ldconfig [RESOLVIDO]

1. ldconfig [RESOLVIDO]

anna kamilla
annakamilla

(usa Debian)

Enviado em 10/02/2009 - 15:54h

segundo o lfs (linux from sratch) temos que saber o nome do nosso linker como o meu é um i686 meu linker é ld-linux.so.2.
mas quando vou digitar o comando para sair alguma saida não aparece nenhuma saida.
readelf -l <nome do binário> | grep interpreter
esse é o comando.

o que será que é??



  


2. Re: ldconfig [RESOLVIDO]

anna kamilla
annakamilla

(usa Debian)

Enviado em 10/02/2009 - 23:09h

preciso de uma ajuda


3. qual distro vc está usando?

Leandro Correa dos Santos
nukelinux

(usa Ubuntu)

Enviado em 11/02/2009 - 14:55h

pelo que li do manual Linux From Scratch, o ideal é usar uma "distro pai", como Debian, Fedora, Slackware, etc...

distros como Ubuntu e Mandriva não se enquadram nos requisitos necessários para serem sistemas hospedeiros


4. Re: ldconfig [RESOLVIDO]

anna kamilla
annakamilla

(usa Debian)

Enviado em 11/02/2009 - 15:12h

vo ter que trocar mesmo



5. Re: ldconfig [RESOLVIDO]

anna kamilla
annakamilla

(usa Debian)

Enviado em 14/02/2009 - 16:53h

vo ajudar mais na parte do site e dos scripts, faz 2 dias que formatei e reinstalei o ubuntu.



6. Re: ldconfig [RESOLVIDO]

César José de Freitas
cesin

(usa Conectiva)

Enviado em 23/07/2010 - 10:35h

O sistema anfitrião deve estar executando pelo menos um kernel 2.6.2 compilado com o GCC 3.0 ou superior, não tem nada haver se o sistema for Debian, Slack, ou outra distro tem que atender este requesito somente.
O fato de Ubuntu ser inferior ou não , não vem ao caso sobre isso, lfs, obedecendo o padrão POSIX e o compilador GCC 3.0 o kernel ser 2.6.2 para usar o Udev, já é suficiente o resto é lenda. O linux é personalizavel não existe relativamente grande diferença entre as distros, a não ser pequenas particularidade que não vem ao caso e o sistema de gerenciamento de pacotes, que são mais visíveis.

Quando você inicia um aplicativo ou quando um aplicativo inicia outro aplicativo (bibliotecas dinâmicas e ou vinculada) eles chamam na verdade uma imagem do executável chamada Executable and Linking Format (ELF), o kernel inicia com o carregamento da imagem ELF na memoria swap do usuário, no ELF tem uma chamada .interp, que indica o vinculador do pc ( ou melhor da distribuição) que será usado /lib/ld-linux.so, /lib64/ld-linux-x86-64.so.2 para sistemas mais atuais.
Se o comando não funciona tente executá-lo dentro do diretório onde está o binário a ser analisado, espero que não esteja equivocado quanto ao comando readelf, t+.Veja a saída de várias chamadas dentre elas a .interp;

tededocomando@paravc# readelf -l /bin/cp

Cada tipo de arquivo Elf é EXEC (executável)
Ponto de entrada 0x8048618
Há 9 cabeçalhos de programas, iniciando no deslocamento 52

Cabeçalhos do Programa:
Type Offset VirtAddr PhysAddr FileSiz MemSiz Flg Align
PHDR 0x000034 0x08048034 0x08048034 0x00120 0x00120 R E 0x4
--->INTERP 0x000154 0x08048154 0x08048154 0x00013 0x00013 R 0x1 ******************** <-----
[Requesting program interpreter: /lib/ld-linux.so.2]
LOAD 0x000000 0x08048000 0x08048000 0x11558 0x11558 R E 0x1000
LOAD 0x011ef8 0x0805aef8 0x0805aef8 0x002a4 0x004b8 RW 0x1000
DYNAMIC 0x011f0c 0x0805af0c 0x0805af0c 0x000e0 0x000e0 RW 0x4
NOTE 0x000168 0x08048168 0x08048168 0x00020 0x00020 R 0x4
GNU_EH_FRAME 0x011508 0x08059508 0x08059508 0x00014 0x00014 R 0x4
GNU_STACK 0x000000 0x00000000 0x00000000 0x00000 0x00000 RW 0x4
GNU_RELRO 0x011ef8 0x0805aef8 0x0805aef8 0x00108 0x00108 R 0x1

Section to Segment mapping:
Segment Sections...
00
01 .interp
02 .interp .note.ABI-tag .hash .gnu.hash .dynsym .dynstr .gnu.version .gnu.version_r .rel.dyn .rel.plt .init .plt .text .fini .rodata .eh_frame_hdr .eh_frame
03 .ctors .dtors .jcr .dynamic .got .got.plt .data .bss
04 .dynamic
05 .note.ABI-tag
06 .eh_frame_hdr
07
08 .ctors .dtors .jcr .dynamic .got








Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts