Distro totalmente nacional?

1. Distro totalmente nacional?

João Gabriel
joao_15

(usa Arch Linux)

Enviado em 02/03/2009 - 19:22h

Fala ae pessoal blz?

Que a distro d-VOL deve ser baseada em debian está praticamente definido. Mais estou com uma dúvida.
A distro será totalmente nacional? Inclusive comandos?

exemplo: shutdown -r now ---> desligue -r agora
ou apt-get install nano ----> instalar nano
mount /dev/sda2 ----> monte /dev/sda2

Isso seria viável? Ou não. Seria uma coisa muito interessante se isso ocorre-se (na minha opinião :P)
E vcs o que acham?


  


2. Re: Distro totalmente nacional?

Jefferson Diego
Diede

(usa Debian)

Enviado em 02/03/2009 - 19:39h

Pra mim parece uma ótima idéia e viável!
Não deixar algo permanente, como renomear o "mount" para "monte", mas seria boa idéia por padrão deixar um link simbólico, para que ambos funcionassem. ("monte" e "mount", por exemplo)


3. Re: Distro totalmente nacional?

Néscio Ignorante
Ignorante

(usa Slackware)

Enviado em 02/03/2009 - 20:19h

Aprovo a ideia, seria muito bom, para usuarios menos experientes que tem dificuldade com o idioma ingles,

é interessante mesmo


4. Re: Distro totalmente nacional?

Joaquim pedro
osmano807

(usa Outra)

Enviado em 02/03/2009 - 20:29h

Seria uma ótima idéia se tivesse os comandos padrões juntos, somente seria um link. Ia ser legal para os novos usuários de linux


5. Re: Distro totalmente nacional?

Alberto Federman Neto.
albfneto

(usa Sabayon)

Enviado em 02/03/2009 - 20:46h

exatamente, mas é necessário manter como link simbólico, porque senão usuários mais experientes, podem não conseguir usa-la, sem decorar os comandos....


6. Re: Distro totalmente nacional?

Juliano Giacomeli
julianjedi

(usa Deepin)

Enviado em 02/03/2009 - 20:49h

Creio que nao seria uma boa ideia, viavel sim, aconselhavel Não, pois isso iria gerar uma serie de incompatibilidades com documentações na web e isso seria uma pena


7. Re: Distro totalmente nacional?

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 02/03/2009 - 20:54h

Isso pode ser implementado facilmente ("comodamente"?) através de "aliases".
A questão é se um número muito grande de aliases não tornaria a distro pesadona.
A idéia em si é muito boa, especialmente tendo em vista aquela esmagadora maioria de usuários que não deseja ter muito trabalho, especialmente se for desnecessário.
No Basic Linux implementei "abreflop" que monta o floppy, muda para o diretório correspondente e lista o conteúdo.
(Sem isso o usuário teria de executar três comandos).
"fechaflop" restaura a lei e a ordem e deixa tudo como dantes no mar de Abrantes.
Assim, os comandos sugeridos poderiam ficar como "desligue agora" (subentendendo-se o "-r"), "instalar nano" e "montars2" ou "montarh2"(subentendendo-se o /dev e o /sda ou /hda).
Algo por aí.




8. Sim, sim...

João Gabriel
joao_15

(usa Arch Linux)

Enviado em 02/03/2009 - 20:58h

Claro manter o link simbólico...
Por que senão usuário experientes teriam que se readaptar... eu mesmo já estou bem familiarizado com os comandos em inglês...

Mas acho que se fizéssemos esse "link simbólico" (eu acho que o nome de um comando que faz isso é o alias), tornaria o terminal mais atraente aos usuários leigos brasileiros...

Eu acho que podendo usar das duas formas poderia ser bem interessante...
---
Editando 21:01

Desculpa aí teixeira não tinha visto o seu post vc devia estar escrevendo eu quanto eu escrevia o meu...

Para ver se fica pesadona com muitos aliases temos que testar. Quando a distro já tiver pelo menos uma base. Podemos implementar os aliases para ver se fica muito pesado..

---

até..


9. Re: Distro totalmente nacional?

Kamus Hadenes
kamushadenes

(usa Gentoo)

Enviado em 02/03/2009 - 21:06h

Bom, não sou totalmente a favor dessa idéia, mas ajudarei do mesmo jeito
"Posso não concordar com uma única palavra do que diz, mas defenderei até a morte seu direito de dizê-las" Voltaire

Criar links simbólicos seria uma zona imensa. Minha idéia é usar o comando alias, no seguinte modelo: "alias "novo_nome"="comando". Vou até fazer um script rápido aqui.



#!/bin/sh

if [ $USER == root ]
then
echo -n "
alias monte=mount
alias inslatar='apt-get install'
alias qualquecoisa=qualqueroutracoisa " >> /etc/profile
else
echo -n "
alias monte=mount
alias inslatar='apt-get install'
alias qualquecoisa=qualqueroutracoisa " >> ~/.bashrc
fi
exit 0

Tá bem mal-feito (malfeito, sei lá, reforma infernal), mas só quero passar o conceito.

Na instalação, seria dada a opção de escolher entre ter os comando em pt ou não.

P.S.: Mesmo com esse comando, tanto o traduzido quanto o original irão funcionar. monte é exatamente mount, e ambos podem funcionar ao mesmo tempo. É só um alias, um "apelido", um "atalho" ao original.


10. Re: Distro totalmente nacional?

Kamus Hadenes
kamushadenes

(usa Gentoo)

Enviado em 02/03/2009 - 21:07h

Ah, alias não é um link simbólico. Link simbólico é ln -s original destino :)


11. Re: Distro totalmente nacional?

Kamus Hadenes
kamushadenes

(usa Gentoo)

Enviado em 02/03/2009 - 21:09h

Teixeira:

Respondendo a sua dúvida, não, não pesará nada no sistema. AO menos não do jeito que expliquei.


12. Re: Distro totalmente nacional?

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 02/03/2009 - 21:15h

Foi pensando nisso que sugeri os aliases, pois dessa forma mantem-se o conhecimento já adquirido pelos usuários mais práticos.
Outra sugestão é usar os verbos sempre no infinitivo, e quanto a certos termos já consagrados, usá-los como se fossem verbos ("montar" e não "monte", "abrir" e não "abra", "pingar" e não "ping", "baixar" e não "download", "subir" e não "upload". etc.)
A arte estará em fazer com que os parâmetros necessários sejam bem compreendidos e sejam bastante intuitivos, para que mesmo os novatos possam ter uma noção firme do que está acontecendo e do que estão fazendo.
Certos termos como "queue", "stalemate", "sort", "merge", "halt", "mount""purge" e outros podem confundir o novato.
Embora para muitos o assunto seja óbvio, todavia ainda é muito comum alguma confusão entre "halt", "reset", "reboot" e "shutdown".





01 02



Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts