sua opinião sobre o Debian 6.0

25. Re: sua opinião sobre o Debian 6.0

Glauber GF
mcnd2

(usa Debian)

Enviado em 02/03/2011 - 22:30h

Minha expectativa estava grande até o lançamento.

Estou atualmente depois de fazer m... aqui no sistema debian squeeze reinstalado novamente, atualizado e já customizado ao meu padrão simples, com compiz e sem muitos paetês.

Ele é um sistema muito bom e estável como foi o 'lenny'.

O mint (lmde) também não fica atrás sendo que já vem prontinho para usufruir.

Tenho ele instalado no notebook e esta filé.


  


26. Re: sua opinião sobre o Debian 6.0

Paulo Manoel
pael

(usa openSUSE)

Enviado em 02/03/2011 - 22:40h

instalei o debian squeeze 6 beta 1 DVD 1...já veio pronto, com tudo desde os codecs até o broffice.
Perfeito pra desktop!


27. Re: sua opinião sobre o Debian 6.0

Emanoel Dos Santos
emanoelms

(usa Debian)

Enviado em 25/03/2011 - 08:35h

Debian esta funcionando legal no no meu not Acer com pentium P6100 bem rápido
agora vou personalizar com o xfce


28. sua opinião sobre o Debian 6.0

Edwal F. Paiva Filho
nicolo

(usa Ubuntu)

Enviado em 25/03/2011 - 10:24h

Após alguns acertos, nem sempre fáceis, melhorou.
As versões atualizadas dos programas estão funcionando.

O ubuntu 8.04 LTS, já está deixando saudades. Acho que foi a melhor distro desktop, ou se não foi a melhor foi a menos enrolada.


29. Re: sua opinião sobre o Debian 6.0

j g meinhardt
meinhardt_jgbr

(usa Debian)

Enviado em 27/03/2011 - 19:15h

Ha alguns dias atras, li superficialmente um artigo publicado no GDH, metendo critica no Debian 6.
Como não concordei com a maioria das coisas ditas nem tampouco com o enfoque dado pelo autor do artigo, não dei muita bola. Na verdade o artigo era a tradução de algo publicado em outro site.

Voltei novamente ao GDH ontem, porém não encontrei mais o tal artigo. De repente o próprio autor reconheceu que talvez tenha ocorrido algum exagero na critica. Se encontrar novamente o artigo, vou postar por aqui, afinal somos de longe a maior comunidade de usuários Linux.


30. Nada bom?!

ronnie peterson bacelar martins
dbahiaz

(usa OpenSuSE)

Enviado em 27/03/2011 - 23:23h

meinhardt_jgbr, talvez seja esse artigo:

http://www.hardware.com.br/noticias/2011-03/squeeze-nogood.html

Sobre o Debian 6, a instalação apenas com o CD1 foi insuficiente para mim também, muito pacote necessario ficaram de fora, coisa que não acontecia no etch por exemplo, realmente demora bastante pra deixar ele como um desktop usavel, principalmente em notebook, por outro lado, o desempenho pos instalação é incrivel, aqui consumia 79Mb de ram pós boot, com o compiz subia pra 110MB, conseguir deixar ele "quase bom" depois de 1 dia inteiro so por conta e muita pesquisa, para ativar os drives non-free.

No final minha conclusão foi que para quem quer ter um desktop mais dinamico e pratico nada melhor que uma distro como Ubuntu ou Opensuse. Por isso depois de 4 dias com o Debian, voltei para o Ubuntu, e com 50 minutos estava pronto! Isso incluindos os "perfumes".


31. Debian é pra quem gosta!

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 28/03/2011 - 00:29h

assim como são Slackware, Arch Linux, Gentoo e outras

para aqueles que querem prato feito, o Bazar GNU é bem vasto, dá até pra ficar em dúvida sobre o que escolher: Ubuntu, Linux MInt, openSUSE, Fedora etc

no meu caso o CD1 não me atende porque traz consigo muitos pacotes que não utilizo e na instalação completa deixa de fora coisas essenciais como o linux-headers, build-essential etc, ... UÉ se está no CD porque não é instalado (lembro que instalei em 2 máquinas usando as 2 opções (sistema básico e ambiente desktop) e seja no instalador gráfico ou no tradicional, a instalação dos pacotes citados não foi realizada.

o DVD também não me satisfaz pois traz consigo inúmeros pacotes que não utilizarei e se caso instale a opção completa meu sistema vai ficar tão inchado quanto o avatar do acvsilva rsrsrs

* em ambos os casos falta uma opção como no instalador do Slackware que lhe permite selecionar quais pacotes quer instalar. Até no minimalista instalador do Arch Linux é possível!

resta-me então o NetInstall, o mínimo a partir de onde construo meu sistema de acordo com as minhas necessidades (é trabalhoso, claro que é) mas como disse Debian é para quem gosta!

sobre o Squeeze: já o espraguejei muito enquanto ainda era Testing e até mesmo nas 1ªs semanas após o lançamento porque meu sistema vivia travando, o Opera e outros programas gráficos fechavam do nada, vez ou outra apareciam mensagens do Syslog, o mesmo ocorria às vezes no Arch Linux x86_64, até que resolvi instalar ambos na arquitetura i686 e os problemas acabaram, não sei se é uma falha no processador Athlon X2 QuadCore ou nessa maldita placa ASUS, memória não é porque já testei e troquei um módulo.

estando o sistema configurado e pronto não tenho do que reclamar: compilações sendo realizadas sem problema, parece que até nisso o Debian melhorou eu que nunca fui chegado a compilar nele tenho feito isso inúmeras vezes e vez ou outra surge um problema de dependência que é rapidamente resolvido com o apt-get.

meus repositórios Debian estão misturados com PPAs do Ubuntu, pacotes do CrunchBang e outros compilados por mim e não tive nehum problema de congelamento, programa fechando e etc. Atualemnte tenho 2042 pacotes instalados com os ambiente Gnome, OpenBox, FluxBox e LXDE.


32. Re: sua opinião sobre o Debian 6.0

j g meinhardt
meinhardt_jgbr

(usa Debian)

Enviado em 28/03/2011 - 10:37h

Dbahiaz,

O artigo ou comentário de noticia era exatamente este.

No meu caso, não tenho nenhuma queixa, muito pelo contrario o Debian 6.0 foi uma grata surpresa. Melhor explicar para que não ocorram mas interpretações. Fiz a instalação a partir do DVD nr 1, com GNOME.
Antes da instalação, sem ter acesso a redes, tanto física como wifi, contando apenas com um modem 3G, fiz um teste com a versão LIVE do Debian 6.0 com Gnome para confirmar se funcionaria com 3G sem precisar baixar nada via rede física ou wifi.
Não só funcionou como não precisei usar o wvdial via terminal nem obviamente passar por todas aquelas etapas de configuração e re-edição dos arquivos de configuração da conexão 3G. Foi ligar, espetar o modem 3G, escolher o idioma, o pais, o provedor de acesso 3G e apenas re-editar a senha deste provedor.

Com tão surpreendente facilidade, já que estava usando uma versão beta do Squeeze instalada no HD e portanto já o conhecia razoavelmente bem, foi fácil tomar a decisão de fazer a instalação no HD, substituindo a versão Beta, mesmo sem contar com uma conexão de boa qualidade com a Internet.
Fiz isto, apenas porque era um fim de semana, estava em viagem a trabalho e principalmente, tinha neste NoBo, duas outras distros Linux perfeitamente instaladas, rodando e devidamente atualizadas.

Sem ter acesso a Internet, a instalação também me surpreendeu pela rapidez. Apenas desabilitou acesso a alguns repositórios que tive que re-editar depois. De resto, o básico para o meu trabalho (Planilha, Proc texto, banco de dados e navegador Firefox), tudo foi instalado, ao contrario de ocasiões anteriores, quando precisei sair garimpando aplicativos e complementando a instalação.
Acredito que a grande diferença deva ter sido usar o DVD nr 1 em vez do CD nr1.

Por incrível que pareça, encontrei mais problemas para instalar o Debian 6.0 em dois Desktops que neste NoBo, bem ao contrario daquilo que normalmente ocorre quando instalações em portáteis são via de regra bem mais problemáticas. Encontrei mais facilidades também com a instalação com GNOME que com KDE. Não me perguntem porque. Talvez tenha sido coincidência já que ao gosto do fregues, precisava instalar os dois Desktops com KDE e no NoBo nem havia tentado isto já que o negócio era apenas re-instalar a versão final sobre o Beta que já estava com Gnome.
No final das contas acho que é aquela estória de que devido a quantidade de alternativas de instalação, interfaces, aplicativos, algumas distros Linux podem enfrentar problemas com hardware que tenha algo diferente da maioria das configurações mais populares.


33. interessante...

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 28/03/2011 - 21:11h

O Linux Mint também está baseando suas versões XFCE e FluxBox no Debian Testing:

http://blog.linuxmint.com/?p=1708
http://dasublogbyprashanth.blogspot.com/2011/03/linux-mint-xfce-now-based-on-debian.html



34. Re: sua opinião sobre o Debian 6.0

ronnie peterson bacelar martins
dbahiaz

(usa OpenSuSE)

Enviado em 28/03/2011 - 22:27h

Pois é, talvez a diferença tenha sido mesmo usar somente o CD1, fiz isso porque como disse antes, eu sempre instalei usando apenas CD1, e nunca tinha sido tão doloroso como foi.



01 02 03