willian
tekmania

(usa Ubuntu)

Enviado em 06/08/2008 - 17:02h

da uma olhada:
http://www.linux-magazine.com.br/noticia/ibm_empenhada_em_oferecer_desktops_microsoft_free

A IBM anunciou ontem em São Francisco, EUA, uma parceria com alguns dos principais distribuidores Linux para oferecer desktops absolutamente livres de softwares da Microsoft. O uso direto do termo “Microsoft-Free” é o que mais marca no anúncio, pois deixa bem clara a intenção da Big Blue de manter seu antigo parceiro longe de seus consumidores.

No acordo com Canonical, Novell e Red Hat, a empresa afirma que “juntará forças globalmente com seus parceiros de hardware para fornecer escolhas de computação pessoal livres da Microsoft” e, logo em seguida, informa o motivo da parceria: os computadores virão “com Lotus Notes e Lotus Symphony no mercado mundial de um bilhão de unidades de desktops em 2009”. Os dois softwares, em conjunto, oferecem todas as funcionalidades de colaboração, mensagens instantâneas, email, navegador, calendário e escritório, entre outras, e sua disseminação em desktops poderia representar importantes avanços na presença da IBM no mercado e também nas vendas do Lotus Domino, que integra o pacote Lotus no lado do servidor.

O anúncio cita que os parceiros percebem “mudanças nas forças do mercado e a demanda crescente por alternativas aos caros computadores baseados em Windows e Office” como “um conjunto ideal de circunstâncias que permitem a proliferação de desktops baseados em Linux no próximo ano”.

A demora na adoção do Vista em ambientes corporativos também foi citada por Kevin Cavanaugh, vice-presidente da IBM para softwares Lotus, como motivo de expectativas elevadas com relação à adoção do Linux pelas empresas no futuro próximo.

O modelo de comercialização e parcerias com ISVs, fornecedores de hardware e prestadores de serviço em cada mercado local deve variar de acordo com o setor de atuação do cliente. O anúncio cita o exemplo de clientes de governo, cujos ISVs parceiros forneceriam aplicativos de gerenciamento de documentos, de crise e serviços aos cidadãos, enquanto bancos contariam com suporte a thin clients e softwares Lotus sociais para a comunicação entre aplicações de seus diversos setores. Enquanto isso, em escolas, estudantes e professores disporiam de “uma plataforma aberta de baixo custo para capitalizar as forças dos softwares Lotus colaborativos e sociais”, segundo o texto.


  


2. Re: Microsoft-Free

Marcelo Cavalcante Rocha
kalib

(usa Arch Linux)

Enviado em 06/08/2008 - 17:08h

Essa é de fato uma excelente notícia tekmania.
É bom vermos o software livre ganhando espaço e reconhecimento como uma solução viável. E assim o barateamento das máquinas torna-se uma certeza. ;]


3. Re: Microsoft-Free

willian
tekmania

(usa Ubuntu)

Enviado em 06/08/2008 - 17:10h

o que a M$ vai fazer agora??

Microsoft reclama do open source em relatório
http://www.noticiaslinux.com.br/nl1217995766.html


4. Re: Microsoft-Free

Izabel
[email protected]

(usa Ubuntu)

Enviado em 06/08/2008 - 20:48h

É a história acontecendo...
A revolução OS
vamos acompanhar :P
[]'s


5. Re: Microsoft-Free

Luciano Gomes
lucianopqd

(usa Ubuntu)

Enviado em 10/08/2008 - 10:51h

por essa o BIL não esperava... hehe






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts