DHCP (dhcpd.conf)

Arquivo de configuração do DHCP

Categoria: Networking

Software: DHCP

[ Hits: 34.823 ]

Por: Reginaldo de Matias


Instalação do pacote dhcp e arquivo de configuração do servidor DHCP baseado na distro Debian e Slackware.

No Debian:

# apt-get install dhcp3-server

Após o download e instalação do pacote dhcp3-server, vá ao diretório /etc/dhcp3:

# cd /etc/dhcp3

Faz um cópia de segurança:

# mv dhcpd.conf dhcpd.conf.bkp

No arquivo dhcpd.conf coloque a configuração dhcpd.conf adaptando para o seu endereço IP em uso.

# vim /etc/default/dhcp3-server

Onde tiver INTERFACES="", coloque sua interface de rede:

INTERFACES="eth1" (nesse caso)

Inicia o serviço dhcpd:

# /etc/init.d/dhcp3-server start

No Slackware:

Basta você colocar o CD1 do Slackware, e após montado o CD-ROM, entrar na pasta Slackware/n do CD e digitar no console:

# installpkg dhcp-4.1.1-i486-2.txz

PS: Também pode optar para instalar o dhcp já na instalação do Slackware.

No arquivo /etc/dhcpd.conf coloque a configuração visto neste post (dhcpd.conf) adaptando para o seu caso.

Crie um script e salve em /etc/rc.d/rc.dhcpd:

#!/bin/sh
#Start/Stop/Restart the DHCP server
#INTERFACES ="eth1"
case "$1" in
'start')
dhcpd eth1
;;
'stop')
killall dhcpd
;;
'restart')
killall dhcpd
dhcpd eth1
;;
*)
echo "usage $0 start|stop|restart"
esac

Iniciar o serviço dhcpd:

# /etc/rc.d/rc.dhcpd start


Postado no blog: http://mundodacomputacaointegral.blogspot.com/2011/09/configurando-servidor-dhcp-no-linux.html


# dhcpd.conf
#
# Configuration file for ISC dhcpd (see 'man dhcpd.conf')
#
authoritative;
#Domínio configurado no BIND
#option domain-name "seudominio.com.br";
default-lease-time 600; #controla o tempo de renovação do IP
max-lease-time 7200; #determina o tempo que cada máquina pode usar um determinado IP. 

subnet 192.168.1.0 netmask 255.255.255.0 { #Define sua "sub-rede" 192.168.1.0 com a máscara 255.255.255.0 
     range 192.168.1.101 192.168.1.200;  #faixa de IPs que o cliente pode usar.
     option routers 192.168.1.100; #Este é o gateway padrão (neste caso).
     option broadcast-address 192.168.1.255; #Essa linha é o endereço de broadcast (neste caso).

#Aqui você coloca os servidores DNS de terceiros ou seu DNS próprio configurado no BIND. Nesse caso coloquei o DNS do Google.
     option domain-name-servers 8.8.8.8; 
     option domain-name-servers  8.8.4.4;
}
  


Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário

  



Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts