Próximo CEO da Microsoft!

1. Próximo CEO da Microsoft!

Leandro
rahremix

(usa Arch Linux)

Enviado em 02/09/2013 - 19:36h

Ae galera, vamos ajudar votando no Linus Torvalds e no Richard Stallman!

http://nextmicrosoftceo.com/




  


2. Re: Próximo CEO da Microsoft!

Daniel Lara Souza
danniel-lara

(usa Fedora)

Enviado em 02/09/2013 - 19:57h

ja votei hehehe


3. Re: Próximo CEO da Microsoft!

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 02/09/2013 - 19:59h

Oh, CEOs!
Quem será o vencedor?...

Quem quer que seja, terá a obrigação de ser uma cópia-carbono do tio Bill, ao qual a Microsoft deve bem mais de 50% de sua excelente situação no mercado.
Felizmente ou infelizmente a Microsoft somente deu certo exatamente por causa das táticas, digamos, bastante ousadas e/ou agressivas do "titio".
Não se pode negar, nisso ele quase chegou à categoria de gênio...


4. Re: Próximo CEO da Microsoft!

Pedro
px

(usa Debian)

Enviado em 02/09/2013 - 20:34h

Teixeira escreveu:

Oh, CEOs!
Quem será o vencedor?...

Quem quer que seja, terá a obrigação de ser uma cópia-carbono do tio Bill, ao qual a Microsoft deve bem mais de 50% de sua excelente situação no mercado.
Felizmente ou infelizmente a Microsoft somente deu certo exatamente por causa das táticas, digamos, bastante ousadas e/ou agressivas do "titio".
Não se pode negar, nisso ele quase chegou à categoria de gênio...



A filosofia de Bill Gaytes "o verdadeiro gênio não inventa, copia o mais rápido possível do primeiro!"


5. Re: Próximo CEO da Microsoft!

Leandro
rahremix

(usa Arch Linux)

Enviado em 02/09/2013 - 20:43h

px escreveu:

Teixeira escreveu:

Oh, CEOs!
Quem será o vencedor?...

Quem quer que seja, terá a obrigação de ser uma cópia-carbono do tio Bill, ao qual a Microsoft deve bem mais de 50% de sua excelente situação no mercado.
Felizmente ou infelizmente a Microsoft somente deu certo exatamente por causa das táticas, digamos, bastante ousadas e/ou agressivas do "titio".
Não se pode negar, nisso ele quase chegou à categoria de gênio...



A filosofia de Bill Gaytes "o verdadeiro gênio não inventa, copia o mais rápido possível do primeiro!"


De preferência, lançando a "cópia" antes do original, com direito de dizer que a ideia foi dele!


6. Re: Próximo CEO da Microsoft!

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 03/09/2013 - 08:18h

Os Estados unidos passaram por uma fase notória onde imperou a nossa conhecida "lei de Gerson", que seguia a doutrina de "levar vantagem em tudo".
Apenas que alguns se empenharam tanto em seguir tal doutrina, que "inventaram" o consumerismo (um consumismo exagerado, artificialmente motivado pelo simples ato de consumir, mesmo sem necessidade de tal produto ou serviço), um fenômeno considerado como sendo a vergonha do marketing (*).

Também houve um movimento à moda 'boko-moko", onde "refinamento", "cortesia", "cordialidade", "atenção" etc. foram palavras praticamente riscadas do dicionário, sendo substituídas por "agressividade", "imposição", "desdém", "desrespeito", e coisas que o valham.
O desrespeito ao consumidor ficou patente naquela época.

Eu me lembro que houve uma época em que alguns empresários respondiam à correspondência comercial aproveitando-se do próprio papel de carta do cliente ou fornecedor, no mais legítimo estilo "mão-de-vaca".
Isso era de um tremendo mau gosto, e no entanto essa prática durou mais de cinco anos em algumas empresas consideradas importantes naquela época, e que hoje coincidentemente não existem mais.

Foi nadando nos mares de tanta falta de ética e de simancol, que a Microsoft conseguiu desvencilhar-se das intempéries e manter-se no mercado.
E nisso está a alegada genialidade de Gates, pois em momento algum de sua gestão como CEO permitiu-se que a empresa ficasse estigmatizada como "anti-ética" ou 'desonesta", embora pesassem sobre ela (e ainda pesem) muitas e muitas acusações nesse sentido.
Se formos observar melhor, porém com olhos de consumidor, a Microsoft tem uma sólida fama de ágil, confiável, inovadora, etc.
Tem um determinado político paulistano, muito antigo e simpático, que tem certas características semelhantes: É escorregadio ao extremo, que nem quiabo com mussum...



(*) CONSUMERISMO:

Conta-se que um determinado fabricante norteamericano, que tinha como seu produto principal um mingau em pó, para alavancar as vendas instituiu um concurso onde as pessoas deveriam recortar uma parte da embalagem e enviar para a caixa postal daquela empresa, devidamente acompanhada de alguma receita onde aquele mingau fosse o principal ingrediente.

O tal concurso fez sucesso, e as pessoas, motivadas pelo prêmio anunciado, passaram a comprar cada vez mais o tal mingau (mesmo sem necessidade).

Até que chegou uma correspondência bastante interessante, onde a dona de casa informava que passou a usar aquele delicioso mingau e que, para melhor concorrer ao prêmio, havia se empenhado bastante em desenvolver muitas e muitas receitas baseadas nele.

E que descobriu que, ao preparar o delicioso mingau com menos água e sem açúcar, o produto resultante era excelente para calafetar o assoalho...










Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts