LM 21.3 XFCE Perigo na pasta Recentes (não resolvido e não contornado)

1. LM 21.3 XFCE Perigo na pasta Recentes (não resolvido e não contornado)

Ricardo Groetaers
ricardogroetaers

(usa Linux Mint)

Enviado em 11/02/2024 - 14:56h

Se abrirmos um arquivo (de texto, imagem, planilha, outros, ...) localizado em qualquer local (pasta, partição, unidade de disco, ...), o arquivo aparece na "pasta" Recentes.

Se na pasta Recentes clicarmos na opção "remover dos recentes", tudo bem, sem problemas.

Se, na pasta "recentes" clicarmos em "mover para a lixeira", ou pior clicarmos em "deletar" ou usar a tecla <del> ou a combinação <shift><del>, o arquivo será deletado também em seu lugar de origem.

Salvo melhor entendimento, essas "características" ("mover para a lixeira" ou "deletar") não deveria existir na pasta "recentes". Ela pode pegar alguém de surpresa.

Até o momento não tenho solução para o problema.

Observação:
- a pasta "Recentes" (o nome pode variar com o idioma) parece não existir fisicamente, parece ser uma pasta virtual.
- não testei em LM XFCE 21; 21.1 e 21.2, mas suponho que o problema também exista nessas versões do LM.



  


2. Re: LM 21.3 XFCE Perigo na pasta Recentes (não resolvido e não contornado)

Alexa Bolada
alexabolada

(usa Debian)

Enviado em 11/02/2024 - 14:56h

Olá! Parece que você tem uma dúvida relacionada à pasta "Recents" no Linux Mint 21.3. De fato, quando abrimos um arquivo em qualquer local, ele aparece na pasta "Recents". Se você clicar em "remover dos recentes" na pasta "Recents", não haverá problemas.

No entanto, se você clicar em "mover para a lixeira" ou usar a opção "deletar" na pasta "Recents", o arquivo também será excluído de sua localização original. Essa é uma característica indesejável e pode pegar alguém de surpresa.

Infelizmente, até o momento não tenho uma solução para esse problema, mas posso sugerir algumas precauções para evitar a exclusão acidental de arquivos:

1. Tenha cuidado ao usar a opção "mover para a lixeira" ou "deletar" na pasta "Recents".
2. Certifique-se de verificar a pasta "Recents" antes de excluir qualquer arquivo, para evitar excluir o arquivo da localização original.
3. Considere desabilitar a pasta "Recents" para evitar confusões. Você pode fazer isso seguindo estas etapas:
- Abra o Gerenciador de Arquivos do Linux Mint.
- Acesse o menu "Editar"


3. Re: LM 21.3 XFCE Perigo na pasta Recentes (não resolvido e não contornado)

Ricardo Groetaers
ricardogroetaers

(usa Linux Mint)

Enviado em 11/02/2024 - 15:03h

alexabolada escreveu: .... mas posso sugerir algumas precauções para evitar a exclusão acidental de arquivos:

3. Considere desabilitar a pasta "Recents" para evitar confusões. Você pode fazer isso seguindo estas etapas:
- Abra o Gerenciador de Arquivos do Linux Mint.
- Acesse o menu "Editar"

Já tentei isso.
No Gerenciador de Arquivos Thunar, quando se "ilumina" com o mouse a pasta Recentes, a opção "delete" está desabilitada.
Como disse anteriormente, a pasta Recente parece ser uma pasta virtual, não existe fisicamente.


4. Re: LM 21.3 XFCE Perigo na pasta Recentes (não resolvido e não contornado)

Alexa Bolada
alexabolada

(usa Debian)

Enviado em 11/02/2024 - 15:03h

A pasta "Recents" é uma pasta virtual que não existe fisicamente. Se você deseja evitar a exclusão acidental de arquivos, você pode considerar desabilitar a pasta "Recents". No Gerenciador de Arquivos Thunar, quando você ilumina a pasta com o mouse, a opção "delete" está desabilitada, o que já ajuda a evitar exclusões acidentais.


5. Re: LM 21.3 XFCE Perigo na pasta Recentes (não resolvido e não contornado)

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 11/02/2024 - 20:42h

https://www.vivaolinux.com.br/topico/Helps-e-dicas-para-usuarios-iniciantes/Como-limpar-o-historico-...



**************************************
DICAS LINUX PARA NOVATOS
https://dicaslinuxparanovatos.blogspot.com/


6. Re: LM 21.3 XFCE Perigo na pasta Recentes (não resolvido e não contornado)

Samuel Leonardo
SamL

(usa XUbuntu)

Enviado em 11/02/2024 - 20:53h

É uma boa ideia falar disso no fórum oficial do mint, pode ser que evite dor de cabeça num futuro.
Ou talvez ir no fórum oficial do ubuntu e criar um tópico sobre o assunto.


https://nerdki.blogspot.com/ acessa ai, blog dedicado Paranóia!



7. Re: LM 21.3 XFCE Perigo na pasta Recentes (não resolvido e não contornado)

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 11/02/2024 - 21:12h

Vc está usando LM MATE ?

**************************************
DICAS LINUX PARA NOVATOS
https://dicaslinuxparanovatos.blogspot.com/


8. Re: LM 21.3 XFCE Perigo na pasta Recentes (não resolvido e não contornado)

Ricardo Groetaers
ricardogroetaers

(usa Linux Mint)

Enviado em 11/02/2024 - 23:48h

Obrigado a todos pela atenção.
Fiz pequena complementação (edição) do post inicial para maior clareza.
O Ambiente de Trabalho é o XFCE.

Pode-se matar o processo que cria a pasta Recentes, com o Gerenciador de Tarefas (Gráfico) ou usando um comando apropriado na linha de comando.
O processo é:
/usr/libexec/gvfsd-recent --spawner :1.10 /org/gtk/gvfs/exec_spaw/6
O número depois do spaw/ pode variar.
A pasta Recente some do Gerenciador de Arquivos Thunar aberto, mas é recriada ao se abrir nova instância do Thunar.

Obs: Já postei esse tópico no Forum do Linux Mint.


9. Re: LM 21.3 XFCE Perigo na pasta Recentes (não resolvido e não contornado)

Tipoff *tipoff
tipoff

(usa Outra)

Enviado em 12/02/2024 - 09:26h


ricardogroetaers escreveu:

Se abrirmos um arquivo (de texto, imagem, planilha, outros, ...) localizado em qualquer local (pasta, partição, unidade de disco, ...), o arquivo aparece na "pasta" Recentes.

Se na pasta Recentes clicarmos na opção "remover dos recentes", tudo bem, sem problemas.

Se, na pasta "recentes" clicarmos em "mover para a lixeira", ou pior clicarmos em "deletar" ou usar a tecla <del> ou a combinação <shift><del>, o arquivo será deletado também em seu lugar de origem.

Salvo melhor entendimento, essas "características" ("mover para a lixeira" ou "deletar") não deveria existir na pasta "recentes". Ela pode pegar alguém de surpresa.

Até o momento não tenho solução para o problema.

Observação:
- a pasta "Recentes" (o nome pode variar com o idioma) parece não existir fisicamente, parece ser uma pasta virtual.
- não testei em LM XFCE 21; 21.1 e 21.2, mas suponho que o problema também exista nessas versões do LM.


Honestamente, não considero isso um problema, visto que a função "recentes" é apenas um histórico de acesso, mantendo uma lista dos últimos arquivos utilizados. Com isso em mente, ao optar por deletar ou mover um arquivo para a lixeira, o usuário estará ciente de que o arquivo original será perdido.


10. Re: LM 21.3 XFCE Perigo na pasta Recentes (não resolvido e não contornado)

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 12/02/2024 - 10:59h

Uso LM Xfce no laptop e confesso que nunca deletei nada dessa pasta. Para dizer a verdade eu não me lembro de ter visto essa pasta. Eu só vejo as clássicas: documentos, imagens, músicas, vídeos , downloads

**************************************
DICAS LINUX PARA NOVATOS
https://dicaslinuxparanovatos.blogspot.com/


11. Re: LM 21.3 XFCE Perigo na pasta Recentes (não resolvido e não contornado)

Ricardo Groetaers
ricardogroetaers

(usa Linux Mint)

Enviado em 17/02/2024 - 07:19h

tipoff escreveu: Honestamente, não considero isso um problema, visto que a função "recentes" é apenas um histórico de acesso, mantendo uma lista dos últimos arquivos utilizados. .....

Respeito sua opinião, mas é padrão, tradição, consenso comum, que um "lugar" que tenha "recente" no nome contém apenas uma "lista" (ressalto o conceito lista) de objetos abertos recentemente. Por exemplo:
- menu Whisker (análogo do menu iniciar do Windows) no painel do XFCE. Ao removermos, limparmos os programas "Usados RECENTEmente", apenas a lista dos programas é removida, os programas não são removidos ou desinstalados.
- plugin places (chamado de Locais em Português do Brasil) no painel do Xfce, ao removermos, limparmos os "Documentos recentes", apenas a lista é removida, os "documentos" (arquivos e ou pastas) originais não são deletados.

Não existe analogia perfeita, mas do jeito que a coisa se comporta, é como se deletássemos um atalho (lançador) e o objeto, para o qual o atalho aponta, fosse deletado também.


12. Re: LM 21.3 XFCE Perigo na pasta Recentes (não resolvido e não contornado)

Ricardo Groetaers
ricardogroetaers

(usa Linux Mint)

Enviado em 17/02/2024 - 07:39h

clodoaldops escreveu: ... Para dizer a verdade eu não me lembro de ter visto essa pasta. ....

Ei-la que surge.







Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts