SQL

1. SQL

Graziela Gomes Pereira
gprendin

(usa Debian)

Enviado em 08/04/2008 - 15:30h

Pessoal,
Tenho um servidor com SQL e preciso realizar o backup dos dados.
Alguém pode me dar uma ajuda no processo?





  


2. Re: SQL

Eduardo Pelizzari de Andrade
edupersoft

(usa Manjaro Linux)

Enviado em 08/04/2008 - 15:36h

Qual gerenciador de banco de dados você está usando?


3. Re: SQL

Rafael E. Rissi
R4F43L*3SP

(usa Debian)

Enviado em 10/04/2008 - 10:17h

Existe varias maneiras entre elas o cron, vc cria um script da permissao de execussao copia o arquivo para a pasta desejada e ele vai fazer o bkp automatico para vc.

Veja o artigo abaixo.

www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=7965


4. Qual BD?

Rodrigo Ferreira Valentim
engos

(usa openSUSE)

Enviado em 10/04/2008 - 10:30h

Qual banco você está usando?

Se for o MySQL basta usar via console o mysqldump ou via modo gráfico o MySQL Administrator (download no site do MySQL)

Se for Oracle vai depender de que tipo de backup você quer, quente (com o banco rodando) ou frio (normalmente usado com oracle, mas tem que parar o banco)?


5. plano de backup

João Marcos Menezes
stremer

(usa Arch Linux)

Enviado em 10/04/2008 - 11:15h

antes é interessante montar um plano de backup.
Mas mtas vezes depende dos recursos do banco de dados, se o mesmo possui backup diferencial e backup de log de transação.
Eu utilizava a seguinte estratégia em oracle e sql server (embora microsoft, existem alguns produtos da microsoft que acho excelente e o sql server esta nesta lista).
Fazia um backup completo 1 vez por dia, era feito na madrugada, como a base tinha em torno de 10 gigabytes, levava em torno de 4 horas. Ficava da 1 da manhã até a 5 da manhã. Não tinha problema deixar o sistema indisponivel neste periodo, porém eu fazia o backup "a quente" mesmo assim, só ficava um pouco lento o sistema. Então de 8 em 8 horas fazia um backup diferencial (com somente as diferenças do ultimo backup), fazia as 8 da manha, depois as 4 da tarde. Como o backup diferencial só pega as diferenças do dia (no caso do oracle e sql server) não era lento.
Então de 15 em 15 minutos fazia um backup das diferenças do log de transação. Tudo isto era controlado automáticamente por uma stored procedure que rodava através de um job de 15 em 15 minutos. Além deste processo eu possuia um outro processo de cópia para outro servidor que efetuava backup em fita e guardava toda informação dos ultimos 7 dias. Precisei utilizar o backup 2 vezes, a primeira foi um crash do servidor (que era raid mas mesmo assim foi pro espaço) e a segunda foi uma cagada de um usuário administrador do sistema que "sem querer" ferrou com uma base de dados. Em ambos os casos a perda não foi nem de 15 minutos de uso. No segundo caso a perda de dados foi praticamente nula. Estes problemas foram mais no sql server, no oracle nunca precisei restaurar mas acredito que não teria problemas tbem com os backups completos, diferenciais e incrementais.
Fica ai a dica. mas vai depender doque o seu SGBD suporta.


6. então

João Marcos Menezes
stremer

(usa Arch Linux)

Enviado em 10/04/2008 - 11:26h

achei este link:
http://dev.mysql.com/doc/refman/5.0/en/binary-log.html

é sobre como ativaro binary-log e permitir o backup incremental no mysql. Eu nunca usei pois nunca trabalhei com bases muito grandes no mysql (exceto bases que praticamente não sofriam alterações), porém pode ser interessantes para sistemas com base grande e uso intenso.

No exemplo acima eu possuia sistemas que tinham mais de 20 pessoas trabalhando simultaneamente e isso em 12 horas por dia. Se somasse todas as bases de dados, eram mais de 150 pessoas trabalhando em praticamente 16 horas do dia. Imagina oque representaria uma hora de perda de dados neste caso. O backup só não era em intervalo menor que 15 minutos pois não tinha estrutura de rede/disco/maquina para isto, pois senão poderia fazer a cada 5 minutos.


7. qual seu banco?

Felipe Casagrande (pepi)
felipe_pepii

(usa Debian)

Enviado em 10/04/2008 - 11:58h

No oracle voce tem alguas opcoes:
o EXP que seria o export (mesmo com todos online) e o de ARCHIVE e CONTINUOS LOG.
- Hot Backup (ou seja, com o banco ligado e funcionando) e;
- COLD backup (com o banco off-line)

No informix tem o ontape e o dbexport;

No postgress voce entra aqui 'http://www.vivaolinux.com.br/scripts/verFonte.php?codigo=2465&arquivo=backup2.sh'

Depende do seu banco para fazer o script de automacao..


Abracos