Wine com mais compatibilidade

Publicado por Perfil removido em 31/12/2012

[ Hits: 8.961 ]

 


Wine com mais compatibilidade



Acredito que alguém já tenha, pelo menos uma vez, experimentado isso.

Não é de hoje que temos uma certa dificuldade em rodar softwares proprietários no GNU/Linux, às vezes um jogo favorito, ou uma plataforma office qualquer.

Muitos de nós temos uma base, mas tem gente que não faz a mínima ideia de que existe o PlayOnLinux, por exemplo, que facilita um pouco, só que não é todo usuário que sabe usar.

Vamos lá.

Em sua distribuição favorita baixe o Wine selecionando todas as suas dependências.

* É importante não desprezar nenhuma (lembrando que pode-se fazer isso via Synaptic, se você estiver no Debian, por exemplo).

Após a instalação dos pacotes, vamos analisar o que temos no nosso arquivo que queremos instalar. Geralmente, o Wine se dá muito bem com softwares baseados em Visual Basic, em C, e alguns derivados.

Para não ficar citando todos, vamos ao que é de fato importante. Baixe o NetFramework neste link:
O ideal, se tiver em um CD, será o 1.1 que costumamos instalar no XP. Instale clicando normalmente.

Obs.: O ideal é que esses arquivos sejam: EXE

Em seguida, baixe uma versão do Windows instaler:
Que serve para instalarmos arquivos MSI.

Obs.: O Wine não costuma se dar muito bem com arquivos MSI, portanto, o ideal é escolher arquivos instaláveis com outras extensões.

Daí pra frente, é só instalar o software desejado.

* Lembre-se que o Wine é um emulador e utiliza API's do Windows, e por isso consegue rodar alguns softwares com tranquilidade. Mas não se enganem, nem todo software irá rodar no Wine, portanto, não se desespere.

O WineHQ já está vindo com muitas correções e você pode baixá-lo no site oficial:
Até a próxima.

Outras dicas deste autor

Boot-Repair - Como recuperar o GRUB facilmente

Cannot load /etc/httpd/modules/ mod_access.so into server: o Apache não inicia?

Resolvendo o problema do apt-get: NO_PUBKEY

Alterando o tamanho das fontes dos navegadores

Coloque a lixeira em sua área de trabalho do Gnome

Leitura recomendada

Traduzir Firefox 12 no Linux

Centralizando lixeira no Samba: modalidade usuário

Slackware 13.1 - Atualizando para o Firefox 4.0

Auctex: Tabela de atalhos

Como instalar o ZeosLib 7.2.4 no Lazarus [vídeo]

  

Comentários
[1] Comentário enviado por franksouza183 em 31/12/2012 - 18:07h

Bom artigo, mas uma correção: Wine não é um emulador

[2] Comentário enviado por removido em 31/12/2012 - 19:55h


[1] Comentário enviado por franksouza183 em 31/12/2012 - 18:07h:

Bom artigo, mas uma correção: Wine não é um emulador


Sim em inglês significa que não mas o trabalho dele é esse. Dizer a determinadas aplicações especificas que o Sistema Hospedeiro em questão é o compatível com o software que se deseja rodar. Apesar de ser API's nativas do Windows, que a Microsoft tecnicamente costuma ceder para os pobres mortais para o Wine trabalhar com compatibilidade melhor com tais softwares ainda assim uma vez que ele diz ao software desejado que ele é compatível sem ser ele passa a ter um trabalho de emulador. Por tal razão apesar do projeto ser que o software rodaria sem ser por emulador ele passa a ser até que o próprio GNU/Linux ou Mac ou outro qualquer rode nativamente, daí sim poderemos não chama-lo de emulador. O Conceito de Emular se aplica em tudo aquilo que não é nativo mas se passa por tal. Ainda que digamos que o Wine ou outro passe a ser um tradutor de Linguagens por ser tradutor e traduzir automaticamente, por essa razão de automação ele emula.

[3] Comentário enviado por efraim--dutra em 06/11/2015 - 20:25h


como rodar softwares no Wine XP , é pedido windows 7 ,tento instalar más , dá erros de sistema operativo.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts