Porque o Linux é tão complicado em algumas coisas simples no windows ?

13. Re: Porque o Linux é tão complicado em algumas coisas simples no windows ?

Eric
Grinder

(usa Slackware)

Enviado em 14/10/2018 - 18:35h

Olha webcam pelo o que eu saiba vem o driver no kernel, vc não precisa de mais absolutamente nada. Apenas de algum software que utilize a webcam.
- - - - -
www.github.com/ericfernandesferreira
www.youtube.com/candelabrus1


  


14. Re: Porque o Linux é tão complicado em algumas coisas simples no windows ?

Paulo Bonfanti
pbonfanti

(usa Debian)

Enviado em 16/10/2018 - 10:56h

vpmaciel escreveu:

Já usei Ubuntu, Kurumim, Mandriva, Solus, ElementaryOs, Mint, e agora por último o Manjaro levou tanto tempo pra atualizar que eu tive que desinstalar. Voltei para o Solus. Mas a impressora não funcionou depois de umas atualizações de jeito nenhum em vários desses sistemas.
Como é desenvolvido os temas e as interfaces gráficas do linux ?
Porque não dão opção de colocar os cantos das janelas com ângulo de 90º igual no windows ?
Porque as impressoras são tão difíceis de serem instaladas ?
WebCam e Câmeras fotográficas para instalar nem se fala porque tanto problema ?
Porque não unificam o linux quanto aos drivers de dispositivos ? (Sua interface gráfica é independente)


São todas boas perguntas, mas vou tentar responder de acordo com a minha experiencia com linux..

- Acho o windows 10 muito mais lento e até abusivo na questão de atualização, (se você se refere a atualizações de segurança), já usei kurumin, mandriva e estou experimentando o mint, manjaro não testei, pode haver algum problema especifico do manjaro, como servidor com link lento.
- A minha experiencia com impressoras é variável, quando a empresa dá algum suporte a linux, a instalação é trivial, até mais rapido que no windows, por outro lado quando a empresa cria plugins proprietarios, e não se preocupa nem um pouco com linux, a situação se torna mais difícil. Para mim isso significa que me recuso a comprar marcas como Epson e Cannon por exemplo. Se o linux fosse mais adotado comercialmente o mercado forçaria essas empresas a levar o linux mais a sério. No windows 8 a mesma hp que instalei em um minuto não instalou nem depois de uma semana de forum na microsoft e hp tentando achar um driver que funcionasse, e não funcionou, somente depois do upgrade pro windows 10 eu consegui imprimir de novo no Windows...
- Eu já tive webcam barata (quase todas chinesas com hardware obscuro) que se eu perdesse o driver que veio com ela , dificilmente faria funcionar no windows de novo. Normalmente o fabricante não está nem aí pro linux, então a situação pode ser bem ruim. Pode ser necessário um trabalho considerável pra fazer funcionar , ou ate impossível, isso é fato. Por exemplo a aberração chinesa que eu tinha funcionou no linux depois que descobri qual era realmente o hardware. Sobre cameras digitais, quando o fabricante fornece um protocolo aberto e conhecido fica facil, mas as empresas adoram fazer o contrario, meu celular antigo era so espetar no pc e baixar as fotos, mas aí a Samsung mudou o protocolo no Galaxy Tab e garantiram que eu não compre mais produto deles.
- Como o desenvolvimento linux é comunitário, projetos se formam em grupos, apoiados ou não por empresas, cada interface com suas bibliotecas especificas e estilo etc, por uma lado há um grande leque de opções, por outro isso confunde quem identifica vem do mundo windows, onde a interface foi predeterminada pela empresa, e pode ser maquiada, mas não trocada.
- Sobre unificar driver de dispositivos, bem todos os driver são modulos do kernel, e cada driver define os recursos do hardware, mas não estabelece como ele deve ser usado, pra mim isso eu chamaria de unificado, quanto a interface gráfica, eles usam o que o driver fornece, as vezes você tem um hardware muito fraco ou mal suportado e precisa escolher uma interface mais leve, você tem essa escolha, no mundo windows você teria que comprar hardware novo.

Eu gostaria de concluir com algumas colocações.
A microsoft criou um produto comercial que eles queriam vender pra todo mundo, principalmente leigos, segurança e desempenho nunca foram o foco, facilidade de uso sim.
O Linux tem uma origem mais acadêmica , por especialistas para especialistas, com mais foco em segurança e desempenho, mais cruciais para empresas com serviços criticos, não começou com a idéia de ser amigável, afinal as pessoas que usavam não eram leigos.
Com o tempo a idéia do linux desktop foi pra frente, e o usuário comum começou a esperar um grau de simplicidade equivalente ao do windows, esquecendo a pressão que uma empresa como a microsoft exerce sobre o mercado de hardware, se não funcionar no windows, você não vende seu produto... E todo computador novo vem pre-instalado com MS Windows...
Na verdade, eu uso linux para trabalhar, estudar , navegar na internet, ele me atende perfeitamente nesses pontos, e windows para jogar.
Existe hardware bem suportado e mal suportado, no primeiro caso o linux não é mais dificil que o linux, no segundo caso pode ser infernal (sim, eu comprei um note CCE), você precisa definir a sua prioridade, o que espera ganhar do linux, e quanto tempo e esforço está disposto a investir nele, a maioria das pessoas que não trabalha com TI possivelmente pode viver sem um desktop linux.
Se dependesse de mim o linux teria ficado no meio corporativo, servidores, orgãos do governo, mas no linux as coisas acontecem de uma forma descentralizada e até meio caótica.
Apesar da minha critica, estou digitando em um desktop linux no serviço, rodando ubuntu com interface kde, com uma impressora de rede instalada, da brother, que possui driver totalmente compativel com linux e não me deu nenhum problema em 2 anos de uso, eu não vou trocar por uma maquina windows onde a microsoft vai instalar software sem minha autorização , provavelmente instalando spyware encomendado pela NSA.




01 02



Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts