dist-upgrade acabo com tudo aqui. [RESOLVIDO]

1. dist-upgrade acabo com tudo aqui. [RESOLVIDO]

Fydel Alexandre
phydeo

(usa Debian)

Enviado em 13/09/2013 - 10:21h

Galera, esses dias vi algumas recomendações de que de vez em quando, no Debian, é bom fazer um apt-get dist-upgrade, afinal é bem lógico deixar a distro sempre atualizada. Só que, quando eu rodei o comando, o apt-get me mostro um lista imensa de pacotes que "não seriam mais necessários", achei estranho, uma porrada de coisa desnecessária no sistema, de onde tinha vindo? Rodei o comando, concordei e quando o apt-get terminou de atualizar e de fazer a limpeza, eu estava sem um monte de programa no pc, inclusive o libreoffice e as configurações de sistema. Alguém sabe como recuperar a instalação desses programas que foram apagados, principalmente a configuração do sistema, pq agora eu nao consigo mexer em nada a não ser pelo terminal.


  


2. Re: dist-upgrade acabo com tudo aqui. [RESOLVIDO]

Daniel Lara Souza
danniel-lara

(usa Fedora)

Enviado em 13/09/2013 - 10:23h

tu podes instalar na mão mesmo , por linha de comando



3. Re: dist-upgrade acabo com tudo aqui. [RESOLVIDO]

Buckminster
Buckminster

(usa Debian)

Enviado em 13/09/2013 - 11:38h

O apt-get dist upgrade muda a versão dos arquivos do sistema.

Para atualizar use sempre:

apt-get update
aptitude safe-upgrade ou apt-get upgrade (eu prefiro apt-get update e depois aptitude safe-upgrade)

A interface gráfica ficou ou foi removida também?


4. Re: dist-upgrade acabo com tudo aqui. [RESOLVIDO]

Alberto Federman Neto.
albfneto

(usa Sabayon)

Enviado em 13/09/2013 - 11:53h

teve outro usuário com esse problema aqui. Isso parece um bug do APT. Os pacotes não são desnecessários.
se muita coisa foi removida, inclusive o ambiente gráfico, pode ser mais fácil re-instalar.


5. Re: dist-upgrade acabo com tudo aqui. [RESOLVIDO]

Daniel Lara Souza
danniel-lara

(usa Fedora)

Enviado em 13/09/2013 - 11:55h

albfneto escreveu:

teve outro usuário com esse problema aqui. Isso parece um bug do APT. Os pacotes não são desnecessários.
se muita coisa foi removida, inclusive o ambiente gráfico, pode ser mais fácil re-instalar.


também concordo , acho melhor re-instalar tudo mesmo
será menos trabalhoso ,
efetue backup dos seus dados e instala novamente o seu Debian


6. Re: dist-upgrade acabo com tudo aqui. [RESOLVIDO]

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 13/09/2013 - 12:28h

Antes de sair formatando, experimenta rodar o apt-get dist-upgrade novamente. O usuário que teve esse problema há pouco tempo relatou que uns dois dias depois o tal bug sumiu sozinho. Se minha intuição estiver certa, o dist-upgrade deve ser capaz de recuperar os pacotes faltosos. Antes, porém, verifique o blacklist do apt.


7. Fazer o quê né

Fydel Alexandre
phydeo

(usa Debian)

Enviado em 13/09/2013 - 13:07h

Eu vo tentar rodar o dist-upgrade novamente, se não resolver, eu vo instalar o LMDE. Estava testando o Debian aqui depois de passar raiva com o Ubuntu. Como só estava testando, vo usar esse problema como desculpa pra já testar outra distro 6_6. Só espero que dê pra instalar a Steam nesse LMDE, ainda não acredito que a Valve só dá suporte pro Ubuntu.


8. Re: dist-upgrade acabo com tudo aqui. [RESOLVIDO]

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 13/09/2013 - 13:09h

phydeo escreveu:

Eu vo tentar rodar o dist-upgrade novamente, se não resolver, eu vo instalar o LMDE. Estava testando o Debian aqui depois de passar raiva com o Ubuntu. Como só estava testando, vo usar esse problema como desculpa pra já testar outra distro 6_6. Só espero que dê pra instalar a Steam nesse LMDE, ainda não acredito que a Valve só dá suporte pro Ubuntu.


Ledo engano sobre o Steam. O pacote que instala o Steam não é nativo do Ubuntu, mas do Debian testing (do qual o Ubuntu e o LMDE chupinham descaradamente sua base). Pode ser necessário adicionar a arquitetura i386 no seu computador, mas isso é detalhe básico.


9. Re: dist-upgrade acabo com tudo aqui. [RESOLVIDO]

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 13/09/2013 - 13:50h

O Ubuntu não "chupa" a base do Debian. A equipe do Ubuntu importa os pacotes do Debian para seus próprios servidores e depois, com base no trabalho próprio da equipe + pacotes importados do Debian montam o sistema Ubuntu.

Já o Mint Linux Debian Edition é um chupa-cabra assumido. Não tem servidores próprios, por isto vive a chupar os repositórios do Debian.

Eu poderia dizer que o Debian chupou o Ubuntu também, visto que nos últimos anos muito do trabalho da equipe do Ubuntu tem sido reaproveitada no Debian.


10. Re: dist-upgrade acabo com tudo aqui. [RESOLVIDO]

Fydel Alexandre
phydeo

(usa Debian)

Enviado em 13/09/2013 - 15:43h

lcavalheiro escreveu:

phydeo escreveu:

Eu vo tentar rodar o dist-upgrade novamente, se não resolver, eu vo instalar o LMDE. Estava testando o Debian aqui depois de passar raiva com o Ubuntu. Como só estava testando, vo usar esse problema como desculpa pra já testar outra distro 6_6. Só espero que dê pra instalar a Steam nesse LMDE, ainda não acredito que a Valve só dá suporte pro Ubuntu.


Ledo engano sobre o Steam. O pacote que instala o Steam não é nativo do Ubuntu, mas do Debian testing (do qual o Ubuntu e o LMDE chupinham descaradamente sua base). Pode ser necessário adicionar a arquitetura i386 no seu computador, mas isso é detalhe básico.


Então a Steam deve fucnionar no LMDE, segundo o raciocínio aí.


11. Re: dist-upgrade acabo com tudo aqui. [RESOLVIDO]

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 13/09/2013 - 16:22h

bilufe escreveu:

O Ubuntu não "chupa" a base do Debian. A equipe do Ubuntu importa os pacotes do Debian para seus próprios servidores e depois, com base no trabalho próprio da equipe + pacotes importados do Debian montam o sistema Ubuntu.

Já o Mint Linux Debian Edition é um chupa-cabra assumido. Não tem servidores próprios, por isto vive a chupar os repositórios do Debian.

Eu poderia dizer que o Debian chupou o Ubuntu também, visto que nos últimos anos muito do trabalho da equipe do Ubuntu tem sido reaproveitada no Debian.


Isso ainda é chupinhar na minha terra, bilufe. A equipe do Shuttleworth criou uma distro própria? Não. Eles pegaram o Debian, personalizaram e redistribuíram com um outro nome. Eles espelham os repositórios do Debian nos deles próprios? Isso é copiar, ou chupinhar mesmo. Agora, há algo importante no que você falou: sim, existem várias coisas que nasceram no Ubuntu e foram parar no Debian. É por isso que tantos bugs têm aparecido no antes estável como uma quase-rocha Debian.


12. Re: dist-upgrade acabo com tudo aqui. [RESOLVIDO]

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 13/09/2013 - 22:18h

lcavalheiro escreveu:

bilufe escreveu:

O Ubuntu não "chupa" a base do Debian. A equipe do Ubuntu importa os pacotes do Debian para seus próprios servidores e depois, com base no trabalho próprio da equipe + pacotes importados do Debian montam o sistema Ubuntu.

Já o Mint Linux Debian Edition é um chupa-cabra assumido. Não tem servidores próprios, por isto vive a chupar os repositórios do Debian.

Eu poderia dizer que o Debian chupou o Ubuntu também, visto que nos últimos anos muito do trabalho da equipe do Ubuntu tem sido reaproveitada no Debian.


Isso ainda é chupinhar na minha terra, bilufe. A equipe do Shuttleworth criou uma distro própria? Não. Eles pegaram o Debian, personalizaram e redistribuíram com um outro nome. Eles espelham os repositórios do Debian nos deles próprios? Isso é copiar, ou chupinhar mesmo. Agora, há algo importante no que você falou: sim, existem várias coisas que nasceram no Ubuntu e foram parar no Debian. É por isso que tantos bugs têm aparecido no antes estável como uma quase-rocha Debian.


Rapaz, poucas vezes vi um comentário tão perfeito como este e não é puxação de saco, porque você sabe muito bem que não sou disso, sou adepto mesmo é de baixar o porrete.

Acrescentando o que você falou, essa mistura de devs do Ubuntu no Debian fez com que o mesmo que tinha uma fama de "rocha" deixasse de tê-la! o Wheezy está a séculos de distância da qualidade do Squeeze, a única vantagem que vejo nele é o boot mais rápido.

Continuando... dizem por aí que o Debian à despeito da escolha da maior parte das distros pelo Systemd, optará pela bosta do UpStart. A optar pelo UpStart seria melhor continuar com o velho Sysvinit.

Quanto às reclamações e defesas do notório @bilufe elas são notórias mesmo, o dito é um defensor ferrenho da distro do Shuttleworth e para ele todas as que nela se baseiam são meras chupa-sangue, mas quando trata-se da relação Ubuntu > Debian o mesmo não se aplica, quando todos sabemos que a base das releases do Ubuntu nada mais é que um freeze dos pacotes do Debian SID, vai entender?

Após quase 10 anos usando Debian como minha distro principal, o Wheezy é a primeira release a me deixar em xeque, embora ainda seja mais prático do que a maioria das distros na minha opinião.



01 02



Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts